Moda

Repetir roupas, upcycling e o lowsumerism!

Adoro quando alguém famoso repete uma roupa. Sério! Dou até aquele sorrisinho de canto de boca. E não consigo conter o pensamento: “Tá vendo, ela também!”. É que a vida inteira eu escutei comentários sobre a elegância de alguém e o fato de ela não repetir uma roupa. Nunca entendi direito essa relação entre elegância e desperdício. Ou tem?

Ok, ok. Sei que o comentário não se refere apenas ao estilo, mas ao poder aquisitivo de poder comprar novas roupas para cada ocasião. Mas continuava achando um desperdício, kkkk. Primeiro de looks, segundo de dinheiro.

E agora repetir está na moda. E eu estou adorando vivenciar essa mudança de comportamento. Várias mulheres elegantes estão aí pra mostrar que usar várias vezes a mesma roupa não tem problema nenhum.  

E tem mais novidades sobre esse assunto. Vocês já ouviram falar no termo Upcycling? É a reutilização criativa de materiais para transformá-los em novos produtos de melhor qualidade e/ou valor. É diferente de reciclar (downcycling, em inglês), que é reaproveitar, mas transformando em algo de menor qualidade.

É mais ou menos assim. Tem aquela blusa que você gosta, mas já cansou um pouco. Tem aquelas bijuterias que passaram um pouco de moda, mas as pedras são lindas. Upcycling é você bordar a blusa, transformando em uma roupa de noite, por exemplo. Se precisar, vale até tingir o tecido!

Aliás, eu sempre adorei roupas reformadas. Não que eu saiba fazer, porque nem sei costurar uma barra de calças. Mas admiro que tem criatividade de cortar daqui, puxar dali e transformar algo em um produto ainda mais bacana. Taí uma coisa que eu gostaria de aprender um dia.

Consumir menos

Além de upcycling, as novas tendências de moda passam por outros conceitos, que não são apenas os de estilo. Duas delas são bem interessantes: “lowsumerism” e o “slow fashion”. Hoje em dia, as pessoas não estão consumindo, mas são consumistas ao extremo, comprando muito mais do que necessitam.

O conceito do lowsumerism não é apenas consumir menos, mas consumir de forma consciente e equilibrada. O slow fashion é um movimento que se contrapõem ao fast fashion do mercado de moda atual. Bem resumido, é valorizar como e com que material as roupas são produzidas, consumindo também com consciência social.

Nem bem conheci e já gostei. Vamos combinar, né, esse processo atual de extrair, produzir e descartar precisa ter um limite. O meio ambiente não deve aguentar muito mais essa extração desordenada. Sem contar os problemas relacionados ao trabalho escravo.

Mas voltando às roupas repetidas, eu postei no Instagram uma série de fotos com celebridades usando a mesma roupa em ocasiões diferentes. Fala se é ou não é chique?

Anna Wintour
Susan Sarandon
Helen Mirren
Cate Blanchett
Rita Moreno
Michelle Obama
Kate Middleton
4 Comentários
  1. Muito bem!!! Também não vejo problema em repetir o modelito, principalmente se é bonito e estiloso. Remodelar também faz todo sentido. Parabéns aos looks da Kate Middleton e da Cate Blanchett. Elegantérrimas.

  2. Amei o post. Formei meu enteado há pouco e nao concebia a ideia de ter q fazer um vestido de festa q depois nao seria usado. Assim inspirada num look da Consuelo Blocker…que amooo.. essa dominique e sua estilista q entendeu perfeitamente a ideia fizeram uma roupa e acessorios lindos que serao usados em muitos momentos. Elegância e desperdício estao longe de serem sinônimos e reusar uma roupa que traz memórias de felicidade é inspirador.

  3. Amo quando isso acontece formei meu filho ha pouco e nao aceitava ter q fazer um vestido p ser usado somente naquela ocasiao, o q minha estilista entendeu perfeitamente, inspirada num look da Consuelo Blocker fizemos uma linda roupa com acessórios a qual será muito usada em outras ocasiões. Elegância e desperdício nao sao sinonomos ao contrario reusar aquela roupa que te lembra momentos de felicidade e alegria é inspirador.

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Ideias diferentonas para usar lenços! Pronta para arrasar no look?

Dominique - LençosSabe aquela gaveta cheia de lenços que você tem e quase nunca usa?
Lenços, tecidos, palas que você amarrava no quadril 20 anos atrás?

Vamos dar um uso diferente para eles?
Vou te mostrar um montão de ideias!

