Faça você mesma

Este presente tem um valor inestimável! O cartão de Natal

Que tal retomar a tradição de enviar cartão de Natal? Pensei muito sobre isso esta semana, até escrevi um post aqui. Não… não estou falando de enviar cartões pela internet ou WhatsApp. Mas mandar uma mensagem num cartão de papel e enviá-lo pelos correios aos amigos e parentes.

Não é apenas pela tradição, não! Mas, sim, pelo valor de se lembrar de alguém importante para você independe do VALOR financeiro do presente. Em tempos de automatização, saber que a pessoa dedicou um tempo para nos dar algo não tem preço.

Alem disso, também não é possível comprar um presente para todos aqueles que gostamos. Eu gosto de dar uma lembrancinha para muitas pessoas queridas e, por vezes, fico constrangida em dar algo simples.

Eu sempre tento me lembrar o que recebi de cada uma delas para tentar comprar algo no “mesmo nível”. E sempre com aquela dúvida: será que vão reparar que é mais simples? A Inês Godinho fez as contas neste texto aqui de quanto custaria comprar presentes pra todo mundo da lista.

É por isso que eu acredito no valor inestimável de alguns presentes. E, no meu caso, é fazer um cartão especial para cada pessoa querida. Eu adoro dedicar um tempo para cada um, produzindo o cartão e escrevendo mensagens personalizadas. É apenas uma lembrança… mas feito com o maior carinho.

Hoje eu vou mostrar como produzi dois cartões… ou seja, do zero! Eu comprei parte do material assim como reaproveite algumas coisas que já tinha em casa. Utilizei como base o tamanho de envelope comercial, isto é, com 11×16 centímetros.

Cartão de Natal pop up de presentes

Testei a versão mais simples. Os presentes “saltam” pra fora. Usei folhas de papel colorido com gramatura 180 gramas. Tem em qualquer papelaria. Usei também decorados, dá até para reaproveitar papel de embalagem. Decorei com fitas coloridas.

Dominique - cartão de Natal
Dominique - cartão de Natal
Dominique - cartão de Natal
Dominique - cartão de Natal

E mais:

Cartão de Natal árvore de feltro

A decoração é super fácil de fazer. Usei retalhos de feltro mais fitas e, ainda, alguns botões pequenos. Pra fazer a árvore cortei dois triângulos. Porém colei um e alinhavei por cima o outro  para esconder a marca da cola. Colei também os botões.

Dominique - cartão de Natal
Dominique - cartão de Natal
Dominique - cartão de Natal
Dominique - cartão de Natal
Dominique - cartão de Natal

Cartões prontos

Veja como ficaram os meus cartões prontos pois não foi difícil e ainda me diverti muito. Mas imagine se as crianças resolverem ajudar? Pronto, o Natal já começou.

Dominique - cartão de Natal

Se tem alguma ideia para cartão de Natal mande para mim, que eu mostro aqui mas melhor ainda, me conte o que você escreveu dentro deles!!

Conheça meu Pinterest, e minha pasta de presentes criativos.

Outros posts sobre Natal

Guirlandas diferentes e criativas

8 ideias para festa de final de ano

Seja a primeira a comentar

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Árvores de Natal Criativas e Bem Diferentes

Sim, sim sim… Ele chegou. Dezembro começou e o Natal já está na nossa fuça.

Você que me acompanha há algum tempo já estava esperando eu começar a reclamar, né?

Mas deixa eu explicar para as Dominiques que estão chegando… Queridas, eu não sou muito fã dessa época do ano. Reclamo pra caramba. Já escrevi váárioooos textos a respeito. (vou colocar os links no final desse texto, tá?)

Mas no final acabo sempre encarando, até porque não dá para pular as festas de final de ano e já ir pra janeiro.

Então meninassss, vamos lá… Coloquei até uma playlist de músicas Natalinas para ver se me inspiro (kkkk).

E essa coisa da árvore de Natal?

Entrou dezembro e na minha casa (e provavelmente na sua) é hora de montar a árvore. Preguiçaaaaaaa. Ahhh gente, esse ano não, vai…

Então hoje cedo falei para os meus filhos (adultos) que não montaria árvore. Parecia que eu tinha dito que ia matar o Papai Noel. Eles urraram. Disseram que eu não podia fazer isso com eles, etc… etc… etc… Adultos…

Pois é… me ajudar que é bom nenhum deles podia. Então falei que esse ano iria inovar. Pra eles tanto faz, contanto que tenhamos árvore e eles não tenham que fazer nadica.

Então por que não me divertir um pouco? Comecei a procurar ideias de árvores diferentes. Olha só cada uma que achei.

Árvore de Natal de fotografias

Olha que legal essa árvore feita de retratos grudados na parede, com luzinhas piscando entre as imagens! Essa deve ser fácil de fazer. Sem dúvida, será uma diversão a parte de procurar as fotos.

