Tag: Lowsumerism

Refashion ou como dar vida nova para roupas velhas!

Estes dias eu tirei do armário um vestido incrível, que tenho há mais de 20 anos. A estampa floral, além de linda, ainda é super atual. O tecido está perfeito (pasme!). É uma seda pura como há muitos anos eu não encontro em roupas por aí. Daí eu resolvi experimentar…. meu Deus! Como eu comprei um modelo assim? Não gostei de absolutamente nada!

Eu imagino que você já passou por isso também. Eu guardei muitas roupas só porque tem um tecido nobre ou são de uma marca muito conhecida. Bastou passar a estação de quando eu comprei que eu nunca mais usei a tal “roupa incrível”. Com exceção de alguns vestidos de casamento ou casacos de inverno, tudo ficou só ocupando espaço. 

Conversava com uma amiga sobre as semanas de moda, quando contei a história para ela. Já que agora temos um revival dos anos 80, perguntei se eu não poderia tirar do guarda-roupas umas roupas (não tão) novas? Gente… escavaram muito para relançar as pochetes! E as atuais fashionistas não calculam o impacto na auto-estima (no futuro) ao rever fotos usando calça baggy. 

Ficamos horas relembrando as roupas mais cafonas que já usamos. E aí ela me contou sobre alguns blogs que já segue que divulgam o conceito do Refashion. Eu já tinha falado aqui sobre repetir roupas e o upcycling, que é a reutilização criativa de materiais para transformá-los em algo novo e melhor. 

Refashion é uma forma de reciclagem para o melhor. Mas além de dar um novo valor, o Refashion ajuda a atualizar as roupas para o estilo atual e, assim, voltar a usá-las. Eu já tinha feito pequenas adaptações em peças para aproveitá-las mais tempo. Mas nunca tinha transformado completamente uma roupa em algo novo. 

Como fazer o Refashion?

Hoje em dia, uma dos principais desafios do refashion pode ser costurar. Fazer uma peça numa costureira pode custar bem caro. Isso quando não reclamam de ter de desmanchar uma parte da roupa para fazer uma costura. Saber costurar e usar uma máquina pode ajudar bastante. 

Para fazer projetos de Refashion você não precisa necessariamente saber costurar. Encontrei algumas ideias lindas de customização de camisetas ou calças, e que você só precisa de tesoura, linha e agulha. Pode, até, dar um toque extra adicionando pedrarias. 

Hoje eu selecionei os posts em que roupas foram totalmente modificadas. Algumas peças ficaram lindas. Dá só uma olhada. 

Vestido em casaco

Passo a passo para fazer a peça!

Vestido floral Rosa

Passo a passo para fazer a peça!

Saia azul

Passo a passo para fazer a peça!

Vestido jeans

Passo a passo para fazer esta peça!

Vestido super colorido

Passo a passo para fazer esta peça!

Vestido cinza e vermelho

Passo a passo para fazer esta peça!

Trench coat

Veja o passo a passo para fazer esta peça!

Outras ideias!

Mais sobre consumo consciente

Repetir roupas, upcycling e lowsumerism

2 Comentários
  1. eu amo transformar roupas, antigas em algo que se está usando, é fica muito bom, como cara de loja. obrigado, amei a matéria.

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Repetir roupas, upcycling e o lowsumerism!

Adoro quando alguém famoso repete uma roupa. Sério! Dou até aquele sorrisinho de canto de boca. E não consigo conter o pensamento: “Tá vendo, ela também!”. É que a vida inteira eu escutei comentários sobre a elegância de alguém e o fato de ela não repetir uma roupa. Nunca entendi direito essa relação entre elegância e desperdício. Ou tem?

Ok, ok. Sei que o comentário não se refere apenas ao estilo, mas ao poder aquisitivo de poder comprar novas roupas para cada ocasião. Mas continuava achando um desperdício, kkkk. Primeiro de looks, segundo de dinheiro.

E agora repetir está na moda. E eu estou adorando vivenciar essa mudança de comportamento. Várias mulheres elegantes estão aí pra mostrar que usar várias vezes a mesma roupa não tem problema nenhum.  

E tem mais novidades sobre esse assunto. Vocês já ouviram falar no termo Upcycling? É a reutilização criativa de materiais para transformá-los em novos produtos de melhor qualidade e/ou valor. É diferente de reciclar (downcycling, em inglês), que é reaproveitar, mas transformando em algo de menor qualidade.

É mais ou menos assim. Tem aquela blusa que você gosta, mas já cansou um pouco. Tem aquelas bijuterias que passaram um pouco de moda, mas as pedras são lindas. Upcycling é você bordar a blusa, transformando em uma roupa de noite, por exemplo. Se precisar, vale até tingir o tecido!

Aliás, eu sempre adorei roupas reformadas. Não que eu saiba fazer, porque nem sei costurar uma barra de calças. Mas admiro que tem criatividade de cortar daqui, puxar dali e transformar algo em um produto ainda mais bacana. Taí uma coisa que eu gostaria de aprender um dia.

Consumir menos

Além de upcycling, as novas tendências de moda passam por outros conceitos, que não são apenas os de estilo. Duas delas são bem interessantes: “lowsumerism” e o “slow fashion”. Hoje em dia, as pessoas não estão consumindo, mas são consumistas ao extremo, comprando muito mais do que necessitam.

O conceito do lowsumerism não é apenas consumir menos, mas consumir de forma consciente e equilibrada. O slow fashion é um movimento que se contrapõem ao fast fashion do mercado de moda atual. Bem resumido, é valorizar como e com que material as roupas são produzidas, consumindo também com consciência social.

Nem bem conheci e já gostei. Vamos combinar, né, esse processo atual de extrair, produzir e descartar precisa ter um limite. O meio ambiente não deve aguentar muito mais essa extração desordenada. Sem contar os problemas relacionados ao trabalho escravo.

Mas voltando às roupas repetidas, eu postei no Instagram uma série de fotos com celebridades usando a mesma roupa em ocasiões diferentes. Fala se é ou não é chique?

Anna Wintour
Susan Sarandon
Helen Mirren
Cate Blanchett
Rita Moreno
Michelle Obama
Kate Middleton
4 Comentários
  1. Muito bem!!! Também não vejo problema em repetir o modelito, principalmente se é bonito e estiloso. Remodelar também faz todo sentido. Parabéns aos looks da Kate Middleton e da Cate Blanchett. Elegantérrimas.

  2. Amei o post. Formei meu enteado há pouco e nao concebia a ideia de ter q fazer um vestido de festa q depois nao seria usado. Assim inspirada num look da Consuelo Blocker…que amooo.. essa dominique e sua estilista q entendeu perfeitamente a ideia fizeram uma roupa e acessorios lindos que serao usados em muitos momentos. Elegância e desperdício estao longe de serem sinônimos e reusar uma roupa que traz memórias de felicidade é inspirador.

  3. Amo quando isso acontece formei meu filho ha pouco e nao aceitava ter q fazer um vestido p ser usado somente naquela ocasiao, o q minha estilista entendeu perfeitamente, inspirada num look da Consuelo Blocker fizemos uma linda roupa com acessórios a qual será muito usada em outras ocasiões. Elegância e desperdício nao sao sinonomos ao contrario reusar aquela roupa que te lembra momentos de felicidade e alegria é inspirador.

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.