Destaque

Marron-Glacê – A Receita da minha avó

Tenho pensado muito na vovó. Lembrado de nossas histórias. Outro dia estava escrevendo sobre a lenda de São Martinho e sua relação com castanhas portuguesas, e adivinha? Lembrei de quando minha avó fazia em casa Marron-glacê para o ano todo na época de natal.

Marron-Glace
Receita de Marron-Glacê de minha avó. Escrita por ela em seu sagrado e organizado caderninho.

Minhas amigas Dominiques gostaram do texto e das receitas. Mas algumas, para minha surpresa, pediram a receita da vovó.

Fui procurar e achei. Com a letrinha dela, com as observações, e até o desenho de como amarrar as castanhas na gaze. 

Colega, essa época já é punk. Imagina esse reencontro com o caderno da vovó? Nossa, como me lembro dele. Na verdade deles. Ficavam todos em uma gaveta, embaixo da bancada de trabalho na cozinha. Os de capa azul eram os para receitas salgadas. Os verdes para doces. Ou vice-versa. 

Acho que já contei que quando era pequena, dormia todos ou quase todos os finais de semana com ela. E domingo de manhã, preparávamos o almoço da família. Quer dizer, eu com 4,5,6,7,8 anos era sua “auxiliar”. Tinha um banquinho de madeira em que subia para alcançar a bancada. E lá, do alto do meu banquinho, recebia minhas tarefas. E a primeira delas sempre era pegar o caderno.  

  • Ayouni, pega o caderno azul.  Hoje vamos fazer Salpicão que seu tio adora.    E lá ia a vovó fazer a maionese em casa!!! Sério!! 
Que delícia está sendo lembrar desses momentos. Mas bem, vamos ao Marrom Glacé.

Menina.. Jura que você quer fazer em casa??? Você tem ideia do trabalho? Quando achei a receita, comecei a ler. Reli porque achei que não tinha entendido. Mas não. É isso mesmo. São diaaaaaassssss….

Há 50 anos até entendo ela fazer. Hoje só pode ser em amor a castanha ou ao fogão né?

Mas você pediu e aqui está. 

Receita de Marron-Glacê da vovó Helena

Ingredientes:

  • 6 Kg de castanhas (yesssss…ela fazia para dar de presente e para ter de estoque em casa durante o ano)
  • 6 kg de açúcar (quem disse que era light?)
  • Lascas de erva doce
  • 2 Limões cortados em 4 – um para cada caldeirão – (isso, você leu certo. caldeirão)
  • Duas favas de baunilha
  • Rolos de gaze e barbante

Modo de fazer:

Descascam-se as castanhas que devem ser grandes e frescas.

Num caldeirão colocar água para ferver com um pedaço de limão. Mergulhar as castanhas na agua fervente de 6 em 6 para não deixar a agua esfriar e conseguir controlar esse rápido cozimento. (é minha linda, O trabalho só começou. De 6 em seis!!!!

Em seguida, ainda quentes, tirar com delicadeza a pele das castanhas.

Depois de todas já sem pele, embrulhamos em gaze duas a duas. 

Colocar os pacotinhos nos caldeirões e cobrir com água já fervendo. Deixar cozinhando no fogo baixo por 2 horas. 

  • Dia 1. Assim que completar o tempo indicado acrescentar o açúcar, e cozinhar por mais 90 minutos. Nos primeiros 20 minutos  fogo forte e depois fogo baixo. Sempre fervendo. Neste momento juntar as favas e lascas de baunilha que também deverão estar num saquinho de gaze. Completados os 90 minutos desligar o fogo, tampar a panela e deixar descansar por 12 horas.
  • Dia 2. Após 12 horas de descanso, cozinhar por mais 90 minutos. No começo fogo alto e depois baixo, mas sempre fervendo. Completados os 90 minutos desligar o fogo, tampar a panela e deixar descansar por 12 horas.
  • Dia 3. Gataaaaa….Vai repetir o procedimento de novo. Sério. Após 12 horas de descanso, cozinhar por mais 90 minutos. No começo fogo alto e depois baixo, mas sempre fervendo. Completados os 90 minutos desligar o fogo. 
Deixe esfriar. Tire a gaze com muiiiito cuidado para não quebrar as castanhas. Essa é uma operação realmente delicada.

Aí é só colocar em potes esterilizados. Você sabe esterilizar potes? Ahhhha vovó sabia. Tá na receita. 

