Tag: Beleza

Férias? Veja minhas dicas para ficar arrumadinha na praia

Dominique - Praia
É colega. Foi-se o tempo que a gente ia pra praia com Noskote no nariz, tomava sol, depois passava um Caladril nas costas, Neutrox no cabelo e saía de cara lavada pra rua paquerar com aquela saia curtiiiinhaaaa. Lembra? Ah! Foi-se o tempo…

Não dá mais, bela! Temos sim que dar um tapa no visual na praia. Não adianta reclamar!
A não ser que você realmente não ligue, seja imortal como Bruna Lombardi (você viu a foto dela de calcinha?) ou esteja numa praia deserta de verdade, deserta meeeesmooooo, só você e seus pensamentos, sem espelho inclusive.

Tá bom, tá bom. Estou exagerando.
Mas se nossa vida está mais complicada por um lado, por outro, sei que muitas coisas foram simplificadas.
Ir para praia hoje é muito mais simples e fácil do que quando éramos adolescentes.
E vamos combinar, estamos batendo um bolão. É só uma dica. Ou duas.

Conforto é importante. Importantíssimo. Eu, por exemplo, não consigo usar nada com cós ou zipper.
Nada que grude no meu corpo ou me aperte depois do banho.
Então abuso dos vestidinhos soltinhos de malha de enfiar pela cabeça.
Kaftans curtos e longos nos favorecem pra burro. Não marcam nada e, por vezes, até emagrecem.

Tudo roupa gostosinha, fresquinha e soltinha. Só cuidado com as roupas de linho e de algodão.
Apesar de frescas, elas armam e podem nos fazer parecer um balão de festa junina.
Eu, pelo menos, me sinto assim.

Mas aí vem o capítulo sutiã.
Afff, aperta tudo. Sem falar aqueles com aros.
Bom, nessas lojas de meia, tipo Lupo, Hope, etc, tem uns sutiãs supermacios que vestimos também pela cabeça, sem fecho, sem costura e sem aro.
Não apertam nada. Incomodam zero.
Também não sustentam lá grande coisa.

Vamos falar de cabelo?
Ah! Agora vai longe. Não sei o seu, mas o meu é só descer a serra que o danado parece que fermenta.
Cresce, se avoluma, encrespa.

Ok. Pode até ser bem bacana.
Mas e quando ele arrepia e espeta????
Parece uma vassoura de piaçava.

Solução? Claro que tem e passa longe do secador e da chapinha, né colega? Tá louca? Isso seria tortura chinesa!

Dominique - Praia

Vamos lá. Rabo de cavalo. Ou qualquer forma de cabelo preso.
Você estará queimada, linda!!!!
Passe um gel para ele não secar e ficar com a frentinha arrepiada. É tudo de bom.

Na verdade, quando faço rabo de cavalo, gosto de amarrar um lencinho, para dar volume perto do pescoço, sabe como é? (Veja ao lado).

Odeio a sensação de ter uma cabecinha lá em cima balançando. O volume do cabelo me faz muita falta.

Outra jeito de controlar a juba é com produto bom e com uma tiara ou faixa.
Com o cabelo ainda molhado, coloque uma tiara ou uma faixa esticando a maledeta da frentinha.
Aí, passe aqueles produtos caríssimos nas pontas e amasse.
Eles prometem tirar o tal do frizz e deixar os cachos bonitos.
Quando o cabelo estiver seco, tire a tiara. Vai cair bacaninha.
Mas vai continuar com cara de juba, tá?

Maquiagem é importante. Mas de noite use muito, muito, muito pouco. Vou repetir, muito pouco.

Tá bom. Eu sei…
De manhã acordamos com os cabelos completamente descontrolados, a cara amassada e eu pessoalmente evito o espelho.
Mas por que você acha que inventaram os óculos escuros?
Queridaaaaaa, é justamente para estas horas. Coloque e só tire às 20h00. Com sol ou chuva.

Sapatos. Adoooooooroooo andar descalça. Eu costumo tirar o sapato na hora que chego na praia e só volto a calçá-lo quando desço do meu carro em São Paulo. Demoro uns 3 dias para conseguir calçar algo que não não seja aberto atrás.