Árvore de quina

Ahhhh, para essa aqui, você vai precisar ter uma quina na sua sala. Mas bico também, hein? E olha só o efeito…

Árvore Escada

Ameiiiii essa… Muito charmosa. Aproveitar o triângulo a escada faz e enfeitá-la. Mas será preciso caprichar bastante. Senão, é capaz de ficar bem mambembe, sabe como é?

Árvore Bolas

Ok… Ok… Essa sugestão não é de fato uma árvore de Natal. Aliás isso não é nada de Natal. Mas achei festivo.

Árvore de presentes

Agora comecei a complicar um ‘cadinho, né? Ah, achou que ia ser fácil? Mas muito fofa e lindinha, fala verdade?

Árvore de Cestos na Parede

Agora caprichei né? Se alguma de vocês fizer, por favorrr me ensina? Tira foto? Faz o passo a passo? Muito legal. Mas para minhas habilidades, simplesmente impossível.

ÁRVORE ÉBRIA

Essa aqui deveria ser uma árvore pós Natal… Com todas as garrafas dos happy hours, festas de final de ano e do próprio Natal. Só pra pesar a consciência. Ou não…

Árvores de ripas de madeira

Esses dias uma Dominique postou sua árvore de Natal feita com ripas de madeira no nosso grupo e eu amei! Simples e ainda reaproveita material. Adorei!

E aí? Inspirou-se? Teve alguma idéia diferente? Manda pra mim.. Manda vai?

Vou adorar receber a foto de uma ideia ou de sua árvore, mesmo se ela for aquela linda arvore artificial branca com bolas vermelhas. Tanto faz.

Manda aqui, ou pro meu e-mail : dominiquehip@gmail.com ou pro meu Instagram : @dominiquehip

E aqui os links que prometi :

Será que todo mundo gosta de Natal

Vamos comemorar o final do ano? Ano que vem.

Avatar
Dominique

Nasceu em 1964. Ela tem 55 anos, mas em alguns posts terá 50, 56, 48, 45. Sabe porque? Por que Dominique representa toda uma geração de mulheres. Ela existe para dar vida e voz às experiências, alegrias, dores, e desejos de quem até pouco tempo atrás era invisível. Mas NÓS estamos aqui e temos muito o que compartilhar. Acompanhe!

3 Comentários
  1. A minha filha ganhou uma árvore de Natal para quem tem gato.
    Eu e a Frida (a minha neta gata) amamos. 🙂
    Pena que não dá mais pra ela bagunçar tudo e terminar emaranhada com os enfeites no chão, rsrs. .-.

  2. Bom domingo…

    Acho que só muda o endereço né, pq aqui tbem, todo mundo ( adultos) ficaram bravos qdo disse
    que não iria montar árvore de Natal.
    Pra que?? Quase fui expulsa da mesa… bom vamos lá tirar tudo da caixa, ver se está em ordem e mais uma vez montei, mas esse ano tive a ajuda do Pedrinho meu neto de 5 anos, que no meio da árvore já me disse” nossa vovó isso cansa né”…
    Mas terminei claro, enfim suas ideias de árvores são ótimas , mas fiquei na tradicional mesmo, quem sabe o Papai Noel reconheça meu trabalho e
    Me traga um presentão de Natal!
    Feliz Natal a todas Dominiques!

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Brinquedos e brincadeiras para fazer com as crianças

Como tirar as crianças da frente do computador, videogame ou televisão. Esse é o desafio de 10 entre 10 pais ou avós. Nas grandes cidades é ainda mais difícil. Brincar na rua muitas vezes não é uma opção e o jeito é ficar dentro de casa. Quem sabe um pouco de imaginação e materiais coloridos não mudam um pouco essa rotina?

Uma sugestão que pode agradar crianças de várias idades é construir os brinquedos. Usar do Faça Você Mesmo para criar brincadeiras novas. Além de ser uma atividade divertida, ela pode aproximar a criança dos pais/mães e avôs/avós. Quer coisa mais gostosa que ficar conversando por algum tempo com seus filhos(as) ou netos(as)!

Bom… mas o primeiro desafio é convencer o pequeno a sair da frente da televisão ou do computador. A saída é encontrar algo que já agrade ou seja estimulante e intrigante. Sair para comprar o material pode ser outra diversão. Deixe a criança escolher cores e texturas. Depois é só criar.

Para inspirar as Dominiques, selecionei 10 projetos de Faça Você Mesmo fáceis de fazer. Alguns deles requer uma habilidade extra, como costura. Mas não é necessário saber usar a máquina de costura. Você pode fazer à mão mesmo. Outras ideias você pode reaproveitar materiais.