Mas sabe o que eu acho? Você não precisa fazer 6 kgs . Faz um kg só. E come no dia, ou no dia seguinte. E depois se der certo, faz mais um kg. Porque fazer o próprio Marron-glacê é mesmo um luxo!!

Eu infelizmente, não tenho a habilidade necessária. E apesar de ter sido “assistente”da vovó fui uma péssima aluna. Se por acaso você experimentar a receita, me conta como ficou? Vai me fazer tão feliz….


Você conhece a história do Marron-glacê? Veja aqui

Dica da Dominique:  se você ama Marron-Glacê e não está afim de ter essa  trabalheira, a Dora, minha amiga faz o melhor Marron (para os íntimos) que já comi. Vou pedir para ela deixar o e-mail dela nos comentários. 

Marron-Glacê
Dominique

Nasceu em 1964. Ela tem 52 anos, mas em alguns posts terá 50, 56, 48, 45. Sabe porque? Por que Dominique representa toda uma geração de mulheres. Ela existe para dar vida e voz às experiências, alegrias, dores, e desejos de quem até pouco tempo atrás era invisível. Mas NÓS estamos aqui e temos muito o que compartilhar. Acompanhe!

1 Comentário
  1. Yaouni Eliane , essa é mesma receita que fazemos a 40 anos !! Sempre com a supervisão de minha mâe, que aprendeu com minha avó que era muito amiga da sua avó D Helena
    D Helena sempre me foi muito especial, mulher de fibra e de um capricho ímpar
    Deixo aqui meu contato para as Dominique’s 99185 2144 ❤️❤️❤️❤️

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Maria Callas – Em Suas Próprias Palavras

Hoje não posso deixar de indicar o filme, Maria Callas – Em Suas Próprias Palavras, que teve sua estréia semana passada nos cinemas, filme lindo, emocionante, e obrigatório. 

Maria Callas nasceu em 1923 na cidade de New York, numa família de imigrantes gregos. Incentivada pela mãe a desenvolver os talentos artísticos desde cedo Callas foi logo reconhecida internacionalmente. Foi considerada a maior celebridade da ópera do século XX e a maior cantora de todos os tempos.

Dirigido pelo estreante Tom Volf, o documentário Maria by Callas (título original) já inicia com uma fala maravilhosa da cantora.

– Cantar é uma tentativa de subir aos céus.

A vida de Maria Callas foi cercada de polêmicas, amores, frustrações, cobranças do público e da crítica. A maneira encontrada pelo documentário para abordar isso foi montar o filme todo por meio das palavras da própria Callas.  Aliás, como revela o título em português.

O filme de Tom Volf tem qualidades intrínsecas. Quando não ouvimos a própria Callas, a atriz Fanny Ardant, que já fez o papel da cantora num filme dirigido por Franco Zefirelli, ou a também cantora lírica da atualidade, Joyce DiDonato, leem trechos de correspondência íntima de Maria (bem mais do que de “LaCallas”) para pessoas amigas. Às vezes tão famosas como ela como Grace Kelly. Outras vezes para pessoas amigas fora do circuito público do high society da época.

O conflito entre a vida artística tão exigente e a vida pessoal e familiar que não se realizaram nunca em plenitude é o que está na base da abordagem do filme. Maria tem que levar Callas para sempre. Compromete  sua intimidade e suas pretensões a uma vida simples e comum. A celebridade engole a pessoa.

Situações de estresse, de uma grande depressão, entre outros fatos íntimos que acometeram sua carreira, são muito bem ilustrados no documentário. O longa enfoca a personalidade de Callas e sua maneira de pensar sobre a vida.

A partir de entrevistas, do vasto e belíssimo material de arquivo, das filmagens pessoais e cartas íntimas, a vida e a carreira de Maria Callas são reconstituídas.

Além de excepcional cantora, Maria Callas também boa atriz. Condição esta, indispensável para o seu retumbante êxito na ópera. Trabalhou para ninguém menos que Pier Paolo Pasolini em Medeia, por exemplo. Mas a difusão do canto lírico para diversas gerações – venceu tudo. Já próxima da precoce morte, aos 53 anos, Callas buscava, mais uma vez, retornar aos palcos, lugar onde se sentia em casa.

Callas, se naturaliza grega por conta de seu envolvimento amoroso com Aristoteles Onassis. Apesar de provocar grande decepção e frustração, acabou resistindo, como forte amizade até a morte dele. Segundo o que se vê no filme o papel Maria Callas na vida de Onassis foi muito mais forte do que o de Jacqueline Kennedy. E o de Onassis para Callas, total e arrasador.