Mas gente, o importante mesmo é aproveitar, andar na areia, entrar no mar, tomar sol e ser feliz.

Sem neuras e sem nóias.

Não sei você, mas eu sou mais feliz na praia, de qualquer jeito. Aproveite!

Leia mais:

Natal mais divertido de toda minha vida – Graças ao Papai Noel!
Quem disse que roupa tem que ser branca no Reveillon?

Eliane Cury Nahas
Eliane Cury Nahas

Economista, trabalha com tecnologia digital desde 2001. Descobriu o gosto pela escrita quando se viu Dominique. Na verdade Dominique obrigou Eliane a escrever. Hoje ela não sabe se a economista conseguirá ter minutos de sossego sem a contadora de histórias a atormentá-la.

8 Comentários
  1. Me identifiquei muito!!!! Cabelo estilo juba, domesticado com faixa, chapéu, presilha.
    Cara amassada disfarçada com mega óculos de sol – no melhor estilo celebridade – mas com um bom rímel à prova d’água pra dar uma levantada. Vestidos soltos, ok.
    Só não combino com sutiã sem fecho, sem aro e sem bojo… mas isso não me incomoda!

    Bjs

  2. Adorei suas dicas,fiquei mais tranquila de também preferir vestidos soltinho
    Ufa ..nao estou sozinha!!

  3. Meu JEITINHO de curtir uma Praia.
    Tenho a sorte de morar a uma quadra do mar.Fica tudo mais fácil.
    Menos é mais.Valeu a dica.Feliz Ano Novo.bjs.

  4. Gostei você é muito realista nos comentários sem falar que é uma pessoa extrovertida e feliz parabéns

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Papo de mulher! Vamos falar de laser íntimo e rejuvenescimento?

Dominique - Laser
Meninas, chegou a hora! Não foi nem uma, nem duas Dominiques. Várias me pediram para falar sobre Laser íntimo. Nunca é fácil falar sobre sexo e sexualidade. Não sei bem porque. A simples palavra Vagina, já constrange. Genteeee! Que bobagem! Somos todas mulheres adultas e sabidas.

E a medicina avança a passos largos para nosso bem estar. Não podemos ficar desinformadas por vergonha. Então resolvi contar o que é e quais são os benefícios do Laser íntimo que vem sendo chamado de Laser do Desejo!

Como não sou especialista, fui falar com quem entende e conversei com dois ginecologistas. Isso 2. Por que dois? Quis conversar com um homem e com uma mulher. Acho que me senti mais à vontade com uma mocinha na sala para fazer as perguntas que fiz.

Mas meninas, atenção, não tenho o menor problema em fazer qualquer procedimento com um DR. kkkk!

Vamos lá?

Conversei Com o Dr. Alexandre Pupo Nogueira e a Dra. Mariana Sadalla.

Dominique – Já ouvi falar de laser para o rosto. Aliás já fiz até alguns. Mas o íntimo pra mim é novidade. Para que serve?

Dra. Mariana – Dominique, o princípio do Laser íntimo é o mesmo do facial, ou seja, melhorar o tônus vaginal em um procedimento não invasivo.

Dominique – Então tem uma função estética?

Dr. Alexandre – Este é um dos benefícios do laser. Mas existem outros muito significativos. A mulher na pré e pós-menopausa sofre demasiadamente com alguns sintomas muito chatos como ressecamento, fragilidade e perda da elasticidade da mucosa vaginal. O laser, recupera o colágeno, assim como no rosto, devolvendo elasticidade, umidade além de um aspecto jovem da vulva e da vagina.

Dra Mariana – Nós, Dominiques, namoramos, trabalhamos, nos exercitamos, muitas de nós ainda com filhos em idade escolar, porém os hormônios nem sempre nos acompanham.

