Tag: Faça você mesma

Um lanchinho pra chamar de seu

Quem passa o dia todo fora de casa sabe que é muito fácil cair nas tentações das comidas prontas que podem ser encontradas a cada esquina. Por isso, eu decidi manter aquele lanchinho saudável sempre à mão. Guloseimas para carregar dentro da bolsa mesmo, sabe? Caso das barrinhas de cereais que, além de práticas, são nutritivas e costumam me salvar em diversas ocasiões na correria do dia a dia.

Apesar de muitos alimentos se venderem como saudáveis, a gente sabe que não é bem assim quando se trata de industrializado. Estão cheios de açúcar e outros ingredientes que fazem mal camuflados, por exemplo. Esqueça as calorias e leia o rótulo. A gente encontra um monte de coisa que nem sabe o que é.

Então, para garantir que o que estou comendo é saudável messssmo eu decidi fazer as minhas próprias barrinhas. Já testei três receitas que se tornaram minhas queridinhas. Eu achei fácil de fazer até pra quem não tem grandes dotes culinários.

E, apesar de ser tudo natural, até as mais perecíveis como as de frutas podem ser guardadas por até sete dias.  As demais têm maior durabilidade e já consegui armazenar por bem mais de 15 dias. Mas cada caso é um caso e o ideal é experimentar técnicas variadas de acondicionamento que ajudam na conservação.

Mãos na massa, meninas!

# A de fruta é pop

Essa barrinha é a mais popular e é muito bacana porque a gente pode variar as frutas. Eu já testei com morango, banana e maçã.

Ingredientes

2 bananas cortadas em pedaços

½ xícara de aveia em flocos

1 xícara de granola

2 colheres de óleo de coco

3 colheres de açúcar mascavo

½ xícara de uvas-passas pretas sem caroço

½ xícara de mel

1/3 de uma xícara de agave

Modo de preparo

Primeiro, coloque em uma panela a banana e mexa até que ela comece a derreter, mas em fogo baixo. Logo, acrescente todos os ingredientes aos poucos: mel, uva-passa, açúcar mascavo, granola, aveia, óleo de coco e agave.

O agave é uma planta  com a qual se faz um xarope que tem a mesma quantidade de calorias que o açúcar comum, mas adoça quase duas vezes mais e atua na prevenção de diversas doenças.

Misture todos os ingredientes e, por fim, espalhe-os em um refratário untado com manteiga. Em seguida, leve-o ao forno de 30 a 40 minutos. Quando pronta, corte a receita em forma de barrinhas no tamanho desejado e embale. Rende até sete barrinhas.

#Eu só quero chocolate

Não sei vocês, mas eu sou tarada por chocolate e só de comer um pedacinho me dá aquela felicidade incrível. Daí essa opção ser uma das minhas preferidas.

Ingredientes

4 colheres de sopa de manteiga de amendoim OU 2 bananas

3 colheres de sopa de mel OU melado

6 colheres de sopa de granola

5 colheres de aveia em flocos

1/2 barra de chocolate meio amargo picada

Modo de preparo

A quantidade de cada ingrediente pode variar de acordo com o seu gosto. Sinta-se à vontade para colocar mais ou menos de qualquer um deles ;-)!

Com um garfo, amasse as 2 bananas  Pré-aqueça o forno a 180ºC.

Em uma tigela, misture primeiro a granola, a aveia e o chocolate (mas deixe alguns pedaços desse último separados, você vai usá-los mais tarde).

Depois, acrescente o mel e misture mais uma vez. Por fim, coloque a banana amassada. Lembre-se é pra misturar bastante! Tanto a ponto de você quase não ver a banana, que estará camuflada com os outros ingredientes.

Despeje essa mistureba em uma fôrma untada (sugiro óleo de coco). Alise-a, com a ajuda de uma espátula para que fique bem lisinha e decore com alguns dos pedacinhos de chocolate que estavam separados por cima.

Com uma faca, faça uma marcação superficial do tamanho das barrinhas (mas você não precisa cortá-las ainda!)