Projetos DIY para a criançada:

Brincadeiras antigas são uma delícia e agradam a todas as idades. Você pode usar tecido e formas simples para montar um jogo de memória. Usando a mesma ideia, é possível fazer também jogo da velha

Você pode fazer um livro de atividades em tecido ou em papel. Um livro educativo estimula, alem de ser bastante divertido. 

Com um caixa de papelão e algumas figuras recortadas você pode criar um teatro de sombras. Depois, é só adicionar a luz de um abajur e a brincadeira começa. Dá para contar muitas histórias com esse teatrinho. 

Bichinhos de pano agradam meninos e meninas. O processo da escolha das cores e tecidos é muito divertido. 

Quem gosta de desenhar e pintar, adora levar os materiais por aí. Que tal fazer um porta lápis e papel? Além disso, protege e organiza os materiais. 

Caixas de papelão podem ser reaproveitadas para criar casinhas coloridas. Depois, é só decorar com papéis coloridos e tecidos. Você também pode criar os móveis em papelão. 

Quem adorava brincar com bonecas de papel? Vocês podem criar uma variedade de roupinhas usando papel colorido ou pintando com lápis de cor. 

Outro projeto de reciclagem. Você pode reaproveitar caixas de papelão para criar uma mesa de futebol. Prendedores de roupa funcionam como jogadores de futebol. É bem divertido. 

As meninas amam uma coroa de princesa. É simples para fazer de feltro e você pode decorar adicionando muito brilho. 

Fantoches de dedo são divertidos para contar histórias diferentes. 

E aí? Escolheu o projeto de férias? Conta aqui pra gente. 

Mais sobre Artesanato

Aprenda a fazer um Amigurumi em crochê

3 Comentários
  1. Adorei todas as ideias.
    Fico sempre a procura de coisas novas pra fazer com a minha neta, ela adora criar roupas novas para as suas bonecas, então eu dei a ela uma caixa com recortes de tecido,cola e muitos aviamentos, botões de vários tamanhos, cores e formas e me surpreendi quando ela me mostrou um fone de ouvido que ela havia feito com botões, faz cada roupa, parece uma estilista.
    Gostaria de ter o molde das bonecas e roupinhas de papel.

  2. Adorei as ideias neu filho trabalha com pedagogia Waldorf gostaria de fazer as bonecas com roupinhad quero mais dicas

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Refashion ou como dar vida nova para roupas velhas!

Estes dias eu tirei do armário um vestido incrível, que tenho há mais de 20 anos. A estampa floral, além de linda, ainda é super atual. O tecido está perfeito (pasme!). É uma seda pura como há muitos anos eu não encontro em roupas por aí. Daí eu resolvi experimentar…. meu Deus! Como eu comprei um modelo assim? Não gostei de absolutamente nada!

Eu imagino que você já passou por isso também. Eu guardei muitas roupas só porque tem um tecido nobre ou são de uma marca muito conhecida. Bastou passar a estação de quando eu comprei que eu nunca mais usei a tal “roupa incrível”. Com exceção de alguns vestidos de casamento ou casacos de inverno, tudo ficou só ocupando espaço. 

Conversava com uma amiga sobre as semanas de moda, quando contei a história para ela. Já que agora temos um revival dos anos 80, perguntei se eu não poderia tirar do guarda-roupas umas roupas (não tão) novas? Gente… escavaram muito para relançar as pochetes! E as atuais fashionistas não calculam o impacto na auto-estima (no futuro) ao rever fotos usando calça baggy. 

Ficamos horas relembrando as roupas mais cafonas que já usamos. E aí ela me contou sobre alguns blogs que já segue que divulgam o conceito do Refashion. Eu já tinha falado aqui sobre repetir roupas e o upcycling, que é a reutilização criativa de materiais para transformá-los em algo novo e melhor. 

Refashion é uma forma de reciclagem para o melhor. Mas além de dar um novo valor, o Refashion ajuda a atualizar as roupas para o estilo atual e, assim, voltar a usá-las. Eu já tinha feito pequenas adaptações em peças para aproveitá-las mais tempo. Mas nunca tinha transformado completamente uma roupa em algo novo. 

Como fazer o Refashion?

Hoje em dia, uma dos principais desafios do refashion pode ser costurar. Fazer uma peça numa costureira pode custar bem caro. Isso quando não reclamam de ter de desmanchar uma parte da roupa para fazer uma costura. Saber costurar e usar uma máquina pode ajudar bastante. 

Para fazer projetos de Refashion você não precisa necessariamente saber costurar. Encontrei algumas ideias lindas de customização de camisetas ou calças, e que você só precisa de tesoura, linha e agulha. Pode, até, dar um toque extra adicionando pedrarias. 

Hoje eu selecionei os posts em que roupas foram totalmente modificadas. Algumas peças ficaram lindas. Dá só uma olhada. 