Dominique – Então, as dores na relação…

Dr. Alexandre – Elas amenizam senão acabam após três sessões de laser. Mas existe ainda um benefício talvez tão importante ou mais. Algumas mulheres sofrem absurdamente com pequenos escapes de urina ou o que chamamos de incontinência urinária. O tratamento ameniza ou até mesmo elimina este desconforto dependendo do caso.

Dra. Mariana – A mulher recupera a autoestima em vários sentidos. Ela se fortalece. Nesta idade, precisamos nos fortalecer e principalmente nos gostar.

Dominique – E dói?

Dr. Alexandre – Não! O laser é feito em consultório, com anestesia local e dura menos de 30 minutos. Minhas pacientes relatam um leve desconforto, mas nada demais.

Dominique – Uma sessão é suficiente?

Dra. Mariana – Não, são três sessões. Uma por mês ao longo de três meses.

 

MÉDICOS
Dra. Mariana de Andrade Sadalla
Ginecologista – Obstetra

Dr Alexandre Pupo Nogueira
Ginecologista • Mastologista • Obstetra
Diretor Clínico da Clínica Prof Dr Jorge Souen

Leia mais:

Você acha que a menopausa tem lado bom? Tem sim!
Quando eu crescer e envelhecer pra valer, quero ir para um asilo!

29 Comentários
  1. Boa noite,
    Já fiz 3 sessões e não estou tendo resultados, a Dr pediu que eu fizesse mais 1 sessão, estou preocupada de não resolver.

  2. Gracielle, a melhor coisa é vc dar uma checada com seu ginecologista de Bh. Até pq , o laser deve ser feito por um gineco!

  3. Boa tarde Dominiques!
    Neusa, desculpe a demora do retorno mas lancei sua pergunta pra equipe e os médicos não conhecem nenhum ginecologista que faça o laser íntimo na região do ABC..aguardei um tempo pra eles darem uma pesquisada mas realmente não encontraram nenhum colega aí do ABC.
    Marília,o procedimento dura em média 30 minutos, super tranquilo. São 3 sessões com intervalos de 30 dias e depois disso os médicos recomendam 1 sessão anual como manutenção.
    Preços são tratados direto na Clínica com a administração! Fique à vontade, as recepcionistas tiram suas dúvidas!

  4. Gostaria de saber quanto temo dura, vou ter que repetir o procedimento após quanto tempo? Gostaria de saber também o preço?

  5. Neusa, boa noite!!
    Vou dar uma pesquisada pra vc tá?!
    Talvez nossa equipe conheça alguém inclusive aí da Faculdade de vcs mesmo. Dou notícias logo mais…

  6. Legal Andreia!! Certeza que vc vai amar! Mas espere as 3 sessões. Em geral o resultado final acontece mesmo depois da terceira aplicação!

  7. Fiz minha primeira sessão….ansiosa pelos resultados.
    Fiz em Brasília com Dra. MARCELA DE BRITO, minha ginecologista maravilhosa.

  8. Marilia, muito provavelmente deve ter em Goiânia sim. O sucesso do laser íntimo está sendo cada vez mais reconhecido e portanto vcs já devem tê-lo por aí…como mencionamos, a melhor pessoa para te indicar o local e profissional adequados em sua cidade é seu ginecologista de confiança, de Goiânia mesmo. Sempre reforçando que o procedimento deve ser realizado por um ginecologista, isto é imprescindível. Caso ele não saiba, posso pesquisar pra vc! Trabalho na área..bjs

  9. Tem esse tratamento em Goiânia? Pode me indicar um médico ou clínica que faz este tratamento?

  10. adorei saber disso, esses ressecamentos são muito ruins, e algo que deveria ser prazeiroso se torna uma tortura, vou ver isso. obrigada

    1. Andréa, o laser íntimo engloba outras necessidades referente ao crescimento dos lábios e estética vaginal como um todo? No uso continuo de hormônios percebi o crescimento desproporcional de ambos os lábios e flacidez. Seria feito com o mesmo médico ginecologista?

