Tag: consumo

Será que dá pra viver sem?

Esses dias me peguei pensando sobre minha mania de comprar coisas sem precisar. De tempos em tempos eu encano com algo: cosmético, objeto pra casa, suplemento, vinil, livro, sapato… Sempre tem uma bola da vez para gastar algum dinheiro e acumular mais.

Mas conversa vai conversa vem, eu descobri que não se trata de comportamento exclusivo meu. Eu tenho uma amiga que surta na papelaria, por exemplo. Ela considera sagrada aquela passadinha semanal pra checar as novidades. E, vamos combinar, que ninguém precisa de marcador ou de post it todo dia, né?

Já o marido de outra amiga até sabe das nossas compulsões e brinca sempre com isso. Quando ela diz que vai a farmácia, por exemplo, e pergunta se ele precisa de algo, ele logo responde: – Vê lá um lançamento pra tratar o coração ou algo novo pra diabete…

Eu sei, eu sei. Nosso sistema econômico é baseado na perspectiva de crescimento infinito. Mas os recursos naturais são limitados.

Agora, será que essa mania de sempre mais não precisa acabar?

É fato que quanto mais a gente envelhece mais tendência a manter coisas que funcionem como recordações. E não bastasse as nossas bugigangas acumuladas sempre guardamos as dos nossos filhos também. Mesmo quando eles já saíram de casa para montar a própria.

Mas afinal, o que dá pra viver sem?

E se o sistema entrasse em colapso e as pessoas em todo o mundo fossem obrigadas a viver com muito pouco? Te convido a fazer esse exercício. O que na sua vida não é essencial?

E eu garanto que tem muita coisa aí pra abrir mão…

Li esses dias um artigo sobre uma jornalista alemã que decidiu passar um ano de sua vida longe das facilidades do consumo. Ela contou a experiência num livro chamado “Apocalipse Now!” e fiquei bem curiosa pra ler.

Durante a experiência, realizada em Barcelona, na Espanha, ela viveu apenas de escambo e agricultura orgânica. Ela contou no artigo que para sobreviver apelou às técnicas e estilo de vida de seus antepassados, que viveram durante o período de guerra e pós-guerra na Europa.  

Tá booom! Concordo.

Não precisa ser tão radical.

Mas eu fiz uma relação de coisas que vou cortar pra reduzir o meu consumo e vou tentar sobreviver por algum tempo. Quer saber o que são?

A primeira coisa pela qual sou completamente louca são cremes pra cabelo e corpo. Ah meus sais! Não digo que vou viver absolutamente sem. Mas vou escolher um kit prioritário com shampoo, condicionador, hidratante, finalizador e “day after”. Chega dessa mania de variar tanto. Não preciso ter tanta opção diariamente…

Outro lugar onde gasto rios de dinheiro é em farmácias. É uma baita compra de vitaminas, analgésicos e afins. Desde que não seja orientação médica, estou disposta a lidar com as minhas dores de cabeça de forma alternativa.

Sapatos. Tenho muitos. E alguns novinhos, que nunca saíram da caixa. Minha meta é ficar 12 meses…Ops! Melhor reduzir pra seis meses (eu me conheço) sem comprar nenhum par.

Assinatura de TV a cabo e de algumas revistas. Eu tenho tanta opção na internet então pra que ainda assino um pacote completo se nem dou conta de ver?

Uma coisa que já faço faz tempo é levar minha garrafinha de água pra onde vou. Assim não preciso comprar mais uma a cada hora que sinto sede. Acho que são pequenas coisas que podem fazer grande diferença rumo a uma existência mais minimalista e mais consciente.

Depois eu conto pra vocês como foi minha experiência, mas acho que super dá pra viver sem!

E vocês Já pensaram nas coisas que não são essenciais para uma vida mais leve e feliz? Me contaaaaa!

Leia também Organizei minha casa (e minha vida) com as técnicas da Marie Kondo.

Seja a primeira a comentar

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Fui às compras… atacada e magra!