Agora é só escolher: ou leve a tábua ao forno por 30 minutos para depois cortar as barrinhas ou corte agora, envolva-as com filme plástico e deixe no refrigerador pela mesma quantidade de tempo!

#Castanhas e sementes podem!

Algumas gorduras são melhores que as outras e as oleaginosas estão nessa classe do bem. Pra melhorar, as castanhas são energéticas e grandes aliadas da saúde e da boa forma.

Ingredientes

1 col. (sopa) de mel

1 col. (sopa) de óleo de coco

2 col. (sopa) de chia

2 col. (sopa) de gergelim

8 castanhas-do-pará picadas

3 col. (sopa) de aveia em flocos

1 col. (sopa) de semente de abóbora

3 col. (sopa) de coco natural ralado

3 col. (sopa) de amêndoas

15 ameixas pretas secas picadas

Modo de preparo

Aqueça o mel e o óleo de coco até ficarem líquidos. Acrescente os outros ingredientes e misture bem.

Despeje a mistura em uma assadeira retangular forrada com papel-manteiga e leve ao forno preaquecido a 180 °C por 15 minutos ou até dourar.

Tire do forno e corte enquanto ainda estiver quente. Desenforme depois de frio.

Viu, como é simples? Com a fome saciada, não vai ser qualquer salgado ou comida processada que acabará com a nossa dieta!

Seja a primeira a comentar

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

O que fazer na hora dos jogos? – Parte II, a missão

Dominique - jogos
Não quer ver os jogos e a Copa está ai. Não se descabele? Pode ser este tempo que você precisava para começar a aprender um artesanato.

Se você é como eu que tem duas mãos esquerdas e nenhuma habilidade manual, o desafio pode ser maior, mas cá pra nós, a recompensa de conseguir também tem um gostinho irresistível!

Já comentei em outro artigo que o artesanato funciona como uma terapia. Muitos médicos e psicólogos recomendam aos seus pacientes que entrem de cabeça numa atividade manual, independente se eles tem ou não jeito para coisa.

No momento em que você se dedica a aprender a fazer um artesanato, meio que o mundo para. O mundo pode até cair, mas você está tão envolvida no processo que funciona sim como uma baita terapia, quase uma lavagem cerebral.

Então, ansiosa ou não, depressiva ou não ou apenas querendo aprender algo novo no meio dos jogos, se você não curte assisti-los, chegou o momento que você precisava.

Reuni aqui alguns dos artesanatos, passo a passo, que publicamos para que você possa escolher, se desafiar, se divertir e depois, claro, contar como ficou. Não importa se não tiver ficado perfeito. A ideia é curtir muito. E só clicar em cima do nome que você vai direto para o texto, fácil né?

Faça você mesma um leque de presente para as amigas

Dominique - jogos

O passo a passo da minha caixinha de chita

Dominique - Chita

Faça você mesma lindos arranjos de flores para a primavera

Dominique - Flores

Aprenda a fazer um lindo rato marcador de página – AMIGURUMI

Dominique - Marcador de página

Artesanato com vidros de perfume e reaproveitamento de coisas

Dominique - Perfume

Que tal fazer uma almofada em patchwork? Terapia e Fonte de Renda

Dominique - Patchwork

Agora não tem desculpa para dizer que não tinha nada para fazer além de ver os jogos.

Leia Mais:

Não quer assistir aos jogos da copa? Tem um monte de opções legais!
Avoada, eu? Agora existe oficina de memória, Dominiques!

2 Comentários

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Não quer assistir aos jogos da copa? Tem um monte de opções legais!

Dominique - Copa
1 – Que tal colocar as séries em dia e descobrir algumas novas? Aqui vão dicas bem legais, todas disponíveis na Netflix

La Casa de Papel

O Mecanismo

Louva a Deus

Como defender um assassino

Black Mirror

House of Cards

Dominique - Copa

2- Filmes imperdíveis também disponíveis na Netflix

Match Point – Saiba mais sobre o filme aqui.