  11. Carmen e Virgínia , segundo os médicos da nossa equipe, o ideal é que cada paciente se informe diretamente com seu ginecologista de confiança e de seu estado, sobre o local onde fazer o procedimento. Na opinião deles, é muito importante que um ginecologista acompanhe o procedimento e indique com real conhecimento e vivência tanto o local quanto o médico ginecologista que realizará o laser, caso ele mesmo não o faça.
    Fora da capital ,eles ainda não acompanharam nenhum resultado para que pudessem fazer alguma indicação pontual. Só realmente recomendam a presença e a orientação de um ginecologista.

  12. Moro em Natal RN, vcs poderiam me informar se aqui tem algum médico que faça esse tratamento?

  13. Para a matéria estar mais completa poderia constar de que cidade são os profissionais e indicações de clínicas e/ou consultórios em outras capitais que realizam o tratamento .Facilitaria, grandemente….

    1. Carmen, tudo bem? Ambos os profissionais são de São Paulo/Capital. São médicos da Clínica Prof.Jorge Souen.Como trabalho na parte administrativa da Clínica posso checar indicações em outras cidades com a equipe. Respondo aqui logo mais, abs!

  14. Débora, pode sim. O Dr. Alexandre vai te responder com mais detalhes.
    A orientação que recebemos na Clínica é que a paciente só não pode realizar o procedimento caso esteja apresentando alguma alteração no resultado do Papa Nicolaou na ocasião.

  15. Lúcia, bom dia!!
    Trabalho na área médica, especialmente na ginecológica.
    Em nossa clínica o laser é feito por ginecologistas, obrigatoriamente. Cada ginecologista faz o procedimento em suas pacientes.

    1. Bom dia Lucia. Idealmente deve ser feito pelo ginecologista. Tem que avaliar se esta com papanicolau em dia e sem sinais de infecção.

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

O que é caro e o que é barato quando o assunto é cuidar da sua pele?

Dominique - Pele
Ai meus sais… Hoje vamos de beleza, vamos ver o quanto os tratamentos antiidade impactam no órgão mais sensível do corpo humano: o bolso!

Acho lindo Dominiques que estão de bem com sua idade e com tudo relacionado a ela; a sabedoria, a menor impulsividade, a certeza de que tudo se resolve e, por que não, suas marcas de expressão…claro!

São marcas de vida, provas deixadas em nós de que vivemos. Marcas de que rimos muito, choramos, franzimos a testa de preocupação, engordamos, emagrecemos, experimentamos diversas modalidades de dieta, nos apaixonamos muito e sofremos por amor.

Tivemos bebês, engordamos, emagrecemos, caímos de bicicleta, de moto, provas de que “torramos” na praia, engordamos, emagrecemos, afinamos a sobrancelha, tingimos os fios dos cabelos de várias cores hahaha. Acho que tá tudo certo. Eu acho…

Volta e meia me olho no espelho louca, porque os cabelos brancos estão se “empolgando”, jogo tonalizante neles pra mostrar que quem manda nessa cabeleira sou eu!
Pois é, parece que é assim que a gente começa…brigamos com os fios de cabelo que teimam e vão ficando prateados, brigamos com aquelas ruguinhas que antes, só apareciam quando a gente dava risada, e agora? Digamos que nossos olhos estão sempre, sorrindo! Ótimo! Tô resolvendo várias das minhas questões escrevendo esse texto aqui e tô adorando isso.

Tá! Entrar na “faca” eu ainda não entrei, acho que por vários motivos: tenho medo de que doa, medo de não ficar do jeito que eu imagino, medo de ficar cicatriz, outras prioridades para usar a grana e medo de injeção. Ok, pronto. Medo mesmo!

Tirando a questão do medo, esse “esporte” não é barato e aqui a máxima “melhor prevenir do que remediar” é totalmente verdadeira. Cuide-se sempre e cuide-se bem. Alimente-se de modo saudável, garanta suas horas sagradas de sono e cuidados com os excessos.
Quanto ao preço dos tratamentos estéticos o céu é o limite!

Uma consulta inocente com um dermatologista bacana não é barato em lugar nenhum no mundo. Isso sem falar na aplicação de Botox, que além do valor da consulta, exige retoque ao menos uma vez por ano.

