Tag: viajar com amigas

Você toparia fazer uma viagem sozinha?

Sempre amei viajar! Conhecer novas culturas, línguas, credos e, por ironia do destino, acabei trabalhando em agência de viagem.  O que, cá entre nós, foi providencial. Consegui unir uma paixão com o meu trabalho, quer melhor do que isso? 

Mas nem tudo são flores. O dia a dia de quem trabalha com turismo é bem agitado. Lidar com o público requer paciência e dedicação. Mas nesses anos, tive muitas oportunidades de conhecer lugares.

No entanto, quando eu podia viajar, a maioria das pessoas não podia ir comigo. Os filhos cresceram e nem sempre as amigas podem nos acompanhar. Então… sempre tive duas opções: perdia a chance de viajar ou viajava sozinha mesmo. Fiquei com a segunda opção, obviamente. 

No começo, algumas situações me deixavam pouco à vontade como jantar sozinha em um restaurante ou dividir passeios com pessoas que nunca tinha visto na vida. Mas como já escrevi em vários textos, vamos nos adaptando a tudo e comecei a me organizar cada vez mais e fazer do meu celular e tablet os meus melhores companheiros de viagem.

Com a ajuda deles, eu me organizava, me localizava e por mais longe que estivesse, poderia me conectar quando batia aquela saudade. Hoje eu já viajo tranquilamente sem problema algum. Viajo muito com minhas amigas também. É verdade, mas há tempos viajar sozinha deixou de ser um problema. Claro que escolho lugares seguros, normalmente com muitos turistas e pessoas a quem posso recorrer em caso de necessidade.

Mais mulheres pelo mundo

Tenho lido muitas pesquisas em turismo no nicho dos viajantes desacompanhados e praticamente 80% das reservas são feitas por mulheres. Pesquisas recentes nos EUA mostram que 72% das mulheres já viajaram sozinhas. Em muitos casos, essa opção se deve por simplesmente poderem ficar sozinhas, melhorarem sua confiança, ter liberdade e independência e, principalmente, desafiarem a si mesmas. 

Muitas tem parceiros, mas muitas vezes o destino de viagem escolhido não é interessante para eles ou não podem ir por problemas profissionais, motivo pelo qual elas vão sozinhas. Quando se fala do público solteiro, uma pesquisa indicou que as reservas das mulheres superaram quase duas vezes a dos homens (67% mulheres e 37% homens).

Advinha qual foi a faixa etária que mais cresceu ao longo desse anos? O grupo das mulheres com mais de 50 anos. Nas gerações anteriores, as mulheres relutavam em viajar sozinhas. Porém hoje, as solteiras, divorciadas, viúvas estão mais empoderadas, confiantes e  independentes financeiramente. 

Deixando as estatísticas de lado, se você quer começar a viajar sozinha, escolha períodos de curtos de tempo e lugares onde tenha mais facilidade com o idioma. Dê preferência a lugares mais movimentados, com boas opções culturais, onde certamente você se sentirá mais segura.

Além do mais, lugares muito quietos e primitivos podem dar vazão a sentimentos de solidão, insegurança, tristeza…. melhor não arriscar na sua primeira viagem, não acha? Em outro texto, falaremos de itens que vão ajudá-la a organizar a sua viagem !

E ai, se animou?

Mais sobre turismo para Dominiques:

Como se comporta cada signo do zodíaco em viagem

Os signos e as suas malas de viagem

Maria Mazza
Maria Mazza

Amo viajar e amo conhecer lugares. Sou administradora de empresas, agente de viagens na Engenhotur e Dominique claro.

10 Comentários
  1. Sozinha nunca fui, mas já tive que ficar 2 dias por perder a conexão de um voo depois de uma viagem com amigas em que voltava separada em um outro voo .
    Confesso que fiquei assustada por estar sem meus pertences pessoais ( malas ficaram para ser embarcada no próximo voo) e sozinha sem ter organizado nada , mas após várias dicas de amigas e família pude curtir a cidade : conheci museus , jantei sozinha , bati perna por lugares que nunca tinha ido e após essa experiência me aventuraria sem dúvida a viajar sozinha .

  2. Muito interessante e animador para quem está com dúvidas de vale a pena viajar sozinha ou não.
    Eu na verdade não tenho problema de ir restaurantes, cinema, shows sem companhia. Mas talvez uma viagem eu prefiro com marido, amigas.
    Claro iria sozinha se fosse minha última opção.
    Mas tenho visto exatamente como vc disse a demanda de mulheres viajando cresceu muito.
    O importante é ir viajar e se divertir muito.

    1. O ideal para primeira vez é fazer uma viagem curta, assim podemos avaliar como ficamos sem alguém ao nosso lado! Caso fiquemos bem aos poucos se aumentam os dias! Obrigada por comentar!

  3. Fui 3 vezes para Uruguai (meu test drive!), NY, Miami e Portugal! E por último, pra nossa bela Natal ❤️

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Viajar com amigas – tem algo melhor? Mas requer cuidado!

Banner_viajarViajar com amigas é tudo de bom, por isso escrevi este post.  Já viajei com várias, de todos os tipos e sei que a arte de compartilhar uma viagem é algo realmente delicado, quando não um desafio. Requer cuidado afinal pode-se perder uma amizade antiga após uma viagem mal sucedida.

Também tenho culpa no cartório, sou teimosa ao extremo, tenho mil defeitos, mas acho que algumas atitudes devem ser pensadas ao dividir uma viagem.

Há vários tipos de companhias e companhias geniais que fazem toda a viagem valer a pena, mesmo com as diferenças de temperamento e interesses.

Porém, elaborei uma listinha de itens que devem ser observados para que sua viagem não seja arruinada.

