Tag: Roupa

Vestido para mãe do noivo é quase um pagamento de promessa

Dominique - mãe de noivo
Meu filho marcou o casamento para julho de 2017. Compartilhou esta felicidade com a gente em novembro de 2016, tempo suficiente para encontrar um vestido bacana e que tenha tudo a ver com o estilo descolado do casório, certo?

Ledo engano. Comecei a fuçar aqui, acolá. Recebi indicação de alguns lugares que alugam e, cá pra nós, considero o preço um acinte – R$ 2000,00 para alugar um vestido que nem me alegrou levemente, apenas ameaçou um esboço de sorriso assim meio amarelo de canto de boca.

A saga começa na verdade com a numeração. Quem entra naqueles vestidos, conta pra mim?

Que mãe de noivo usa naquela numeração?

Só se sofrer de anorexia. A pessoa não precisa ser mignon, mas sim ter vivido os últimos anos em missões na África.

Na primeira loja, comecei a separar alguns modelitos e a vendedora se apresentou perguntando:

– Para qual ocasião você está procurando?

Respondi toda pomposa:

– Para o casamento do meu filho, sou a mãe do noivo.

Ela deu um giro no meio da loja, achei que ia me aplicar um golpe de capoeira e me levou correndo para outra sessão.

Pensei que era uma filial do Cemitério São Paulo ou uma prévia do Baile da Saudade. Predominavam o azul marinho (que eu acho chiquérrimo), marrom (adoro, mas para a ocasião achei um pouco pesado), cinza (não o Fendi) e vinho.

ABSOLUTAMENTE TODOS com bordados ou aquela telinha que me deixa muito, mas muito nervosa.

O casamento aconteceria no pôr-do-sol, em um lugar supertransado, a cara dos noivos, na Vila Madalena em São Paulo.

Não rolaria algo com tafetá, muito brilho, babados, MANGA PRESUNTO, paetê e afins.

Sem contar que nada disso combina com o meu jeito.

Sou alta, ombros largos, falo com as mãos e com um modelo desses pareço um peru num pires. Forget!

Para festas sempre optei por algo simples e impactante – sabe aquele vestido liso, com caimento perfeito, com as costas de fora, uma fenda bem charmosa na perna e que, pelo amor do santo padre, disfarce a barriga (drapeadinho básico)?

Para, sua louca! É casamento do seu filho, esqueça qualquer tipo de sedução.

Comecei mais uma etapa da saga, experimentando os vestidos e querendo correr três dias sem olhar para trás.

O primeiro foi um cinza que a vendedora forçou em chamar de Fendi, mas vá lá que seja.  Todo em renda (sem brilho, condição inegociável para mim) em estilo sereia.

Quando olhei no espelho realmente tive vontade de cortar os pulsos, mas me faltava uma lâmina enferrujada, porque se não fosse por hemorragia, seria por tétano a passagem dessa para melhor.

Sereia? Eu era uma baleia com um laço. Depressão total.

Bem, seria muita sorte acertar no primeiro.

Vamos em frente, gostei de um ombro a ombro num tecido adamascado fosco, fendi/marrom.

O 42 não fechava nas costas. A moça prontamente trouxe outro, 46.

– Desculpe-me, mas não tenho 44, mas podemos ajustar.

Vesti o dito!

Depressão parte II – O Retorno.

Eu parecia um abajur da casa do meu ex-sogro.

Partimos para o terceiro modelo, um verde mais escuro, musgo talvez, com leves traços de flores em um tom mais claro.

Quando eu me vi não pude acreditar, eu era uma cadeira Bèrgere.

Desisti, fugi e comecei a pensar em faltar na ocasião.

Sem a opção de colocar uma fantasia de árvore, a novela se repetiu em várias outras lojas.

Aí, eu cai e acordei!

É um casamento, é o casamento do se filho criatura, às 4 da tarde, menos é mais.

Bárbaro, onde eu encontro mesmo o “menos é mais” para mãe de noivo? Talvez na Babilônia.

Passei noites a fio caçando a salvação da lavoura no Pinterest e no Instagram e, madrugadas e madrugadas,  quase sem esperança alguma a acalentar minha alma.

Não é que achei um lindo, exatamente como gosto, charmoso sem ser vulgar, nude, cor lindíssima para mãe do noivo e que aparentemente não precisaria vender parte do fígado (que graças a Deus se regenera), nem o rim (este ninguém compraria, é uma fábrica de pedras).