O filme de Tom Volf emociona, ao resgatar essa bela história, e ao nos apresentar maravilhosas performances musicais da grande diva.

A arte e a beleza são fascinantes para quem desenvolve a sensibilidade para apreciá-las.

Imperdível!

Aqui fica a dica.

Trailer:

1 Comentário
  1. Elzinha, o documentário é exemplar! A vida da diva qdo começa a decair ele põe una música sem voz… etc. As falas dela são qse tdas inéditas. Ma ra vi lho so!!!!

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Cardápio simples e delicioso para 9 dias de férias na praia

Dominique - Cardápio

UPDATE : Gente, esse é um dos posts de Dominique que faz mais sucesso. Então para facilitar mais ainda sua vida, resolvi fazer um e-book com todo o cardápio, as receitas e a lista de compras prontinha!!!!

Clique aqui, deixe seu e-mail, e baixe o e-book. Mas antes leia as sugestões.

E-book Cardápio Praia Dominique

Vem chegando o verão. Obaaaa!
Ano novo. Calor. Férias. Praia. Família e amigos. Casa cheia. Descanso.
Descanso? Que nada minha filha. Vamos pro ralo novamente.
Três refeições por dia para esse monte de gente. Cardápio para todo este período.

Seja a casa sua ou alugada, toda vez que penso em ano novo na praia, a primeira coisa que me vem à cabeça, não é a caipirinha, nem o pôr do sol. E sim aquele supermercado lotado com cheiro meio de azedo. Naquele calor insuportável que sou obrigada a frequentar quase todos os dias. Era! Isso mesmo.

Há uns cinco anos, desenvolvi uma técnica para evitar ao máximo aquele festival de chinelos de dedo mal humorados, daquela dança de mulheres de saída de praia com carrinhos apressados na certeza de que estavam perdendo o melhor do sol.

Tenho um cardápio superflexível de final de ano para nove dias. Com ele, fica fácil fazer a lista de compras e antecipar. O grande segredo é antecipar.

Tento fazer isso tudo antes da loucura, deixando apenas pequenos detalhes para a semana da praia ou grandes e brilhantes alternativas para emergências. Olha isso tem me salvado e me aliviado um bocado!

Tudo vai depender apenas da sua organização. Vou dar uma ideia, mostrando para você o MEU cardápio. Claro que ele vai variar de família para família, de casa para casa, dependendo da quantidade de pessoas e dos costumes das mesmas.

Vamos lá?

Aperitivo e café da manhã

Um bom café da manhã, pode muitas vezes substituir um almoço. Um belo aperitivo pode fazer as vezes daquele lanche, uma noite mais tranquila.

Café da manhã
– Pães
– Torradas
– Pão sírio médio
– Pão de forma integral
– Filão de pão italiano para bruschetta
– Formas pequenas de queijo branco
– Baldes de requeijão
– Leite
– Café
– Chá… etc.

Capítulo dos frios
Compro em porções de 150g e peço para que embrulhem a vácuo.
Dizem que não precisa guardar na geladeira, nem no freezer. Eu nunca arrisquei. Mas aí, eu tiro um pacotinho por café da manhã e, se tudo dá certo, nada volta para geladeira, porque frios no verão e na praia costumam azedar com muita facilidade.
– Mussarela light
– Presunto magro
– Salaminho
– Peito de peru
– Mortadela
Ex: 1 kg de “mozarela” embalados em 8 pacotes de 150g cada

Aperitivo
Caso você queira uns petiscos em vez de lanche:
– Salmão defumado já fatiado
– Carpaccio com rúcula
– Pastas árabes – quebram o maior galho, todo mundo gosta e podem ser congeladas: chancliche, homus, babaganuche, coalhada seca
– Bolas médias de “mozarela” de búfala com tomatinhos cereja e manjericão
– Brie pequeno
– Provolone pequeno
– Semente de abóbora
– Queijo parmesão
– Amendoim e similares

Agora o cardápio. Com ele a lista de compras fica superfácil vai.

Claro que tem que ser flexível. Ah, hoje não quero comer peixe. Ok!
Ah, hoje vou almoçar na vizinha! Obaaaa…

26/12 – Terça

Almoço
Todos chegarão a noite!

Jantar
Frios e pães variados para sanduiches deliciosos.
Folhas de alface lavadas
Tomates cortados em fatias.
Maionese etc..

