Tag: Pontos turísticos

Lavandário em Cunha: a Toscana e Provence do Brasil

Dominique - Lavandário

Fale a verdade, quando você viu esta foto achou que era a região da Toscana, na Itália, ou Provence, na França, não foi? Mas pasme, é aqui no Brasil, a 223 km de São Paulo e cerca de 1h15 de Paraty.

Com apenas 3 horas de viagem, partindo de SP, é possível viver uma experiência única e inusitada neste município encravado nas montanhas da Serra do Mar. Cunha, é uma pequena cidade com características muito especiais, tanto geográficas, como históricas e culturais, famosa pelas cachoeiras e cerâmicas vitrificadas.

Há flores de lavanda durante o ano inteiro. São 40 mil pés plantados e cerca de 10 mil em plena floração. As plantas mais novas levam cerca de 8 meses para florescerem e estarem em ponto de poda.

As principais moradoras dos campos de lavanda são as siriemas e abelhas, afinal as flores são um banquete dos deuses para elas.

Em qualquer época do ano os campos são lindos, floridos e perfumados, porque a poda é rotativa: toda semana são podados 300 pés que florescem em 3 ou 4 meses.

O Lavandário promove passeios entre as plantações em áreas demarcadas, não se pode andar no meio das plantas. Eles levam a sério o compromisso com o meio ambiente, protegendo as áreas naturais, preservando a fauna e flora silvestres.

Uma loja logo na entrada traz uma grande variedade de produtos cosméticos e gastronômicos, indicados para a saúde das pessoas e cuidados com a casa, como o mais puro óleo essencial de lavanda, do latim lavare, “lavar”, usado pelos romanos para lavar roupa, tomar banho, aromatizar ambientes e também como calmante, relaxante e alívio das dores. Há ainda lavandas orgânicas recomendadas para uso em culinária pelo seu perfume mais seco.

O Lavandário é um dos lugares mais visitados pelos turistas, recebendo cerca de três mil pessoas nos finais de semana.

Não são só as plantações de lavanda que atraem os turistas. Cunha é conhecida por ser um importante pólo de arte cerâmica do Brasil e da América do Sul. A cerâmica faz parte da história da cidade que começou esta atividade em 1975 e grande parte da população vive da produção ou comercialização de artefatos e peças de arte.
Os ateliês são abertos para visitação a partir das 9h00 e oferecem uma enorme variedade de peças.
Para mais informações: www.cunhatur.com.br ou www.lavandario.com.br

Cunha vale o passeio, programe uma viagem no fim de semana e encante-se!
Marot Gandolfi
Marot Gandolfi

JORNALISTA, EMPRESÁRIA, AMANTE DE GENTE DIVERTIDA E DE CACHORROS COM LEVE QUEDA PARA OS VIRALATAS.

2 Comentários
    1. Que bom que gostou Rubens! Se vc tiver uma dica de algum lugar me fale, a gente adora descobrir lugares diferentes e que merecem uma visita. Beijo

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.