O mais surreal é que ele estava numa loja em Piracicaba, sim, a terra da pamonha. Nem precisei ir à Babilônia. Chama-se Set Poin e a vendedora excepcional é a Lea, uma querida.

A loja vende modelos de uma grife mineira lindíssima, é maravilhosa, vestidos superbonitos, atendimento bárbaro e eu nem tive que elaborar um power point para explicar para a vendedora o que eu queria e o que eu abomino.

Sem eu falar qual vestido que tinha gostado no Instagram, em meio a centenas de modelos, qual ela me mostrou?

O nude, liso, charmosíssimo, com o tal drapeado e, para alegria geral da minha nação, com as costas nuas.

AÍ QUE ALEGRIA!

Agora basta colocar um brinco de arrasar e uma sandália show. Pronto!

Há esperança para mães de noivos que fujam do esterótipo da senhorinha indefesa.

Péra lá, tinha 51 anos, meu filho 33 (somente 18 anos nos separam), mato um zoológico e desvio das antas (o que dá muito mais trabalho) todo santo dia.

Na época estava namorando, me visto de um jeito legal, nada formal, mas nunca querendo parecer uma menininha.

Até quando eu era garota não tinha muito a ver com meu estilo.

Quanto às cores, Jesus nos Salve, nós somos mães, não madres enclausuradas.

Lembrando que, se seu rebento está ali, alguma coisa você aprontou, a melhor coisa do mundo. Portanto, de santa a gente não tem nada!

Ufa! Finalmente a Marot achou o vestido perfeito, você já passou por uma situação assim?

Leia Mais:

 CURTO x LONGO
Papo de mulher! Vamos falar de laser íntimo e rejuvenescimento?

Marot Gandolfi
Marot Gandolfi

JORNALISTA, EMPRESÁRIA, AMANTE DE GENTE DIVERTIDA E DE CACHORROS COM LEVE QUEDA PARA OS VIRALATAS.

24 Comentários
  1. Adoro seus textos! Sempre com muito bom humor e tiradas fantásticas! Bem vc!! Obrigada por me fazer rir alto sozinha!!! Kkkkk aguardando novos textos!

  2. Também viu ser mãe de noivo em marci/2018. Final de tarde, num restaurante à beira da praia…cerimônia ao ar livre!!!O que devo usar???visto 44/46 lutando pra perder peso! ! Socorro!

    1. Maria Ines,

      A grife é a Arte Sacra. http://www.artesacramoda.com.br/

      Endereço: R. Lavras, 605 – São Pedro, Belo Horizonte – MG, 30330-010
      Telefone: (31) 3287-1417

      Acredito que você vá encontrar uma excelente opção.

      E prepare seu coração, ver o filho casar é uma das emoções mais fortes e lindas que eu já senti.

      Depois me conta.

      beijos

  3. Amamos que vc gostou e citou nossa loja em seus comentários, temos muitos modelos lindos para mães, madrinhas e convidadas, muitas felicidades ao casal e agradecemos a vc ter vindo de longe (não tão longe rsrsr) para nos prestigiar.. bjssss❤️

    1. Vocês da Set Point são tudo de bom e mais um pouco. Há uma pessoa, uma seguidora nossa, que está em BH e quer conhecer a grife Arte Mineira. Onde ela pode encontrar lá?

  4. Independente de mãe é madrinha de cadamento ,vc fica exposta achando que todo mundo está reparando vc.
    Essa maratona infeliz que essa numeração no Brasil 44 é 42
    Ou tamanho único.
    Aí encontra um que te agrada mas vc sente que está faltando algo.
    Chegando vc se depara com cada peça rara aí vc vai para a galera. TÔ MUITO É ESTILOSA.
    Realmente o menos é mais e não tem como errar.BJS

    1. Salomé,

      É isso mesmo. Meu vestido não nada e é tudo. O que vai ter que vai arrasar mesmo é o brinco que é o máximo!
      Menos é sempre, sempre mais! beijos

  5. Amei o texto, ri muito, identificação massiva apesar de não ter filhos casando. Faltou o nome da loja em Piracicaba, Instagram…

    1. Maris,

      Eles sendo felizes é condição básica para a gente também ser, nao é?
      Momento mágico! beijo

    2. Maris,

      É uma felicidade tão grande, mas tão grande que é difícil explicar. E eles sendo felizes, a gente fica feliz, né? beijo