27/12 – Quarta

Almoço
Salada de manga com kani
Picadinho
Couve
Arroz
Milho

Jantar
Salada sem temperar para que se possa usar no sanduba
Carne louca
Pão francês e folhas de alface

28/12 – Quinta

Almoço
Casquinha de siri (que pode ser no pirex)
Pescada com molho limão e alcaparras
Couscous marroquino

Jantar
Salada de batata
Salsichada*

29/12 – Sexta

Almoço
Salada
Frango com molho de tangerina e gengibre
Couscous marroquino

Jantar
Pizza de pão sírio ou do delivery. Ou gente, vamos dar uma volta?

30/12 – Sábado

Almoço
Salada
Churrasco (suas carnes de preferência)
Farofa ou apenas uma farinha
Arroz branco ou biro biro

Jantar
Saladinha com molho de iogurte
Torta de palmito

31/12 – Domingo

Almoço
Aqui tem que ser algo bem leve e fácil
Salada de legumes cozidos
Uma lasanha que você tenha no freezer

Jantar
A ceia fica por seus costumes e hábitos. Veja nosso texto sobre decoração de mesas.

01/01 – Segunda

Almoço
Recuerdos de Haier (o que sobrou de ontem)

Jantar
Salada com tudo picadinho
Massa com molho ao pesto*

02/01 – Terça

Almoço
Moqueca de peixe ou camarão para acabar em grande estilo
Pirão
Arroz
Farinha no dendê

Jantar
Torta de frango

03/01 – Quarta 

Almoço
Salada de folhas e melão com presunto
Peixe assado
Batatinha cozida

Jantar
Risotinho de legumes (rapa na geladeira para ir embora)

*Salsichada
Não é qualquer salsicha. Você vai comprar uns 6 ou mais tipos de salsichas chiques. Sabe como é? Salsicha branca com ervas, salsicha de vitela com algo…etc. Pão francês fresquinho, pão de cachorro quente e algum outro a sua escolha. E superimportante! 3, 4 ou até 6 tipos de mostardas diferentes.

Não invente muito, senão o que era simples fica complicadíssimo.
Onde já se viu comer cachorro-quente com batata palha, purê, ervilha, feijão tropeiro? Não É pão, salsicha e mostarda. Quando muito uma maionese e um ketchup para os hereges.

Algumas dicas:
Dia dos espetinhos.
Aí dá um pouco mais de trabalho, mas a mesa fica linda. Eu, como sou louca, vou à Liberdade, sim, o bairro. Mas vou num sábado perto do Natal que é para estar beeeeeem cheio. É, sou estranha assim mesmo. E vou lá só para comprar palitinhos decorados. Qualquer hora eu mostro. E aí fico inventando.

Comida de tigelinha:
Já sirva nas tigelinhas. Não tem que por mesa, não tem que nada. E depois são só algumas tigelinhas para lavar.

O que vc pode ter pronto para uma emergência:
Pesto! Um bom pesto para uma massa ou para um sandubão gourmet.
http://diana212m.blogspot.com.br/2012/03/italian-simplicity.html

Receita de pesto
ingredientes:
4 dentes de alho
1 colher de chá de sal
1 xícara de chá de folhas de manjericão fresco
3 colheres de chá de pinoli ou nozes, sem casca
100g de queijo pecorino ou parmesão ralado
1/2 xícara de chá de azeite
Pimenta do reino a gosto.

Outras opções de pratos para almoço e lanche além das do cardápio:
Saladas e quiches
Frios e sanduíches
Escondidinho
Risoto de funghi
Espaguete ao vôngole
Macarrão com carne desfiada e molho de tomate
Lasanha de abobrinha
Empadinhas/miniquiches/enroladinho de salsicha
Salada caprese com pesto
Couscous baiano

Agora que o cardápio já está pronto, é só aproveitar e descansar!

Leia mais:

Receitas de comidas congeladas que facilitam o dia a dia
Desmistificando o medo de fazer bolo. Veja a receita!

7 Comentários
  1. Nossa…arrasou!!! Adorei o cardápio você pensou em tudo…até os dias bateu rs
    Vou fazer pequenas adaptações para minha família, acrescentando uns dias a mais de churrasco. Obrigada pelas dicas.

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Os melhores apps pra você fazer fotos e videos incríveis.

Você também investe (ou gasta mesmo!) boa parte do seu dia no Instagram?

Bem-vinda ao time de quem acompanha histórias e mais histórias – de conhecidos e desconhecidos – nessa rede social.  Também adoro ver fotos, vídeos e acompanhar as transmissões no Stories.