Mas primeiro vamos organizar:

1 – Separe os lenços por tamanho e forma, pequeno, médio, grande e gigante.

2 – Depois separe os estampados dos lisos.

3 – Tente, mais ou menos, organizar por grupos de cor.

4 – Não joga fora o lenço que estiver furadinho ou meio mal cuidado. Vamos dar um bom uso para ele. Você vai ver!

 

Lenços dando cara nova às nossas bolsas

Dominique - Lenços

Podemos usar os lenços como um acessório na bolsa e dar aquela incrementada no visual, sabe a melhor parte? Temos muitos jeitos de fazer isso! Um mais lindo que o outro, olha só:

Enrolado

Dominique - Lenços

Para fazer essa amarração lindíssima, você vai precisar de um lenço pequeno ou médio (depende do tamanho da alça da bolsa que você escolheu) da cor e estampa que preferir, uma bolsa com a alça curta e durinha. Aí é só ter um pouquinho habilidade manual.

Sim, só isso.

Faça um nó no começo da alça e enrole o lenço de forma que não apareça nem um pedacinho dela. Quando terminar faça outro nó para finalizar e manter o lenço no lugar e voilà!

Você tem uma bolsa com um detalhe supercharmoso e sabe a melhor parte? Você pode trocar o lenço sempre que quiser!

Amarrado

Dominique - Lenços

Você achou a outra amarração complicada?  Calma, você pode simplesmente amarrar o lenço na alça da sua bolsa!

Um lenço médio ou grande, amarrado displicentemente na alça da sua bolsa com as pontas, longas ou curtas penduradas, dá o maior charme.

Não gostou da ideia de ter uma ponta sobrando da sua bolsa? Fácil, pegue um lenço pequeno e faça um singelo laço na alça, vai ficar uma gracinha!

Assim como a outra amarração você pode trocar o lenço sempre que quiser! Use e abuse das cores, estampas e tamanhos.

Outras maneiras

Dominique - Lenços

Sabe qual é o lado bom dos lenços? Você pode adaptá-los para usar da maneira que quiser.

Transpassá-los, transformando o lenço na própria alça ou passar tipo fita pelos ilhoses.

Olha que charme essa bandana amarrada? Simples e deu cara nova para aquela bolsa tão antiguinha.

As possibilidades são muitas e você pode adaptar a bolsa que você tem em casa.

Viu que é bem simples, né? Não tem segredo! Mas caso precise de ajuda, o Google e o Pinterest sempre têm ótimas ideias!

Pulsos

Dominique - Lenços

Sabe aqueles lenços pequenos? Aquele que você achava que só dava para amarrar no pescoço ou no rabo de cavalo? Pois bem, eles servem para mais coisas.

Para amarrar no pulso, por exemplo! Ficam um charme, dá uma bossa completamente diferente e é bem simples de fazer, basta enrolá-lo no pulso e dar um nó por cima. Se não conseguir fazer sozinha, peça ajuda de quem estiver mais perto.

Com acessórios

Dominique - Lenços

Que tal inventar ainda mais? Experimente colocar broches, pulseira e presilhas, aquelas de cabelo mesmo, vão dar um toque diferente e você ainda vai ter um acessório único.

Aí vai da sua criatividade e da ocasião que você vai usar, combine, descobine e ouse! Vai ver como pode ser divertido.

Cintos e faixas 

Dominique - Lenços

Sim minha amiga, você pode usar um lenço como cinto ou faixa! Fica supercharmoso, com vestido, saia, calça jeans ou short. Pode quebrar aquele pretinho básico ou ser um acessório diferente para inovar no look.

O melhor é que você pode usar aquele lenço mais puído que não tem problema. Como ele vai estar enrolado, ninguém vai ver esses defeitinhos.

Cintos

Dominique - Lenços

Como eu já disse, você pode usar de diferentes maneiras e com lenços de tamanhos variados. Pode transpassá-lo nas alças do jeans como um cinto mesmo e dar um nó, se o lenço for maior deixe a ponta solta.

Agora, se o seu lenço for pequeno e não der para dar uma volta na sua cintura, não tem problema, amarre-o em uma alça só e deixe-o pendurado, fica um lindo acessório.

Laços

Dominique - Laços

Se escolher um lenço comprido e não estiver a fim de deixar as pontas soltas, dê um laço! Não tem problema se ficar um pouco tortinho, fica uma graça.

Sandálias

Dominique - Lenços

Que tal usar o lenço como acessório naquela sandália que você está enjoada de ver? Vai ficar parecendo nova e você pode usar um lenço diferente toda vez!