      1. Simone do céu adorei “identificação massiva, se me permitir vou usar em outros textos esta expressão sensacional!
        Chama-se Set Point Boutique é multimarcas e fica em Piracicaba duas horas de São Paulo. Procure pela Lea que nunca me viu na vida e sacou o que eu queria. E ainda foi uma fofa, pq aguentou as opiniões nada a ver do meu ex, Aff! Como falei num comentário acima, se você nao for da região de Piracicaba, programe um passeio para lá e depois vá almoçar o peixe no tambor na Rua do Porto. E estou em São Paulo e valeu a pena cada quilômetro da ida e da volta! Fica na Rua dos Operários, 361 – Cidade Jardim – @setpointboutique telefone 19 3432-4527. Depois me conta. beijo

  6. Muito bommmmmm adorei. Já passei por isso. Mas minha filha se casou em uma noite fria de Junho. Isso ajudou muito meu modelito foi bem sóbrio.Mas de muito bom gosto. Momento muito da vida…

    1. Angelica, você concorda que menos é mais? E o inverno ajuda uma barbaridade, ficamos lindas e não precisamos nos preocupar com o “tchauzinho! Esse momento é tudo! beijo

    1. Maria Ines,

      A loja é multimarcas e fica em Piracicaba, no interior de SP. Duas horas de carro pela Rodovia dos Bandeirantes. Chama-se Set Point Boutique e fui atendida pela Lea que nunca me viu na vida e entendeu exatamente o que eu queria. Sem falar que teve uma paciência de Jó para aguentar os pitacos do meu ex que não entende nada do assunto e insistia em emitir sua opinião. Aff! Se você nao for da região de Piracicaba, programe um passeio para lá e depois vá almoçar o peixe no tambor na Rua do Porto. E estou em São Paulo e valeu a pena cada quilômetro da ida e da volta! Fica na Rua dos Operários, 361 – Cidade Jardim – @setpointboutique telefone 19 3432-4527. Depois me conta. beijo

  7. Kkkkkk Adorei!!!
    Que bom que a saga “vestido de mãe de noivo” , acabou!!!!!
    Quero ver quando chegar a minha vez!!

    1. Cassia,

      Você vai amar, embora o perrengue do vestido seja um caminho que parece interminável! Mas ver os dois tão felizes! Haja Prosecco, vou dançar até…. beijo

  8. Muito BOMMMMMM!!!!!
    Ri mto pq eu devo ser uma mãe de noivo atípica ….meu manequim é 38/40 então tudo q vestia ficava mto bonito(sem falsa modéstia Kkkkk) e o outro ponto foi q comprei exatamente o primeiro vestido q experimentei…..juro q não sou anoréxica ….mas claro , não sem antes me divertir experimentando um milhão de vestidos , só p sacanear.,detalhe: nude TB !!!!!!!.
    Sabe que até me achei o máximo no casamento ??????? Hahahaha bjs

    1. Yara, estou roendo as unhas dos pés, porque as das mãos eu já comi de inveja (brincandeira!) do seu manequim. Eu acho que nunca vesti 38/40, pulei para o 42/44 direto! Nude é tudo de bom, não é? Sabe por que você se achou o máximo? Simplesmente porque você é o máximo! beijo grande

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Quem disse que roupa tem que ser branca no Reveillon?

Dominique - Reveillon
Quem disse que a gente tem que passar o fim de ano vestida de branco? Que decreto foi este para o Reveillon?

E se eu quiser passar de azul, que adoro? De laranja que eu acho o cúmulo da alegria? De verde para parecer um coqueiro já que tenho pernas compridas? Sem contar que como a maioria das Dominiques, transpiro esperança.

Ser Dominique tem um monte de vantagens, usamos aquilo que gostamos, aquilo que nos caia bem, seja Reveillon, Páscoa, Natal, Halloween, Dia de Cosme e Damião…

Então, para facilitar nossa vida, fizemos uma pesquisa sobre o que cada cor transmite o ano todo, não só no Reveillon. Pedimos um help para a estilista Renana Piemonte e ela separou diversos modelos bacanudos para encerrar o ano no melhor estilo Dominique de ser!

Alguns mais despojados, outros mais requintados caso você decida ir a uma festa mais chique, vai que…

O mais importante é estar de bem com a vida, sozinha ou acompanhada, elevar a vibração, quem sabe fazer uma oração, sintonizar com o universo, ficar em paz e agradecer, sem dúvida, gratidão é o melhor sentimento para esta data!

