Hoje é o dia que preciso lembrar de minhas coisas favoritas

Dominique - Coisas
Algumas coisas a gente nunca esquece…

Você assistiu a noviça rebelde! Isso é uma afirmação. A pergunta é: quantas vezes? Bom, acho que vi milhares.

E como já contei aqui até casei com uma música do filme. Mas hoje vou falar de outra:
– My favorite Things (Minhas coisas favoritas).

Maria (Julie Andrews) desenvolveu uma técnica para quando se sentisse triste.
Ela pensava em coisas bonitas e coisas que gostava. Mas só lembranças boas.

Hoje estou desesperadamente tentando fazer isso. Mas cada lembrança, cada pensamento só me trazem lágrimas.

Porque, às vezes, a tristeza é tão profunda que até a mais bela imagem fica distorcida de tão longo que é o caminho ao âmago.

Ai pergunto: Luto contra isso? Tento achar motivos e coisas bonitas? Ou deixo a tristeza tomar conta até a última gota de energia vital se esvair?

A crueldade alheia não tem limite. Ou não. Mas o outro é problema do outro. Minha dor é problema meu. Portanto…Vamos as coisas boas!Dominique - Coisas
– Beirute do Frevinho
– Sorvete de Limão bem azedo.
Aquela cena do filme Mensageiro do Jerry Lewis com música do Count Basie.
– Música. Muita música.
– Dia de sol.
– Praia. aquela praia.
– Estourar a gema mole do ovo frito.
– Lembrar de momentos que guardei no coração.
– Ouvir American Pie.Dominique - Coisas
– Lembrar de uma surpresa.
– Lembrar de uma gargalhada. Não preciso do motivo. só do som da gargalhada.

Aliás, vou te contar uma coisa aqui. O que mais gosto no outro não são os olhos, o cabelo, a mão. Adorooo ouvir a gargalhada do outro.

Você já reparou que a gargalhada geralmente não combina muito com a pessoa? Grandalhões tem gargalhadas fina, meninas delicadas tem gargalhadas fortes. Tem gente que pede o fôlego, tem gente que se curva. A maioria fecha o olho. Acho que uma bela gargalhada é mais espontânea que um espirro. E mais sem controle, vem da alma. É autêntica.

Não estou falando de sorrisos ou de risos com barulhos. Estou falando de gargalhadas. Incontroláveis gargalhadas.

Há quanto tempo você não dá uma risada assim?
Não consigo lembrar quando foi minha última.

Vou anotar a próxima. Só pra poder lembrar como sendo uma das minhas coisas favoritas!

Leia mais:

A publicidade não fala com as Dominiques. Por quê?
Caminhos Cruzados – Calor Infernal. Seria o tal Fogacho?

Avatar
Dominique

Nasceu em 1964. Ela tem 55 anos, mas em alguns posts terá 50, 56, 48, 45. Sabe porque? Por que Dominique representa toda uma geração de mulheres. Ela existe para dar vida e voz às experiências, alegrias, dores, e desejos de quem até pouco tempo atrás era invisível. Mas NÓS estamos aqui e temos muito o que compartilhar. Acompanhe!

Seja a primeira a comentar

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.