Até apelidei de “a minha novelinha da vida real”. Ok, ok, que não é tão real assim, mas não vou discutir sobre isso hoje aqui. Ou deveria?

Quero compartilhar os aplicativos que descobri para transformar as minhas fotos e videos. Sair do padrão, da mesmice, e deixá-los muito mais bacanas.

No início eu achava que era produção profissional, de experts em edição de imagem e video. Mas nãoooooo!!!! Tem um montão de aplicativos pra ajudar a produzir praticamente qualquer coisa.

Fiz a seleção dos 8 aplicativos que eu já não vivo sem!

E você? Usa algum aplicativo que não está na minha listinha?

Me manda que incluo aqui!

Meus apps favoritos:

Boomerang

O mais comum dos aplicativos, o Boomerang cria um mini video com o efeito de vai e vem, bate e volta, pra frente e pra trás. Aqui a criatividade é quem manda. Do aplicativo, dá pra postar direito tanto no Instagram quanto no Facebook!

IOS: https://itunes.apple.com/us/app/boomerang-from-instagram/id1041596399?mt=8

Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.instagram.boomerang

Layout para Instagram

Aplicativo bem bacana pra juntar várias fotos em uma imagem só. Dá pra combinar video e imagem. Você também pode ajustar as fotos para pegar o melhor ângulo.

IOS: https://itunes.apple.com/br/app/layout-from-instagram/id967351793?mt=8

Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.instagram.layout

Facetune

A sua selfie nunca mais será a mesma depois que você começar a usar esse aplicativo. Você pode corrigir, retocar e melhorar a aparência como em uma foto de revista. Dá pra suavizar a pele, tirar as ruguinhas desnecessárias, clarear o sorriso e muito mais. Tem uma versão mais simples gratuita e uma versão paga com mais recursos.

IOS: https://itunes.apple.com/us/app/facetune/id606310581?mt=8

Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.lightricks.facetune

InShot

O mais completo dos aplicativos para imagens e videos. Dá pra criar muita coisa bacana e divertida com a ajuda dele. Algumas das features são: adaptar a imagem pra uma nova dimensão, incluir música, incluir diversos adesivos, fazer um video de trás pra frente e muito mais. Aplicativo obrigatório pra quem quer ousar nas produções. O app é gratuito, mas tem uma versão Pro mais completinha.

IOS: https://itunes.apple.com/br/app/inshot-editor-de-v%C3%ADdeo-música/id997362197?mt=8

Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.camerasideas.instashot

Camcorder

Aplicativo simples que simula a gravação de um video no formato VHS. Parece que você filmou algo nos anos 70 e 80 e está postando agora. O único ponto negativo é que só grava o video na horizontal, não dá pra aproveitar muito no formato Stories.

IOS: https://itunes.apple.com/br/app/camcorder-grave-v%C3%ADdeos-caseiros-em-vhs/id1036066107?mt=8&ign-mpt=uo%3D4

Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.filter.glitch3d.HUJI.cam.film.fuji

Hyperlapse

Sabe aqueles videos que passam super rápido? Você pode fazer com a ajuda desse aplicativo. Ele cria o efeito de câmera muito rápida. Você pode escolher a velocidade: de 2 até 12 vezes mais rápido. Para ficar um video legal, a recomendação é gravar cenas mais longas. Apenas para IOS.

IOS: https://itunes.apple.com/us/app/hyperlapse-from-instagram/id740146917?mt=8

Panorama 360

Você pode fazer uma foto em 360º com esse aplicativo, gratuito e apenas para Android. É super fácil de usar, basta acertar as setinhas pra liberar a câmera.

Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.vtcreator.android360

Seja a primeira a comentar

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Itália : Que delícia conhecer lugares a que vimos nos filmes !

Recentemente escrevi um texto sobre viajar sozinha. 

Sozinha ou com amigas, uma coisa que me diverte muito, é visitar um local onde foi filmado algum filme que assisti . E gosto tanto de fazer isso, que procuro anotar os lugares das cenas só para imaginar a cena no lugar : ‘ Aquela cena…  aconteceu aqui ‘  ou  ‘ Nesta praça aconteceu tal coisa…”

Acho a Itália perfeita para isso. Quando se caminha pelas ruas já nos sentimos fazendo parte de um filme. O país inspira as mais belas experiências , belos panoramas, cidades,  grande culinária ,  história e bem…… quem nunca pensou em viver um grande amor na Itália?