Dominique - Compras

Então…
Perdi aqueles 8 quilos que sempre me atormentaram.
Na verdade, 10…
Sobraram 5, mas com estes eu convivo bem.
A Dominique já contou em um vídeo sobre um dos maiores prazeres de uma gorda quando emagrece.
É o prazer de cruzar as pernas!!!
Ahhh… Só conhece quem já passou por isso.

O outro prazer é o de você entrar numa loja e conseguir comprar o que você gosta.
Não o que te serve!
É, querida… Isso é f***…
Por toda uma vida eu aguentei vendedoras insuportáveis trazendo batas ou vestidos pretos horrendo dizendo que ficavam lindos em mim.
Agora tem uma coisa. Por conta do meu trabalho, eu sempre viajei muito.
E nos Estados Unidos é diferente.

Lá eles têm o correspondente ao 44.
E, se ficar pequeno, tem o 46.
E, se ainda não der, tem o 48.
Tudo em loja de gente normal!!!
Ai, você passeia por aquelas lojas de departamento lindaaaasss e vai escolhendo tuuuudo do seu tamanho.

E adivinha!!
Tuuuudddddo serve!!!
Tudo fecha!!!
Que felicidade.
Mas aí tem um pequeno problema.
É… nada é perfeito.
É… eu nunca estou satisfeita.
Que mais eu quero?
Roupa que serve em quantidades absurdas e ainda tem algum problema?
Sim, tem…. O espelho.
Affff…
Gente, não é porque serve que quer dizer que ficou bom.
Quando estamos acima do peso, que no meu caso foi a vida toda, somos mestres em usar roupas que disfarçam, que melhoram, que escondem.
Esta é a verdade.

Você pode dizer o que quiser.
Ninguém gosta de ser gorda.
E ninguém é gorda porque quer.
Fico p da vida quando alguém me culpa por não conseguir emagrecer.
Mas este é outro assunto.

Fato é que fui viajar a trabalho.
Com meus 10 quilos a menos.
E tive um final de semana livre.

GENTEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE

Eu parecia a louca do consumo.
Eu estava incontrolável.
Tive de comprar mala de muambeira, sabe?
Foi ridículooooo.
Mas tudo o que eu achava bonitinho no cabide ficava bonitinho quando eu experimentava.
Isso nunca tinha acontecido.

Resolvi aproveitar.
Até porque eu sei que os 10 quilos voltarão.
Não adianta falar que não é assim.
Eu não conheço um único gordo que tenha se mantido magro pro resto da vida.
Então eu jurei que não me sentirei culpada quando chegar a conta do cartão.
Que vou desfilar o mais rápido possível todo o meu guarda-roupa novo..
E que este meu prazer seja eterno enquanto dure!!!

E você? Já foi louca as compras como a Valentina?

Leia Mais:

Por que é tão difícil encontrar um Ginecologista normal?
Passeando com o passado

3 Comentários
  1. Parabéns!! Tenho varias amigas que emagreceram e nunca mais engordaram … vc tbem pode se manter magra pata sempre …
    parece que comprovadamente se vc, se manter magra por um ano, fiminuem as células gorduras e vc nunca mais volta a engordar !!
    Um ano passa rapido …!! Boa sorte

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Sonho de Consumo

Vem aí o Natal e a gente começa a pensar nos presentes. A gente até pensa em alguns presentes especiais. E assim me peguei pensando em qual seria o meu presente muito diferente e especial, o meu sonho de consumo muito além daquelas obviedades de sempre. Você já parou para pensar em qual seria o seu presente especial e diferente? Well darling… vou dividir o meu com você mas adoraria saber qual é o seu?!?!?

Avatar
Dominique

Nasceu em 1964. Ela tem 55 anos, mas em alguns posts terá 50, 56, 48, 45. Sabe porque? Por que Dominique representa toda uma geração de mulheres. Ela existe para dar vida e voz às experiências, alegrias, dores, e desejos de quem até pouco tempo atrás era invisível. Mas NÓS estamos aqui e temos muito o que compartilhar. Acompanhe!

Seja a primeira a comentar

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.