Você pode fazer isso vestida com o modelo da cor que você gostar, não porque alguém decretou isso ou aquilo!

Vamos lá:

AZUL remete à tranquilidade, serenidade e harmonia – Acho que todas nós precisamos e queremos, concorda? Os signos associados à cor azul são Aquário, Libra, Sagitário e Peixes.

Dominique - Reveillon

VERDE remete à esperança, liberdade, saúde e vitalidade, simboliza a natureza, o dinheiro e a juventude. Ai ai ai, din din não é nada mal, não acha? Está associada aos signos de Touro, Libra, Virgem. Os tons mais escuros estão associados ao signo de Capricórnio e os tons mais claros aos signos de Aquários e Peixes.

Dominique - Reveillon

AMARELO remete à luz, calor, descontração, otimismo e alegria. O amarelo simboliza o sol, o verão, a prosperidade e a felicidade. O amarelo é a cor dos signos de Gêmeos, Touro e Virgem. O signo de Leão está associado ao amarelo-ouro. Lembro ainda que o DOURADO representa riqueza, dinheiro e ouro.

Dominique - Reveillon

LARANJA remete à alegria, vitalidade, prosperidade e sucesso. É uma cor forte e associada ao signo de Leão.

Dominique - Reveillon

ROSA remete ao romantismo, ternura, ingenuidade e está culturalmente associada ao universo feminino. A cor rosa é associada ao signo de Libra.

Dominique - Reveillon

VERMELHO remete à paixão, energia e excitação. O vermelho está associado aos signos de Áries e Escorpião.

Dominique - Reveillon

CINZA remete à conforto, segurança e simplicidade, neutralidade, elegância, sofisticação e ausência de emoção. Nenhum signo está associado.

Dominique - Reveillon

BRANCO remete à paz, pureza e limpeza. O signo de Câncer está associado à cor branca.

Dominique - Reveillon

PRETO remete ao respeito, morte, isolamento, medo, solidão. Acho que aí é demais, usar preto no Reveillon. Mas se você for uma Dominique que não está nem aí para os significados das cores e, principalmente, para o que os demais com língua comprida falam. Manda bala!

Dominique - Reveillon

E se você quiser misturar várias cores, você pode! Você é Dominique. Aqui estão algumas sugestões:

Dominique - Reveillon
O importante não é a cor e sim como você vai comemorar o Reveillon. Aproveite a festa!

Você também pode se inspirar em alguns modelos bacanudos nas pastas do Pinterest da Dominique.

Leia mais:

Hora de guardar as roupas de inverno e apostar nas cores
Roupas lindas e chiquérrimas feitas de Chita

Avatar
Renata Piemonte

50 anos, mãe de 3, empreendedora e que trabalha com moda há quase 30 anos. Hoje com a marca PIE, confecção de roupas para mulheres modernas e poderosas. Tem como objetivo proporcionar mais conforto, beleza e confiança. As roupas da PIE são desenvolvidas com primor e carinho para essa mulher que pode tudo e desbrava o mundo!

Seja a primeira a comentar

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Que roupa usar no primeiro encontro pós-separação?

Dominique - Roupa
Olha gente, depois que eu me separei, tive uma fase de reclusão. Acho que muitas mulheres passaram ou estão passando por isso. Então, vou dividir a minha experiência.
Foi algo meio luto, meio fechada para balanço, sabe? Mas, devagarinho, voltei a colocar a cara no mundo.

Fase 1 – Sair com minhas amigas. Ah! Elas são essenciais.
Fase 2 – Sair com grupo de amigos. Isso, homens e mulheres.
Fase 3 – Sair pela primeira vez com um homem em uma situação de sedução e conquista.
Aiaiaiaiaiai.

Vamos combinar que estamos enferrujadas. Anos e anos de casamento. Por mais segura que você seja, bate aquele medinho lá no fundo.
– Devo ir com o meu carro?
– O que falar?
– E se ele não me achar interessante?
– Será que bebo?
– Divido a conta?
Mas aí vem a pior e maior das dúvidas: QUE ROUPA VOU USAR NESTE PRIMEIRO ENCONTRO?

Bom, aqui vou tentar te passar algumas dicas que aprendi com o tempo e com outras coleguinhas expertinhas. E, obviamente, algumas quebradas de cara que todas passamos.