Use no tornozelo para amarrar  a sandália ou como um acessório para dar um toque a mais. Lembre-se de usar lenços pequenos para não deixar pontas muito longas soltas, não queremos acidentes certo?

Rasteirinhas

Dominique - Lenços

Use lenços também com rasteirinhas e aqui pode ser grande já que o bacana é enrolá-lo perna acima até a panturrilha e prendê-lo com um nó.

Se enjoar dela presa tão alto e só soltar e amarrar no tornozelo! Ótimo para usar na praia ou naquele dia mais quente.

Blusa

Dominique - Lenços

Até aqui está tudo muito fácil para as suas incríveis habilidades manuais e criatividade superaguçada? Então que tal essa ideia? Uma blusa feita com aquele lenço gigante com aquela estampa linda que você nunca sabe como usar.  Vou te ensinar como fazer essa blusa “bapho” com ele e superfresquinha para o verão.

Primeiro pegue duas pontas e amarre bem firme no meio das costas. Pegue as outras duas pontas soltas, cruze-as e amarre atrás do pescoço. Pronto! Sua blusa de lenço está pronta para arrasar neste verão. Pode ser um pouco complicada de fazer na primeira vez, mas é como diz o ditado: A prática leva a perfeição, então não desiste gata!

Customização

Dominique - Lenços

Quer ser radical e ousada? Que tal usar a tesoura e customizar uma camiseta que você tem aí?

Calma que não vai ser muito drástico, você só tem que fazer alguns cortes ao redor da gola o suficiente para entrelaçar um lenço e no final dar um laço. Mas aqui sim você precisa ter uma certa habilidade.

Não experimente essa brincadeira numa camiseta nova, muito menos naquela que você ama! Use como teste uma bem velhinha. Se não ficar bom, vira pano de chão.

Mas se der certo, vai ficar um arraso! Ah! Gata..Olha quanta diversão eu te arrumei!

E aí? Gostou das maneiras de usar lenços? Diz para mim se você tem alguma outra!

Leia Mais:

Pra quem escolhe a sua praia – Maiô, tankini , duas peças
Quais roupas ficam bem em uma Dominique?

8 Comentários

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Férias? Veja minhas dicas para ficar arrumadinha na praia

Dominique - Praia
É colega. Foi-se o tempo que a gente ia pra praia com Noskote no nariz, tomava sol, depois passava um Caladril nas costas, Neutrox no cabelo e saía de cara lavada pra rua paquerar com aquela saia curtiiiinhaaaa. Lembra? Ah! Foi-se o tempo…

Não dá mais, bela! Temos sim que dar um tapa no visual na praia. Não adianta reclamar!
A não ser que você realmente não ligue, seja imortal como Bruna Lombardi (você viu a foto dela de calcinha?) ou esteja numa praia deserta de verdade, deserta meeeesmooooo, só você e seus pensamentos, sem espelho inclusive.

Tá bom, tá bom. Estou exagerando.
Mas se nossa vida está mais complicada por um lado, por outro, sei que muitas coisas foram simplificadas.
Ir para praia hoje é muito mais simples e fácil do que quando éramos adolescentes.
E vamos combinar, estamos batendo um bolão. É só uma dica. Ou duas.

Conforto é importante. Importantíssimo. Eu, por exemplo, não consigo usar nada com cós ou zipper.
Nada que grude no meu corpo ou me aperte depois do banho.
Então abuso dos vestidinhos soltinhos de malha de enfiar pela cabeça.
Kaftans curtos e longos nos favorecem pra burro. Não marcam nada e, por vezes, até emagrecem.

Tudo roupa gostosinha, fresquinha e soltinha. Só cuidado com as roupas de linho e de algodão.
Apesar de frescas, elas armam e podem nos fazer parecer um balão de festa junina.
Eu, pelo menos, me sinto assim.

Mas aí vem o capítulo sutiã.
Afff, aperta tudo. Sem falar aqueles com aros.
Bom, nessas lojas de meia, tipo Lupo, Hope, etc, tem uns sutiãs supermacios que vestimos também pela cabeça, sem fecho, sem costura e sem aro.
Não apertam nada. Incomodam zero.
Também não sustentam lá grande coisa.

Vamos falar de cabelo?
Ah! Agora vai longe. Não sei o seu, mas o meu é só descer a serra que o danado parece que fermenta.
Cresce, se avoluma, encrespa.

