Tag: Indulgente

Minha lista de pequenos prazeres

Dominique - pequenos prazeres

Ninguém gosta de se privar de prazeres.
Parece que com o passar dos anos mais prazeres são proibidos!!
Você tem esta sensação?

Bom! Pra algumas coisas sim. A idade manda a conta rapidinho.
Mas você já se deu conta de que conquistamos outros privilégios muito valiosos?

Pequenos prazeres que valem muuuuito a pena!
Quer ver?

Ter tempo
Tenho de trabalhar, e ainda pensar na casa. Mas cuidar de filhos, fazer almoço, jantar, participar de festinhas de aniversário… não mais, ufa!

Judiar do cartão
Já conquistei muitas coisas. Agora posso gastar um pouquinho a mais comigo, ou muuuito mais!

Não perder a cabeça por coisas pequenas
Não mesmo! Tenho mais consciência do que quero e gosto. E se não concordam comigo… paciência!

Não fazer nada!
Dolce far niente é uma terapia. Pode ser indulgência, é sim, e tenho praticado muito!

Não precisar ter comida em casa
Sabe aquela obrigação de deixar o café, o almoço e o jantar prontinhos todos os dias, no mesmo horário? Não tenho mais!

Tirar férias e viajar fora de temporada
Pago mais barato pelas viagens. Os lugares estão mais vazios. E, pra completar, ainda aproveito São Paulo nas férias dos outros!

Sair com a turma sem se preocupar com o regime
Não tenho mais aquela obsessão por dieta e por contar calorias. Claro que não exagero, mas eu me permito sim!

Final de semana sem compromissos
Passar o final de semana todinho de pijamas, fazendo maratona de séries na Netflix. Adoro!

Saber o que é bom (ou vale a pena)
Não é legal reconhecer rapidinho o que é bom e o que é ruim! Quanta coisa eu ganho, quanto tempo economizo!

Valorizar as coisas pequenas
Talvez, o prazer mais importante. Valorizar todas estas pequenas coisas que conquistei na vida!

Eliane Cury Nahas
Eliane Cury Nahas

Economista, trabalha com tecnologia digital desde 2001. Descobriu o gosto pela escrita quando se viu Dominique. Na verdade Dominique obrigou Eliane a escrever. Hoje ela não sabe se a economista conseguirá ter minutos de sossego sem a contadora de histórias a atormentá-la.

Seja a primeira a comentar

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.