Não compre roupa nova! Sério. Use uma roupa que você se sinta linda, que já tenha usado e que já tenha sido elogiada. E principalmente, que te deixe segura, né?

Comprar uma roupa nova é sempre um risco. Você não sabe como ela vai se comportar. Pode ficar muito curta na hora de sentar. O decote pode abrir sem querer. A barriga saltar numa determinada posição. O fato é que você se olha no espelho na loja, vê uma coisa e, às vezes, chega em casa e a coisa fica bem diferente. Aliás, isso renderia um capítulo à parte: espelhos mentirosos que emagrecem em lojas, com iluminação que nos deixam deusas. Truques baixos! Mas não são todas as lojas, claro.

Escolheu a roupa? Claro que não, né? Ficou na dúvida entre 3. Chame sua best friend. Faça desfile para ela. Azucrine mesmo. No fundo, ela vai adorar.

Sapato. Ah, amiga, sapato sexy. Pode ser moda estes sapatos tipo tênis. Pode ser moda estes sapatos fechados com cara de avó. Mas não tem nada mais sedutor do que um sapato com um belíssimo salto alto, decotadíssimo nas laterais e com aquele bico fino delicado? (Gente, este é o meu estilo. Por favor, não se avilte. Não use aquilo que não combina com você! O homem que te convidou pra sair está atraído pelo SEU estilo).

Perfume.
Perfume marcante, mas suave. Pouco. Vou repetir. Pouquinhooooooo. Não exagere no perfume. Não queira ser lembrada pela mulher do perfume enjoativo que deixou o carro fedendo por três dias.

Cabelo e maquiagem simples, com cara de todo dia. Mas, claaaaaaaaarooooo, você vai arrumar muito e ter aquele trabalhão para ficar com aspecto de todo dia.

E, finalmente, lingerie.
Uma lingerie muito, muito linda. Moderna, sexy e que faça você se sentir uma musa. Provavelmente nada vai acontecer na primeira noite.Ainda mais porque é a primeira vez que você sai depois da sua separação.

Agora, minha filha, se rolar uma química bacana e você estiver a fim, não tenha medo de ser feliz!

Marque o gol e corra pra o abraço.

Leia mais:

Ao procurar um novo amor, é preciso paquerar-se também!
Cordeiro bonzinho? Lobo feroz? Qual teu tipo de homem?

Avatar
Dominique

Nasceu em 1964. Ela tem 55 anos, mas em alguns posts terá 50, 56, 48, 45. Sabe porque? Por que Dominique representa toda uma geração de mulheres. Ela existe para dar vida e voz às experiências, alegrias, dores, e desejos de quem até pouco tempo atrás era invisível. Mas NÓS estamos aqui e temos muito o que compartilhar. Acompanhe!

Seja a primeira a comentar

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Arrumar armário pode ser o começo de um novo ciclo

Dominique - Organização

Ordem em armário.
Arrumar prateleiras e gavetas sem fim.
Isso já foi um pesadelo em minha vida.
Não sei quem foi o gênio que disse:
Dois corpos não podem ocupar o mesmo lugar e no mesmo tempo!!
Gente!! Quando consegui entender esta frase, meu mundo mudou!!!
E meu armário também, claro!!!
Ficou muito mais fácil dar ordem em coisas para colocá-las  num espaço que agora eu sei, é limitado!!
Sério.

Tenho dois tipos de ordem em armário.
A light e a RADICAL.
A light é aquela do dia a dia. Quando não consigo mais encontrar a calcinha que quero ou que combine com aquele sutiã. Aí paro e arrumo rapidinho.
Agora a radical…
Ahhhh A radical é outro papo.
Chega um dia que me dá os 5 minutos. Olho meu armário e não consigo mais entendê-lo.
Aí começo a arrumar.
Mas começo da seguinte forma:
Tiro tuuuuddddooo e jogo no chão!!!
De forma que eu não tenha chance de desistir no meio do caminho.
Ou termino ou termino.
E é incrível.
Sempre que faço este tipo de arrumação percebo que estou no fim de algum ciclo de minha vida.
Na verdade, no começo de algo.
Não é consciente. Mas hoje já sei que quando me dá a comichão da devastação de gavetas é porque mudei.

Vou dar aqui algumas dicas que você talvez até já saiba ou já use há tempos!! Mas vai que alguma Dominique se inspire com ela, né?