Ok. Pode até ser bem bacana.
Mas e quando ele arrepia e espeta????
Parece uma vassoura de piaçava.

Solução? Claro que tem e passa longe do secador e da chapinha, né colega? Tá louca? Isso seria tortura chinesa!

Dominique - Praia

Vamos lá. Rabo de cavalo. Ou qualquer forma de cabelo preso.
Você estará queimada, linda!!!!
Passe um gel para ele não secar e ficar com a frentinha arrepiada. É tudo de bom.

Na verdade, quando faço rabo de cavalo, gosto de amarrar um lencinho, para dar volume perto do pescoço, sabe como é? (Veja ao lado).

Odeio a sensação de ter uma cabecinha lá em cima balançando. O volume do cabelo me faz muita falta.

Outra jeito de controlar a juba é com produto bom e com uma tiara ou faixa.
Com o cabelo ainda molhado, coloque uma tiara ou uma faixa esticando a maledeta da frentinha.
Aí, passe aqueles produtos caríssimos nas pontas e amasse.
Eles prometem tirar o tal do frizz e deixar os cachos bonitos.
Quando o cabelo estiver seco, tire a tiara. Vai cair bacaninha.
Mas vai continuar com cara de juba, tá?

Maquiagem é importante. Mas de noite use muito, muito, muito pouco. Vou repetir, muito pouco.

Tá bom. Eu sei…
De manhã acordamos com os cabelos completamente descontrolados, a cara amassada e eu pessoalmente evito o espelho.
Mas por que você acha que inventaram os óculos escuros?
Queridaaaaaa, é justamente para estas horas. Coloque e só tire às 20h00. Com sol ou chuva.

Sapatos. Adoooooooroooo andar descalça. Eu costumo tirar o sapato na hora que chego na praia e só volto a calçá-lo quando desço do meu carro em São Paulo. Demoro uns 3 dias para conseguir calçar algo que não não seja aberto atrás.

Mas gente, o importante mesmo é aproveitar, andar na areia, entrar no mar, tomar sol e ser feliz.

Sem neuras e sem nóias.

Não sei você, mas eu sou mais feliz na praia, de qualquer jeito. Aproveite!

Leia mais:

Natal mais divertido de toda minha vida – Graças ao Papai Noel!
Quem disse que roupa tem que ser branca no Reveillon?

Eliane Cury Nahas
Eliane Cury Nahas

Economista, trabalha com tecnologia digital desde 2001. Descobriu o gosto pela escrita quando se viu Dominique. Na verdade Dominique obrigou Eliane a escrever. Hoje ela não sabe se a economista conseguirá ter minutos de sossego sem a contadora de histórias a atormentá-la.

8 Comentários
  1. Me identifiquei muito!!!! Cabelo estilo juba, domesticado com faixa, chapéu, presilha.
    Cara amassada disfarçada com mega óculos de sol – no melhor estilo celebridade – mas com um bom rímel à prova d’água pra dar uma levantada. Vestidos soltos, ok.
    Só não combino com sutiã sem fecho, sem aro e sem bojo… mas isso não me incomoda!

    Bjs

  2. Adorei suas dicas,fiquei mais tranquila de também preferir vestidos soltinho
    Ufa ..nao estou sozinha!!

  3. Meu JEITINHO de curtir uma Praia.
    Tenho a sorte de morar a uma quadra do mar.Fica tudo mais fácil.
    Menos é mais.Valeu a dica.Feliz Ano Novo.bjs.

  4. Gostei você é muito realista nos comentários sem falar que é uma pessoa extrovertida e feliz parabéns

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Adorei a cor de 2019. Sabe qual é?

Você sabia que existe uma cor para cada ano? Sim! A empresa Pantone, que organiza o sistema de cor para todo mundo, elege a tonalidade tendência para o próxima ano. Sabe qual é a de 2019? Living Coral, que é um tom de pêssego misturado com um toque de dourado. Já tinha observado por aí e adorei.

A escolha influencia diretamente diversas indústrias, como moda, beleza e decoração. Se você está curiosa pra saber a cor do ano de 2018 aqui está: ultra violeta, um tom mais forte de roxo. O turquesa, a minha cor preferida, já foi a escolhida do ano de 2010.

Eu amo cores, o colorido. Como Carl Jung disse: “As cores são a língua nativa do subconsciente”. Concordo. Elas vão muito além do simples colorido, trazem novas sensações e até influenciam no nosso dia a dia. A publicidade sabe usar muito bem isso: abusa de vermelho, para estimular, ou do azul, para dar tranquilidade.