Quanto mais saímos do eixo lotado de turistas,   mais as sensações vão aflorando. Os sabores se afirmam e nossos olhos começam a admirar toda e qualquer imagem.

Selecionei alguns filmes. Ahhh, você já deve ter visto, mas vale a pena rever com esse outro olhar. Se não viu tá na hora, né? E alguns têm até resenha da Elzinha Lucchesi aqui no site da Dominique – um luxo.

Sob o Sol da Toscana (2003)

Sob o sol de Toscana acontece na região de mesmo nome , porém algumas locações acontecem em Positano (costa Amalfitana) .Uma escritora americana , interpretada por Diane Lane, se divorcia e recebe como presente de amigas um pacote turístico para a Itália. Acaba comprando uma casa na Toscana e começa a interagir com as pessoas de lá.

Cartas para Julieta (2010)

Foi filmado em diferentes regiões da Itália, desde Verona até Siena. Uma escritora viaja com o noivo e em Verona (cidade de Romeu e Julieta) acaba descobrindo uma antiga carta de amor e começa a responder cartas com outras voluntárias.

Na realidade existe mesmo ainda hoje na Italia. Um grupo dessas voluntárias que respondem cartas endereçadas à Julieta, para quem quiser conselhos amorosos.E ainda respondem na língua de quem as enviou!

Vale a pena ver essa comédia romântica que vale pelos belíssimos lugares !

Leia a resenha da Elzinha sobre esse filme aqui.

Pão e Tulipas ( 2000)

Viajando com uma família grande, Rosalba acaba sendo esquecida em uma parada na estrada. Ela caba indo conhecer Veneza e repensa em toda a sua vida, como esqueceu seus sonhos em troca da família, seus desejos, enfim …. bom para pensarmos na vida como um todo.

Comer, Rezar, Amar ( 2010)

Também uma escritora que se divorcia, Julia Roberts  larga tudo e tira um ano sabático e resolve ir a 3 lugares, Italia ,India e Indonesia . Na parte da Italia, em Roma, ela aprende o dolce far niente , numa mistura de descanso , amizades , diversão regada a uma culinária maravilhosa. Apaixonante.

O Turista (2010)

A criminosa Angelina Jolie é perseguida pela polícia francesa e se envolve com um professor  (Johnny Depp)….. e acabam fugindo para nada menos que Veneza !

Cinema Paradiso(1988)

Fantástico, assisti tantas vezes que em minha recente viagem estiquei o roteiro até Cefalu (Sicilia) para ver parte de algumas cenas do filme. As primeiras cenas acontecem em Roma. Mas  o ponto forte é a Sicilia mesmo. Existe uma cidade fictícia chamada Giancaldo, mas as de Cefalu e Castelbuono são verdadeiras.

Uma Janela Para o Amor (1985)

Passado em Florença com belíssima paisagem. Um romance (mais um) . A protagonista  viaja com sua prima para a cidade e acaba se apaixonando !!!

Para Roma Com Amor (2012)

Feito por Woody Allen nem todas as cenas foram gravadas em Roma. Muitas delas se passaram nos famosos estúdios de Cinecitta, que fica próximo à cidade. Mas a maioria acontece em Roma mesmo, com suas pequenas ruas e monumentos : Piazza San Pietro e a Fontana di Trevi.

A Princesa e o Plebeu (1953)

É  um clássico !  Com  Audrey Hepburn e Gregory Peck. Podemos ter uma idéia de como era Roma  nos anos 50  !!!   ( e novamente um casal se apaixonando por lá)

Estes são alguns, mas a lista continua com De encontro com o Amor (2005),  Elza e Fred ( lindo !!! 2005),Cassino Royale (2006), Um sonho de Amor (2011),  Beleza Roubada (1996), Me Chame Pelo Seu Nome .

Então, se procura inspiração para uma próxima viagem, assistir filmes pode ser uma ótima fonte. E acreite, quando chegar ao local do filme assistido, você vai sentir uma deliciosa ‘intimidade’ com o lugar !

 

Maria Mazza
Maria Mazza

Amo viajar e amo conhecer lugares. Sou administradora de empresas, agente de viagens na Engenhotur e Dominique claro.

2 Comentários
  1. Adorei saber que há alguém que gosta de filmes com cenários de lugares que visitamos!!! Já assisti a maioria e tenho alguns em DVD. Obrigada por compartilhar!!! NEUSA HELENA Menezes

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.