Sabe o bigode chinês? Aí vai precisar de preenchimento, acrescente na conta! Que isso, hein?! Estamos falando só de rosto. Podemos ficar lindas e poderosas com o rosto lisinho e aí vem o “já que…” Sabe aquela história de “já que apliquei Botox, vou aproveitar e tirar as manchinhas no colo e nas mãos com laser, vai somando.

Só nessa página, já gastamos uma fortuna que daria pra fazer uma bela viagem…
Não pusemos na conta, os creminhos, protetor solar, vitaminas, cálcio, estes sim imprescindíveis, em qualquer tempo, para qualquer mulher.

Conversando com um amigão sobre esse texto, ele disse: “Fala pra essa mulherada beijar na boca que deixa a pele boa”! O Jaques além de muito querido, sabe das coisas.
A dica aqui meninas, é prevenir, tentar ter uma vida mais regrada, mais saudável, não dar muito amor para os problemas (senão eles não largam do nosso pé) e celebrar as coisas boas sempre, por menor que sejam!

Como você cuida da sua pele? Conte pra nós suas experiências estéticas!

Participação de Jaques Cohen

Leia Mais:

Dia de São Longuinho – Quem nunca deu três pulinhos?
A primeira experiência de Dominiques numa sex shop – Primeiro andar

Paula Sauer
Paula Sauer

Economista carioca, que trabalhou por 17 anos em uma instituição financeira, se apaixonou por psicologia econômica e não parou mais, lidar com o comportamento das pessoas em relação ao dinheiro para ela é muito mais do que falar de planilhas e juros, é falar de sonhos, medos e mudanças de hábitos. Paula que também é planejadora financeira não guarda o que estuda só para si, escreve em jornais, blogs e revistas de grande circulação no país. Com mestrado em finanças comportamentais, se realiza em sala de aula, onde aprende e se diverte muito com os alunos.

2 Comentários
  1. Após 2 filhos resolvi fazer uma revisão geral. Abdominoplastia lipo silicone peito tudo em cima ..exato 1 ano após engravidei..chorei uma semana sem parar confesso foi uma mistura de sentimentos. Minha caçula chegou amamentei normal. Agora preciso trocar meu silicone e estou enrolando, não queria passar tudo de novo. Aah botox faço tbm kkk adoro!

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Breve reflexão sobre a beleza – muito além do que imaginamos

Dominique - BelezaAssunto tremendamente complexo, porém, normalmente banalizado pelo viés da aparência  fisionômica cobrado pela sociedade contemporânea.
Não há respostas absolutas sobre a beleza. Teologia, filosofia e até a ciência refletem sobre este assunto e, as respostas, são variadas.

Gosto muito dos significados etimológicos para o entendimento das palavras.
A palavra “beleza” vem do sânscrito BEL ET ZA, que significa “a casa onde Deus habita”. Sim este é o primeiro e o principal entendimento sobre a beleza, que é, na realidade, uma aproximação ao plano divino.

Portanto, belo é tudo aquilo que nos proporciona um êxtase e nos eleva ao plano superior, seja uma paisagem, uma pessoa, uma obra humana como uma música, uma pintura etc..
É uma experiência sensorial capaz de elevar o nosso espírito a um alto grau de satisfação e que, nem sempre, sabemos explicar.
Sim, a experiência da beleza é algo imaterial e desde longa data a filosofia vem tentando esclarecer tal sensação.

Os antigos romanos, há mais de dois milênios, já estudavam o “nescio quid” (“não sei quê”, em língua portuguesa.
A filosofia reflete até hoje este algo que não se sabe exatamente o que vem a ser.
É uma espécie de transe momentâneo favorecido por algo que nos agrada e nos surpreende, quase uma experiência mística, pela visão teológica; e que a filosofia denomina de “experiência estética”.

O mesmo acontece com a palavra “elegância”.
O EL de “elegância” vem de BEL, em sânscrito, que, como já disse, significa “Deus”, portanto elegância é EL+GAN+CIA e significa “revestir-se da aura divina”.
Mais do que somente uma aparência, elegância é favorecer ao observador uma elevação ao plano divino não somente pele visualidade, mas em especial, pela postura e comportamento.

