Tag: Elegante

Vestir-se bem para fazer home office faz muito bem: 10 looks para inspirar!

Há alguns anos eu divido meu tempo entre escritório e home office. Eu consigo me concentrar e o rendimento do meu trabalho é maior quando fico em casa para escrever os textos para Dominique. Eu já tinha uma rotina de acordar, fazer exercícios, tomar banho e me vestir para trabalhar em casa. Mas agora que estou apenas fazendo home office, esse ritual está mais importante do que nunca. 

Em parte porque tenho reuniões online e preciso cuidar da minha imagem pessoal. Já falamos aqui sobre a forma como nos apresentamos é nosso primeiro discurso. Mas confesso que neste momento é menos pela estética e mais pela nossa qualidade de vida (e sanidade!). Nestes tempos mais tristes, cada atitude será importante para não nos deixar abater. 

Descobri no site Vestindo Autoestima, da consultora de moda Priscila Citera, que existe na psicologia a teoria da Cognição Indumentária, que trata sobre o efeito das roupas no nosso comportamento e na nossa cognição. A Priscila também é psicóloga e explicou que a roupa afeta as nossas habilidades cognitivas como por exemplo comportamento, sensação e pensamento. 

Dicas para escolher os looks do home office

Antes de mostrar a minha seleção de roupas para trabalhar de casa, quero fazer algumas recomendações. É super importante passar a mensagem de que estamos trabalhando e não de folga, além de escolher um look apropriado para cada profissão. Depois muitas experimentações, tenho algumas dicas para compartilhar:

  • tomar um banho faz diferença, sim! Além de ajudar a acordar, é uma atitude simbólica de começar o dia. Passo até perfume;
  • não faço um make completo, mas eu passo o básico da maquiagem. Vai que alguém marca em cima da hora um call? Passo um bom hidratante e um protetor no rosto. Sim! A luz também tem raios que prejudicam na nossa pele. Prefiro um batom mais neutro, em tons de nude, mas que apareça na tela;
  • não exagero nos acessórios, mas gosto de colocar um brinco mais delicado e até uma correntinha com pingente;
  • evito usar jeans porque apertam um pouco. Prefiro as peças em algodão e mais confortáveis;
  • evito colocar peças 100% poliéster, principalmente nos dias quentes;
  • prefiro usar peças de tecido plano, em vez de malha, porque tem um caimento melhor;
  • a cor faz toda a diferença na tela, durante os calls. Nunca uso listras ou xadrez porque causam um efeito na pessoa que está me vendo do outro lado da tela; 
  • não uso decote mais profundo e regata. Evita a preocupação de estar aparecendo a alça do sutiã ou ficar inapropriado;
  • resistir ao máximo a tentação de ficar de pijamas ou colocar aquela roupa “tipo hoje é dia de faxina”;
  • escolho até os sapatos. Evito ficar de chinelos de dedo. Prefiro usar uma sapatilha confortável.

Loungewear

Você já deve ter ouvido o nome Loungewear, né? É um conceito de moda comum no exterior e que está ganhando cada vez mais espaço por aqui. São roupas feitas com algodão fino e macio, super confortáveis e perfeitas para serem usadas em casa durante o home office. 

Até mesmo algumas grifes de luxo têm sua coleção de Loungewear. Algumas marcas criam roupas para ficar em casa e para dormir. São mais esportivas, mas são apropriadas para a minha profissão. Não sei se uma advogada ficaria bem fazendo um call com uma roupa loungewear, mas acredito que para diversas outras profissionais é possível sim. 

Minha seleção de 10 peças para inspirar

Sempre busco ideias de looks confortáveis, mas que eu me sinta bonita e elegante. Adoro pesquisa no Pinterest. Muitas vezes eu tenho as peças, só saber compor. Fico bem para trabalhar, fazer uma reunião online e, até, se precisar dar uma saidinha rápida de casa. Tenho evitado ao máximo, mas às vezes preciso ir ao supermercado ou farmácia, né.

8 Comentários
  1. Tenho 66 anos, usaria todos, gosto de me vestir, simples, bem..pena agora, estou acima do peso..mas nao me visto como velha.,Tanto que me dao máximo 50 anos

  2. Adorei as dicas usaria todas, as três primeiras fotos então me identifiquei totalmente. ótimo post para descontrair um pouco e pensar que mesmo em casa nossa imagem deve manter nossa postura de trabalho.

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

A moda é não combinar bolsas e sapatos!

Você sabe o significado da palavra elegância? Um deles é a “manifestação de gosto na opção do vestuário e na maneira requintada e discreta de usá-lo; bom gosto”. Hoje eu acordei pronta pra refutar algumas dessas certezas. Primeiro: gosto pra se vestir cada um tem o seu, certo? Eu posso até ter roupas requintadas, mas nada como o caro e o barato pra compor um guarda-roupas estiloso.

Nunca ninguém usou o adjetivo discreta para me qualificar. Simplesmente adoro usar acessórios grandes e coloridos. Então, por fim, me expliquem: o que seria ter um bom gosto? Acho que concordamos que é preciso atualizar o significado da palavra elegância. Urgente.

Tenho até a minha proposta: “é a liberdade na escolha do vestuário que melhor combina com a sua personalidade, misturando peças acessíveis e de grife, criando o seu próprio estilo”. O que acha, ficou melhor, né? Claro que será sempre o mix entre liberdade de escolha e ser apropriada. Se a ocasião pedir uma roupa mais formal, não tem problema!

Quebrar regras

Acho que hoje nós já conhecemos muito bem o nosso estilo. Mas estes dias uma discussão agitou o nosso Grupo da Dominique, no Facebook. (Você faz parte?) Uma Dominique contou que só usa bolsa e sapato combinado e compartilhou a dúvida: é frescura e não se usa mais?

Sabem qual foi a resposta campeã entre as Dominiques? Nada mais de usar conjuntinho, a moda agora é descombinar tudo. O importante é se sentir confortável. Muitas disseram que o importante mesmo é fazer o que se gosta e não o que é imposto. Teve até espaço pra quem gosta de combinar, afinal gosto é gosto, não é?

Vou confessar que posso usar bolsa e sapatos combinado, quando são preto ou marrom. Mas adoro misturar cores e estampas. Acho que dá o estilo que acho que combina comigo. Fiz uma seleção das melhores combinações – e as mais coloridas – de bolsas e sapatos!

Verde + Oncinha

Laranja + Dourado

Vermelho + Branco

Amarelo + Nude

Roxo + Verde

Azul + Preto

E aí, o que achou da minha seleção?

Outros posts sobre moda

Bolsas para ser feliz

Ideias diferentonas para usar lenços.


4 Comentários
  1. Sempre fui adepta a não combinações. Acho que o estilo de cada um está em saber combinar o que você gosta e que fique bem em você.

  2. Estas “des”combinações ficaram perfeitas! E assim usar bolsas e sapatos que mais gostamos com frequência, sem se preocupar em estar repetindo, um uso mais consciente de consumo.

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.