Cascais em detalhes – Forte Cidadela

Cá estou eu novamente. E muito feliz com o retorno que tive de vocês Dominiques no meu último texto sobre Portugal. E mais feliz ainda porque esse texto vai também para o blog da Engenhotur. Dominiques, tá aí um casamento legal: Uma agência de viagens de uma Dominique para Dominiques. Certo..Certo..Certo…Vou falar do meu Portugal.

Sei bem que agora é inverno no Brasil, se bem que inverno aí é brando. Mas aqui, onde o inverno é profissional, aproveitamos o verão como se todos os dias da estação fossem dias de férias. Vocês não imaginam o privilégio que é ter sol e dias longos, até porque os têm todos os dias.

E como Agosto é o mês mais movimentado do verão europeu, vou aproveitar para falar de uma cidade portuguesa que amo demais, Cascais, uma cidade da orla portuguesa muito próxima a Lisboa. É um lugar encantador e até que tranquilo de forma que paulistas e cariocas acostumados com a tal “muvuca”, acabam por achar edênico.

Vou contar porque Cascais tanto me encanta e darei algumas dicas seja para quem quer passear seja para quem quer cá morar.

Não entendo como alguém consegue morar longe da orla. Exageros a parte, sair de casa e ir para o trabalho tendo o mar como parte do caminho, já faz meu dia mais iluminado.

A Baia De Cascais é algo de tirar o fôlego.

Baia de Cascais
Baía de Cascais

Portugal é muito famoso por sua luz. Não sei se é por conta da latitude e longitude ou se por estar na pontinha do continente, meio que onde o sol faz a curva. Só sei que a luz daqui faz com que as coisas tenham outros coloridos, outras formas. Só vi algo parecido em Trancoso na Bahia. E imagino que se Trancoso não está na beira do continente, está quase.

Mas esta característica fotográfica de Portugal é amplificada em Cascais. Sim, desculpem, sou bairrista. Não há no mundo luz como a de Cascais num dia de outono, estação aliás que amo cá estar.

Oh meus sais, por onde começar? É tanta coisa.

Vou começar pelo forte por conta de uma história que ouvi.

Uma amiga brasileira contou que foi lá que começou sua paixão por Cascais e por Portugal, quando há anos esteve hospedada no Cidadela, uma vez que este hotel é dentro do forte, senão o próprio.

Fortaleza de Nossa Senhora da Luz de Cascais  situa-se em posição soberana na enseada protegendo e acalantando a chamada Cidadela. Foi construída entre os séculos  XV e XVII, veja só.

Mas como tudo nessa vida, o o tempo pode ser inclemente. E o foi com a Fortaleza. Mas em 2012 aconteceu uma espetacular operação de resgate desse patrimônio . Recuperaram e restauraram toda a fortaleza tornando-a num complexo bacanérrimo.

Hotel Pousada Cascais Cidadela

Fizeram lá o Hotel Pousada Cascais Cidadela and Art District descolado dentro de uma estrutura centenária. Acho bárbaro. E essa é minha primeira dica.

Preciso comentar ainda sobre o Hotel que dentro, existe um bar com pé direito imenso que dá para a recepção. Difícil de explicar. Mas nessas paredes altíssimas você vê uma revoada de passarinhos negros de cerâmica (Bordallo Pinheiro, vou falar sobre isso mais tarde). É inesperado e interessante.

Art District

Bem, o interior do forte tem quatro lados formando uma praça no meio. Do lado direito do Hotel estarão as galerias que definem o local como ART District. Veja foto abaixo. Cada uma dessas portinhas é uma galeria. O andar de cima é sempre o atellier dos artistas representados pela galeria do andar de baixo. É um conceito muiito giro.

Art District – Cada portinha aqui é uma galeria.

Taberna na Praça

E no outro lado vamos encontrar um de meus restaurantes prediletos. Mas calma lá. É um lugar de tapas e comidinhas para partilhar. É o Taberna na Praça. Se o dia estiver bonito, o melhor é sentar do lado de fora com vista para as galerias, para obras espalhadas pela praça e para o azul daquele céu que parece estar apenas a esperar a revoada de andorinhas presas na parede do hotel.


Mas se ficar do lado de dentro, não se decepcionará com um ambiente muito charmoso.

Não deixe de pedir as Favinhas salteadas com coentros e chouriço e Bolinhas de Alheira de Caça para começar. E para sobremesa tens que experimentar Mousse de cacau… a 100% que eles dizem ser a melhor do mundo. Será que é mesmo? Ahhh, vale a pena você provar só para saber se é exagero de português ou não.

Déjà Lu

Dentro do restaurante você verá uma escada. Ela levará obviamente para um outro piso, mas que no entanto não é mais um restaurante e sim uma livraria. Livraria essa com um dos nomes mais interessantes que já vi. É a Déjà Lu porque são livros já lidos porém não consigo chamar de sebo, nada contra, muito pelo contrário. É que os livros são tão bacanas e bem arrumados que parece uma livraria dessas modernas. Mas tem mais. O lucro da livraria se reverte a favor da APPT21 [Associação Portuguesa de Portadores de Trissomia 21- no Brasil é Síndrome de Dow].

Nossa..Já escrevi demais apenas sobre o Forte!! Acho que cascais vai dar muitos textos se vocês assim quiserem.

Ah. Faltou falar duas coisas ainda sobre o Forte. Há um museu lá dentro. Mas sinceramente? Só se você tiver muiiito tempo.

E a outra coisa é uma lojinha. Muito muito simpática, numa das portinhas ao lado do Hotel. É pequininha, mas tem muita coisa bacana. E é um dos únicos lugares em Cascais que você encontrará cerâmica da Bordallo Pinheiro. Sim..sim..eu sei. Eu ainda não contei o que é Bordallo Pinheiro. Mas vou contar já já. Lá tem a uma das portuguesas mais simpáticas da cidade, a Claudia que ficou minha amiga de tanto que eu visito aquela loja (desculpe, mas esqueci o nome do estabelecimento).

Leia Também:

Capri – Um destino necessário

Uma diferente exposição em Lisboa

Barbara Godinho
Barbara Godinho

Sou uma Portuguesa meio tropicalizada. Moro em Lisboa, já fui curadora de museu e exposições. Hoje trabalho com turismo. Apaixonei-me pelo projeto Dominique e cá estou a colaborar.

2 Comentários
  1. Vou cá apreender essa bela reportagem…preciso conhecer essa msravilha meu bom Deus. Prnto, está feito o pedido. Espero que Ele me atenda. Bjim

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.