Estabeleçam o roteiro e o que esperam da viagem

Isso deve ser o primeiro passo para evitar frustrações ao longo dos dias. Para viajar com amigas, cada uma deve dizer o que espera da viagem. Uma pode querer conhecer 50 cidades em 15 dias e outra simplesmente descansar. Estabelecendo o roteiro desde o princípio, os passeios já são listados a fim de evitar posterior reclamações, possibilitando assim uma noção de valores mais próxima da realidade, ajudando cada uma a se programar financeiramente.

Permitir uma certa independência

Por mais que vocês sejam mega-amigas, existem gostos e atividades que podem ser totalmente opostos em alguns dias. Se uma quer ir à uma excursão e outra às compras, não atrapalha em nada o sentido da viagem. A ideia é que toda a viagem seja prazerosa e isso não implica que absolutamente tudo seja feito junto.

Respeito na divisão de quarto e banheiro

Mesmo que você seja hiperorganizada, não está certo abrir suas malas, já colocando seus sapatos espalhados pelo chão do quarto, usando todos os cabides para suas roupas, nem usar todos os “seguradores” de banheiro para seus casacos e jaquetas.

A pia deverá ser compartilhada, ou seja, se você tem 53 diferentes necessaires, algumas deverão ser guardadas em outro lugar, afinal tudo deverá ser compartilhado 50 % com sua amiga. Esta lei é básica e permeia toda a viagem.

Amigas Incansáveis

Há mulheres que parecem que ao acordar comem um pote de espinafre (como o Popeye), estão sempre animadas para fazer todos os passeios. São deliciosas essas amigas, mas ao longo do dia, uma outra vai parando em um cafézinho, outra vai sentando em uma igreja, enfim…ela ao final do dia ainda está a mil e as outras vão perdendo a bateria. Nesse caso, vale o bom senso, ou seja, cada uma entender os limites da outra para não haver cobranças denecessárias.

Na hora da conta

Esse é um assunto delicado, lembrando que são inúmeras contas. Para viajar com amigas, deve-se combinar antes como será a divisão, existem as que bebem, as que não bebem, as que comem mais e outras menos. Fora do país quase nenhum restaurante tem sistema de comanda individual, ou seja, a conta deverá ser rateada ao final e as taxas ainda serão incluídas.

Na última viagem que fizemos, uma de nossas amigas ficou com o caixinha. Nós colocávamos a mesma quantidade de dinheiro diariamente (ou mais de uma vez, caso fosse necessário) e na hora de pagar usávamos esse dinheiro para restaurantes, táxis, entradas em museus etc…

Ficava mais fácil para pagar. Isso porém é uma boa alternativa para quem tem mais ou menos os mesmos gostos. Quando acabava o dinheiro, completávamos o caixa. Funcionou muito bem.

Não ser queixosa, grudenta ou impositiva

Não adianta ser uma mulher independente e resolvida se para comprar qualquer coisa, você precisa da ajuda da amiga para escolher ou para ir junto ao banheiro.

Se o calor está insuportável ou os caminhos estão te deixando louca, seja sincera e fique no hotel, se preferir faça outra coisa.

Não estrague o passeio dos outros fazendo reclamações o tempo todo. Melhor ser sincera e fazer algum outro programa, se achar que não vai aguentar esse dia.

E também se resolveu levar mochilas, sacolas, maquinas fotográficas, etc.. não cabe aos outros carregar suas coisas. Cada um deve ser responsável pelos seus pertences. Mesmo que suas amigas sejam maravilhosas, não é correto dividir seus “pesos”.

Impor suas vontades também não costuma funcionar. Uma hora as amigas podem ficar cheias e o ambiente começa a ficar tenso. Ninguém quer viajar com os nervos à flor da pele.

Evitar discussões desnecessárias

Lembre-se que vocês estão indo desfrutar suas férias, ter dias agradáveis. Viajar com amigas é tudo de bom e mais um pouco. Não vale a pena ficar discutindo por bobagem. Isso torna a viagem tensa e, no final, ninguém chega à conclusão alguma.

Acima de tudo, ter uma atitude positiva e lembrar sempre o que fez vocês se unirem,  passar dias alegres na companhia uma das outras. Então todas devem fazem um esforço para que os dias sejam deliciosos e depois que a viagem terminar, verem as fotos e relembrar cada detalhe!

 

Leia mais:

A viagem que eu decidi não fazer no Edifício Esther!

Conheça a emocionante história do Galo de Barcelos, um dos símbolos de Portugal.

 

Maria Mazza
Maria Mazza

Amo viajar e amo conhecer lugares. Sou administradora de empresas, agente de viagens na Engenhotur e Dominique claro.

9 Comentários
  1. Concordo com todas as dicas…… viajar pode intensificar nossas qualidades e nossos defeitos… olhar com suavidade e respeito para a individualidade de cada um sem perder o foco do grupo….torna tudo mais leve….. !!!! Ehhh aí é só diversão….

  2. Dicas super bem vindas!!!! e viva o respeito com o outro e viva o respeito com nós mesmos e acima de tudo viva as diferenças kkkk.

    1. Carminha…A Maria é o máximo!! Escreve super bem, é uma super agente de viagens e acima de tudo é uma blaster mega amiga!! Quem precisa de mais??? Beijocas

  3. Falou tudo Mary :), mega bom! Parabéns! Que tal fazer um vídeo com as suas dicas? Quero fazer com vc 🙂 Bjbj, Re

  4. É muito bom viajar com amigas e com essas dicas fica melhor ainda. Parabéns Maria!!!!!!!!!!!!

  5. Ameiiiii …e isso mesmo !! Contribui para essa historia e foi demais !! Deu muito certo !! Saudades eternas e vamos fazer muitas mais !! ❤️uhuuuuu

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.