– Gavetas e camisetas.
Meu armário tem gavetas. Mas sou daquelas que gosta de ver absolutamente tudo que há numa gaveta. Então se eu fizesse uma pilha de camisetas, não veria além da primeira. Se eu as espalhasse não caberiam mais do que 3 ou quatro. Como arrumar e organizar isso??Achei uma solução!! Rolinhos!! Camisetas não amassam. E conseguimos saber qual é qual num rolinho. Olha só quanto espaço economizei!!

Dominique - Organizar

– Lenços Pashminas echarpes e afins
Adoroooo um lenço no pescoço… Adorooo uma echarpe.
Mas como guardá-las?
Ocupar uma gaveta? Empilhá-las?
Bom… Usei o mesmo método das camisetas para as pashminas.
Mas não as coloquei em gavetas. Coloquei em caixas. Caixas que você compra ou caixas que você faz como eu… Não te contei que virei a louca da caixa? Ahhh minha querida… Dei para encapar caixa no meu tempo vago. Mas isso é outra história.
– Para os lenços eu tive uma ideia, modéstia às favas, genial.
Você conhece aquele cabide para pendurar múltiplas calças? Então!!!
Penduro mesmo múltiplos lenços.
Além de ficar superprático, fica superlindo no armário.
O meu eu comprei na Camicado (www.camicado.com.br)

Dominique_organizar

– Uso minhas caixas encapadas para guardar um monte de coisas. Organizar papelada.
Guardar lembranças dos filhos. Mas uso estas caixas para coisas que não vou usar com frequência e que sei que não vou jogar fora. Pois são caixas que não vejo o interior. Uso-as inclusive de maneira decorativa no meu armário.

Dominique - Organizar
– Mas uso também as transparentes de plástico.
Nelas guardo livros, cartões, papéis, grampeadores, coisas de papelaria, coisas de costura, minhas tralhas de artesanato. Ahhh Assim fica fácil de achar. Mas estas eu não deixo à mostra não!

Dominique - Organizar
– Não tenho TOC, mas separo minhas camisas, blusas e calças por cores, estampas e textura por uma simples questão de praticidade na hora de achar e me vestir.

Tenho outras dicas, mas acho que a dica mais importante de todas vem agora.

Aprendi com uma pessoa muito especial. E muito generosa.
Toda vez que colocar algo novo no armário tire algo. E doe.
Tem coisa mais coerente e correta?
Abracei isto de tal maneira que tenho um número exato de cabides em meu armário. Só compro cabide novo quando algum quebra!
E só compro roupa nova, quando sei exatamente qual eu vou tirar. Se não souber, é porque não preciso da nova.

Eliane Cury Nahas
Eliane Cury Nahas

Economista, trabalha com tecnologia digital desde 2001. Descobriu o gosto pela escrita quando se viu Dominique. Na verdade Dominique obrigou Eliane a escrever. Hoje ela não sabe se a economista conseguirá ter minutos de sossego sem a contadora de histórias a atormentá-la.

9 Comentários
  1. Também sou muito organizada e ao longo da vida, a cada mudança de casa, sempre para menor, fui reduzindo as posses . E engraçado, a poucos dias comecei apensar em repassar os armarios!!! acho que tô sentindo mudança no Eu….

  2. Desde criança sempre ganhava roupas usadas , mas roupas boas, das minhas tias pouquinho mais velhas que eu , eu adolescente e elas jovens , então a moda virava elas compravam roupas da moda e eu ganhava as fora de moda rsrsrs , mas minha mãe era costureira e sempre dava um jeitinho , tbm nunca fui muito ligada na moda .
    Enfim até hoje ganho roupas , agora das minhas filhas , pois emagreci e elas engordam e cada uma faz a sua moda .
    Mas tem uma coisa que sempre faço , abro as gavetas e guarda roupas e tudo que não uso , mas em bom estado eu tenho mania de doar pra quem precisa , aí encho sacolas e mando pra quem precisa ,assim fico só com o que eu uso mesmo .
    Passado uns dias recebo , ganho roupas novinhas pra repor aquelas que doei , é muito gostoso doar e receber em dobro .
    Isto funciona comigo desde minha adolescência kkkkk
    Adoro doar e receber tbm .
    Por isto compro pouquíssimas roupas todos os anos.Compro apenas algumas peças no tempo do frio , qdo não ganho lógico né !
    Mas esperimente fazer isto , é como a lei do retorno .
    Compro somente roupas íntimas e meias .Ganho até acessórios , como brincos cintos , pulseiras , perfumes ,cremes e etc.