Para a ciência, vale ressaltar que existe a matemática da beleza calcada na relação numérica de 1 para 1,618: a Proporção Áurea.
Os gregos antigos perceberam esta relação presente na natureza, nas plantas e nos animais.
Deduziram que se existem mesmas medidas em diferentes formas da natureza e que, normalmente agradam, a beleza seria uma propriedade objetiva do universo e não somente algo subjetivo, como foi refletida posteriormente por grandes pensadores.

Os renascentistas perceberam, posteriormente, as mesmas relações de proporção também no ser humano, corroborando com o pensamento e conclusão helênicos.
Aplicaram estas medidas em suas obras e estas nos encantam até hoje.
Por termos naturalmente estas mesmas medidas, nós nos reconhecemos e nos enxergamos ali nas próprias obras.
Estas medidas da Proporção Áurea são usadas, inclusive ou, quem sabe, especialmente, nas cirurgias plásticas da medicina contemporânea.

Sendo assim, o assunto “beleza” é tão complexo quanto facilmente entendido, pois muitas vezes, mesmo não conhecendo nenhuma destas reflexões, sabemos muito bem
o que nos agrada.

E para você? O que é a beleza?

Leia Mais:

Conheça a emocionante história do Galo de Barcelos, um dos símbolos de Portugal.
Rever Portugal e abraçar minha gente

João Braga
João Braga

Professor, historiador, pesquisador, escritor, palestrante e colunista. Membro da Academia Brasileira de Moda. Especialista em História da Arte pela FAAP/SP e em História da Indumentária e da Moda pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo. Autor de História da Moda – Uma Narrativa e Reflexões sobre Moda. Co-Autor de História da Moda no Brasil e Cultura e Elegância. Já acompanhou mais de 33 grupos (mais de 600 pessoas) em viagens para Paris, Portugal, Moscou, Marrocos, Saint-Petersburgo.

2 Comentários
  1. Beleza é o que nos emociona e nos deixa sem palavras…
    A beleza é tudo o que nos parallsa diante de uma obra de arte, de um ser humano,de uma paisagem…

  2. João, super interessante…nunca fazemos essa ligação beleza e/ou elegância com algo divino ou sobrenatural.
    Relacionamos com as coisas palpáveis ,não espirituais.
    E no fundo, elas têm tanto de espiritual..
    Adorei!

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Será o fim da guerra dos cosméticos contra a idade?

Dominique - Idade
O que você imagina quando escuta a palavra anti-idade? Eu penso em uma batalha de trincheira que se torna cada vez mais sangrenta com o passar dos anos. Falou anti, vem coisa ruim – antivírus, antidemocrático, antiterrorismo. Parece que o termo aciona uma resposta defensiva no inconsciente.

Espertamente, a medicina adotou a rodo o termo para dar a ideia de combate, como antigripal, anticoncepcional, anti-ansiolítico, antistress. Agora, me digam, desde quando idade é uma doença ou uma ameaça à saúde que precisa ser combatida? Pois é o tratamento que o envelhecimento recebeu da área médica e, pior, da indústria de cosméticos. Daí a demonizar o avançar da idade foi um pulo.

Comecei a prestar atenção no termo anti-aging ou anti-idade há uns 20 anos. Era a promessa divulgada nos anúncios dos cremes faciais turbinados. Quem não viu e ficou tentada?

Veiculados por marcas multinacionais em página dupla nas revistas femininas, tinham (e têm até hoje) fotos de modelos ou atrizes maravilhosas. Pele aveludada, textura uniforme, contornos firmes, photoshop de última geração… ops! O clima de sedução se completava com dados de pesquisa que conferiam um ar de ciência ao produto. No texto, se oferecia com a maior desfaçatez o “fim da passagem do tempo”.