Vestido em casaco

Passo a passo para fazer a peça!

Vestido floral Rosa

Passo a passo para fazer a peça!

Saia azul

Passo a passo para fazer a peça!

Vestido jeans

Passo a passo para fazer esta peça!

Vestido super colorido

Passo a passo para fazer esta peça!

Vestido cinza e vermelho

Passo a passo para fazer esta peça!

Trench coat

Veja o passo a passo para fazer esta peça!

Outras ideias!

Mais sobre consumo consciente

Repetir roupas, upcycling e lowsumerism

2 Comentários
  1. eu amo transformar roupas, antigas em algo que se está usando, é fica muito bom, como cara de loja. obrigado, amei a matéria.

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Eu quero menos check-ups e muito mais check-ins!

Pronto. Está decidido. Quero fazer menos check-ups e mais check-ins! É isso mesmo. Acabei de renovar o meu passaporte e estou disposta a me organizar para rodar mundo afora. E sabe que não é preciso gastar tanto dinheiro assim para se divertir numa viagem?

Te digo que o planejamento é tudo!  Tem muita Dominique viajando e conhecendo lugares incríveis e so-zi-nhas! Além disso, compartilham moradia e conhecem pessoas… Nada da frieza dos elevadores dos hotéis.

Então, por que não?

Vamos combinar que a companhia de uma amiga pode ser fantástica, mas também pode se tornar um desastre dependendo do humor de ambas. E se estiver sem namorado, melhor ainda…

As possibilidades de encontrar alguém nessa jornada são enormes!

No começo é natural ficar receosa sim! Afinal, eu sou do tempo em que mulher viajar sozinha seria inviável…Mas nada mais natural que acompanhar as mudanças do mundo.

É o caso dos Nômades Seniores, cuja aventura rendeu até livro.  

Pra ter mais tranquilidade resolvi pesquisar bem direitinho as aventuras mais em conta e como viabilizar essa viagem solitária. E achei muita coisa legal, inclusive gente que faz da diversão um projeto.

Como escrevem Debbie e Michael Campbell no site, eles são de Seatlle, Washington, uma ótima cidade pra se chamar de lar. Mas que ficou pequena demais pros sonhos desse casal quando estavam à beira da aposentadoria.

“Sentimos que tínhamos mais uma aventura em nós , então em julho de 2013 alugamos nossa casa”.

Eles também venderam o veleiro e um dos carros para reduzir as coisas e as despesas. Então deram adeus à família e partiram para explorar o mundo.  O objetivo era viver o cotidiano nos lares de outras pessoas, da mesma forma que fariam se tivessem se aposentado em Seattle. “Até agora a experiência tem sido tudo que esperávamos”.

Os números falam por si. Desde que partiram, utilizaram mais de 200 vezes os serviços do Airbnb visitaram mais de 250 cidades em 80 países, incluindo toda a Europa, Turquia, Israel, Rússia, México, África, Cuba, Oriente Médio, Ásia Central, Nova Zelândia, Austrália e Ásia. O resultado foi a venda da casa em Seattle para se tornarem verdadeiramente nômades.

Veja o que fazem os Tiozinhos Mochileiros. Julio e Rosi voltaram a viajar com a mochila nas costas depois que os filhos cresceram, como quando eram jovens sem preconceitos. E os filmes, como esse aqui embaixo, são exibidos em um canal no Canadá.

Pra não dizer que são só os gringos que têm coragem. Li outro dia a história da aposentada Josefa Feitosa, de Fortaleza (CE), que se “autocondenou à liberdade”, como ela mesmo diz.

Já visitou cerca de 40 países.

E diz que só volta ao Brasil para renovar o passaporte.  Divorciada, mãe de três filhos e avó de um neto, resolveu se desfazer de casa, móveis e roupas. Tudo o que tem agora cabe dentro de uma bagagem.

Assim como mantém um diário de viagem no Facebook , batizada Jô: minha casa é onde minha mala está, a aposentada também registra a vida em cadernos, desde os anos 1980. No roteiro, experiências em Auroville, a cidade onde se vive sem dinheiro na Índia, na noite de Amsterdã, nas praias de Zanzibar e no leito do rio Nilo, no Egito.

Ok! Tudo bem. Eu concordo que os casos acima são um pouco radicais, mas dá pra conciliar as viagens e manter a rotina do lar. Eu penso que uma temporada viajando e outra em casa pode ser uma boa alternativa.

E, olha, depois de tudo que li, cheguei a conclusão que viajar não é apenas rejuvenescedor; também pode ser intelectualmente estimulante. Eu, ao menos, sou naturalmente propensa às novas experiências e aventuras. É uma oportunidade para mudar as coisas da monótona rotina do dia-a-dia.

E você? Se aventuraria?

Seja a primeira a comentar

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.