  3. Preciso de ajuda, pois tenho muita dificuldade em organizar meu guarda roupa e minha casa em geral. Gostaria de dicas que me ajudassem. Adoro tuas postagens.

  4. Ha alguns anos, em uma das minhas várias mudanças de casa, consegui encher uma caixa inteira, das grandes, de sapatos. Outra, de bolsas. Quando estavam sendo transportadas, reparei o espanto dos rapazes da transportadora. Fiquei envergonhada por minha acomodaçao e egoismo, um monte de coisas que eu nao usava mais. Entao adotei, pra valer, o lema de só ter o quê realmente uso. É uma delicia!

    1. Nossa Cynthia…Sei exatamente qual foi seu sentimento com os rapazes. E sei também exatamente qual é o prazer de ter um armário onde todas as peças têm valor pelo uso!! Em alguma outra dimensão seríamos grandes amigas, não acha?

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Fui às compras… atacada e magra!

Dominique - Compras

Então…
Perdi aqueles 8 quilos que sempre me atormentaram.
Na verdade, 10…
Sobraram 5, mas com estes eu convivo bem.
A Dominique já contou em um vídeo sobre um dos maiores prazeres de uma gorda quando emagrece.
É o prazer de cruzar as pernas!!!
Ahhh… Só conhece quem já passou por isso.

O outro prazer é o de você entrar numa loja e conseguir comprar o que você gosta.
Não o que te serve!
É, querida… Isso é f***…
Por toda uma vida eu aguentei vendedoras insuportáveis trazendo batas ou vestidos pretos horrendo dizendo que ficavam lindos em mim.
Agora tem uma coisa. Por conta do meu trabalho, eu sempre viajei muito.
E nos Estados Unidos é diferente.

Lá eles têm o correspondente ao 44.
E, se ficar pequeno, tem o 46.
E, se ainda não der, tem o 48.
Tudo em loja de gente normal!!!
Ai, você passeia por aquelas lojas de departamento lindaaaasss e vai escolhendo tuuuudo do seu tamanho.

E adivinha!!
Tuuuudddddo serve!!!
Tudo fecha!!!
Que felicidade.
Mas aí tem um pequeno problema.
É… nada é perfeito.
É… eu nunca estou satisfeita.
Que mais eu quero?
Roupa que serve em quantidades absurdas e ainda tem algum problema?
Sim, tem…. O espelho.
Affff…
Gente, não é porque serve que quer dizer que ficou bom.
Quando estamos acima do peso, que no meu caso foi a vida toda, somos mestres em usar roupas que disfarçam, que melhoram, que escondem.
Esta é a verdade.

Você pode dizer o que quiser.
Ninguém gosta de ser gorda.
E ninguém é gorda porque quer.
Fico p da vida quando alguém me culpa por não conseguir emagrecer.
Mas este é outro assunto.

Fato é que fui viajar a trabalho.
Com meus 10 quilos a menos.
E tive um final de semana livre.

GENTEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEE

Eu parecia a louca do consumo.
Eu estava incontrolável.
Tive de comprar mala de muambeira, sabe?
Foi ridículooooo.
Mas tudo o que eu achava bonitinho no cabide ficava bonitinho quando eu experimentava.
Isso nunca tinha acontecido.

Resolvi aproveitar.
Até porque eu sei que os 10 quilos voltarão.
Não adianta falar que não é assim.
Eu não conheço um único gordo que tenha se mantido magro pro resto da vida.
Então eu jurei que não me sentirei culpada quando chegar a conta do cartão.
Que vou desfilar o mais rápido possível todo o meu guarda-roupa novo..
E que este meu prazer seja eterno enquanto dure!!!

E você? Já foi louca as compras como a Valentina?

Leia Mais:

Por que é tão difícil encontrar um Ginecologista normal?
Passeando com o passado

3 Comentários
  1. Parabéns!! Tenho varias amigas que emagreceram e nunca mais engordaram … vc tbem pode se manter magra pata sempre …
    parece que comprovadamente se vc, se manter magra por um ano, fiminuem as células gorduras e vc nunca mais volta a engordar !!
    Um ano passa rapido …!! Boa sorte

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.