Adorei a escolha do Living Coral por alguns motivos. O primeiro deles é que esse tom combina perfeitamente com o turquesa. Mas eu acho que foi o toque de alegria que me fez gostar ainda mais dessa cor. Não sei vocês, mas achei 2018 um pouco pesado. Problemas, brigas, angústias. A gente precisa desse deleite.

Tentei buscar o significado do Coral, mas não achei. O mais próximo refere-se à cor Laranja, que além de ser estimulante, pode remeter ao movimento, espontaneidade, tolerância e gentileza. Acho que atende a minha expectativa para 2019.

Para inspirar, fiz uma seleção de roupas, acessórios, objetos de decoração e móveis para inspirar.

Living Coral – a cor de 2019

É um tom chique e leve ao mesmo tempo. E o up que esse tom dá no visual. 

O Coral também fica incrível em apenas um acessório. Combina com roupas claras ou escuras. Gostou?

É uma cor que dá vida até para os looks mais simples. Olha como ficou?

Pra quem quiser ousar na decoração, escolher o Coral em uma almofada pode dar uma alegria a mais no ambiente. O que acha?

Ok, ok. Essa ideia é para as mais ousadas. Mas se você estiver no mood de transformar o seu ambiente aqui está uma cor incrível para usar na parede. 

Se você não quiser ousar muito, como pintar paredes, mudar as cortinas dão um novo up para a decoração da sua casa. Gostou?

Outra ideia é usar o Coral apenas nos acessórios. Fala se não dá uma vida a decoração de uma mesa? Adorei. 

Quer outras ideias de decoração? Renove os seus móveis

1 Comentário
  1. Sempre gostei dessa cor, estando na moda ou não, assim como o turquesa! Que lindo será o ano de 2019!

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Boné ou chapéu? Sabendo usar podem ser charmosos e estilosos

Eu até gosto de boné!  Pode ser fashion sim, quem disse que não? Fica despojado, quebra a seriedade e dá um tom moderno ao visual. Agora, nada contra os chapelões sofisticados que dão aquele charme sem deixar de proteger a gente dos verões cada vez mais escaldantes.

Sempre relaciono o calor ao inferno. Tem gente que acha um castigo essa coisa de ficar bronzeada e com marquinhas. Ok, respeito. Eu amooooo. Adorooooo. Mas não quer dizer que deva.

Tenho amigas que passam protetor solar no pé dentro de casa para não ter o biquininho do chinelo de dedo. E na praia, se pintar marca, mandam ver na base mesmo! Eu jamais faria isso. Simplesmente não é da minha índole kkkk. O sol me alimenta e me faz bem pra alma.

Mas também não sou louca, né? O rosto pelo menos eu protejo. E um boné ou um chapéu mega estilosos me dão o incentivo necessário.

Olha só algumas  dicas e modelos que podem compor aquele look bacana em diversas ocasiões e momentos do dia.  E vamos combinar que podem se tornar uma opção estilosa ou excêntrica até na cidade para proteger do sol que não dá tréguas?

Boné tipo viseira.

Eu gosto inclusive dos modelos com cara esportiva, mas existem versões sofisticadas com aplicação de pedrarias ou feitas de materiais inusitados como tressê. Mas este aqui é feito com tecido UV, ou seja, uma mega proteção contra raios ultra violetas. Existe uma loja que só  vende produtos deste material. É A UV LINE.

 

Floppy

Com formato arredondado e abas largas e moles, o chapéu floppy é feito a partir de uma única tira de tecido plano e grosso. Pode ou não ter uma faixinha ao redor da circunferência. O modelo vai bem com produções boho e também com looks monocromáticos.

 

Summer Hat

Mais comum nas praias, o chapéu de verão é feito quase que preferencialmente de palha, tem recortes que deixam a cabeça respirar e abas largas. Pode ser trazido para a cidade com um vestido estampado, por exemplo. Os coloridos estão super em alta!

Fedora

Clássico, com a aba mais curta. Prefira as cores mais neutras como cinza, cáqui, preto e branco. Só evite os de feltro, que esquentam demais. Fica super chique com looks masculinos e de salto alto.

Panamá

O clássico chapéu bege com faixinha preta: não tem erro. Para um look mais moderno, escolha modelos texturizados e combine com macaquinhos ou short jeans, camiseta e botinhas curtas.

Gostou? E aí, qual vai se tornar seu queridinho do verão?

 

Veja também:

Como ficar arrumadinha na praia

Seja a primeira a comentar

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.