O milagre prometido custava caro, coisa de mais de 100 dólares. Atualmente, tem creme de 500 dólares. A ideia era não apenas vender produtos para mulheres maduras, mas estabelecer o medo entre as mais novas para começar cedo a usá-los. O envelhecimento das mulheres foi declarado um inimigo mortal. Com isso, criou-se um segmento bilionário na indústria da beleza movido à ilusão.

Embora eu estivesse na faixa etária preferencial das marcas, sentia um mal estar quando lia aquilo. Hoje, finalmente, compreendi porque me ofendia com as propagandas. A revista americana Allure, uma das mais influentes no consumo de cosméticos no mundo, publicou este mês (agosto de 2017) uma espécie de manifesto anunciando que havia banido o termo anti-aging no seu espaço editorial.Dominique - Idade

A diretora da revista definiu com precisão a causa do meu desconforto. “Sabendo ou não, estamos sutilmente reforçando a mensagem de que o envelhecimento é uma condição contra a qual precisamos entrar em guerra.” Na capa, uma sensacional Helen Mirren, a atriz que menos têm se preocupado com o avançar da idade, deu o que falar na internet.

Em defesa de sua posição, a jornalista lembra que envelhecer é o fato mais inevitável da vida. Acontece a cada segundo e deveria ser um motivo de comemoração. Quantas pessoas perdem essa chance! “Envelhecer é maravilhoso porque significa que temos a chance de ter um novo dia para viver uma vida completa e feliz”. Por trás da decisão, ela diz, está o reconhecimento de que a beleza não é exclusividade dos jovens. Ufa! Demorou, hein!

Ela chama a atenção para o poder das palavras, pois interferem no entendimento das coisas. Para mostrar como o termo idade foi afetado negativamente, cita um fato que repetimos cotidianamente sem nos darmos conta de que tem uma carga ofensiva. Sabe aquele costume de encontrar alguém entre, digamos 40 e 60 anos, e não disfarçar o espanto diante da boa aparência? “Nossa, como você está bem pra sua idade!”. Ou se referir à uma figura pública: “Como ela está bonita pra uma mulher nessa idade”.

Quem ouve nunca sabe se recebe como um elogio ou uma crítica velada. Afinal, há um peso tão grande na questão da idade que desmerece a boa intenção. A diretora da Allure aconselha: “Diga simplesmente: como você está bem!”

O movimento da revista americana, na verdade, responde a uma crescente pressão de blogueiras, ativistas, mulheres famosas e autoridades para expurgar o preconceito sexista e as inverdades por trás do segmento anti-aging. Você já deve ter notado que algumas marcas adotaram outros termos para classificar seus produtos, como antissinais, rejuvenescedor, reparador, pro-age, age-defyng, age perfect, slow age.

Ok, são eufemismos, mas a lerda indústria da beleza começa a entender o recado. Como já disse Helen Mirren em entrevistas, “as mulheres não querem parecer mais jovens, querem parecer bem na idade em que estão”. Coisa parecida foi dita por Diane Lane (um espelho para Dominique).

Embora possa parecer hipócrita e meio atrasada, a atitude da Allure não é pouca coisa se tratando do reino das revistas femininas, no mundo e no Brasil. Há décadas, elas só costumam publicar imagens de it girls de até 20 anos para representar o universo feminino. (Como se o mercado fosse movido por garotas que compram cosméticos com a mesada recebida de papai e mamãe.)

A revista fecha seu manifesto com uma exortação: “Estamos convocando todos para essa transformação. Sabemos que não é fácil mudar conceitos e mercados da noite para o dia. Mas juntos podemos começar a mudar a conversa e celebrar a beleza em todas as idades.” Esperemos que o recado seja plenamente entendido pelo mercado editorial e pela indústria da beleza.

Anti-idade é a PQP!!!

Leia mais:

A vida está complicada? Então vamos falar de cabelo…
Os 12 passos das dicas de maquiagem da Valentina. Todos juntos.

Inês Godinho
Inês Godinho

Jornalista, brasileira, ciente das imperfeições e das maravilhas da vida. Contradições? Nada causa mais sofrimento do que um texto por começar e não há maior alegria que terminá-lo.

Seja a primeira a comentar

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.