A Dama Dourada – Saiba mais sobre o filme aqui.

O Melhor Lance – Saiba mais sobre o filme aqui.

Um Contratempo – Saiba mais sobre o filme aqui.

Suite Francesa – Saiba mais sobre o filme aqui.

Cartas para Julieta – Saiba mais sobre o filme aqui.

Frida – A personagem acima de tudo – Saiba mais sobre o filme aqui.

Com Amor, Van Gogh – Saiba mais sobre o filme aqui.

Nossas Noites – Saiba mais sobre o filme aqui.

Dominique - Copa

3 – Maratona Hitchcock

Psicose – Click aqui para ver o filme na Netflix

Um clássico que deu origem a uma série disponível na Netflix. Após roubar uma quantia de dinheiro, Marion Crane (Janet Leigh) refugia-se em um pequeno hotel de beira de estrada. O diretor do local é Norman Bates (Anthony Perkins), um jovem atormentado pela presença de uma mãe autoritária. Aos poucos, Marion descobre os segredos assustadores da família Bates.

Intriga Internacional – Click aqui para ver o filme no Now

Um clássico da espionagem que conta a história de um típico personagem hitchcockiano: um homem inocente confundido com outra pessoa. No caso, Cary Grant interpreta Roger, um profissional do ramo da publicidade que é confundido com um agente do governo por um grupo de espiões. Ele passa a ser perseguido, enquanto tenta provar o engano.

Disque M Para Matar – Click aqui para ver o filme no Now

Um suspense típico das produções do diretor, cheio de tensão, reviravoltas e um crime complexo. A história apresenta o ex-jogador de tênis Tony (Ray Milland) que planeja assassinar a esposa (Grace Kelly), quando descobre que ela está saindo com outro homem. Mas os planos dão errado, obrigando Tony a criar uma nova estratégia, rapidamente, para disfarçar sua responsabilidade no caso.

O Homem Que Sabia Demais – Click aqui para ver o filme no Now

A história gira em torno de um casal (James Stewart e Doris Day) em viagem ao Marrocos. Acidentalmente, Benjamin (Stewart) descobre o plano de um assassinato e passa a ser perseguido por ladrões locais.

Interlúdio – Click aqui para ver o filme no Now

Nesta trama, o mestre do suspense, Alfred Hitchcock filma uma história de amor com os grandes astros Cary Grant e Ingrid Bergman, mas logo começam a surgir investigações e crimes. Alicia (Bergman) é contratada para investigar a presença de nazistas no Rio de Janeiro, enquanto se envolve com um agente do governo.

Dominique - Copa

4 – Já pensou em fazer uma hortinha na sua cozinha?

Para dentro de casa você pode plantar em:

Vasos são alternativas práticas tanto para quem mora em casa quanto em apartamento, com várias opções de tamanhos, materiais, formatos e cores.

Embalagens recicladas: garrafas pet, latas de refrigerante ou alimentos, caixas de leite, potes de vidro.

Floreiras são ótimas para uma horta compacta em pequenos espaços.

Caixas de madeira, espaçosas e baratas, caixotes de madeira e paletes podem ser boas escolhas.

A horta vertical é ideal para quem mora em apartamento, aproveitando espaços próximos a paredes plantando em vasos, embalagens recicladas, estruturas de madeira e sapateiras.

Dominique - Copa

Salsinha

As sementes podem ser plantadas em recipientes com profundidade de, ao menos, 30 cm, para favorecer o desenvolvimento das raízes. Deixe as sementes de molho em água por um dia antes de plantá-las.

Pode ser plantada em qualquer época do ano, mas aproveite dias em que não faça calor ou frio excessivo.

Molhe todos os dias e faça adubações frequentes. Após 2 a 3 meses você pode colher, mas lembre-se que as folhas devem ser colhidas inteiras.

Dominique - Copa

Tomilho

É melhor comprar mudas de tomilho em um viveiro de plantas, porque a germinação de sementes é lenta e desigual.

O tomilho é uma planta extremamente adaptável e pode ser cultivado em locais com temperaturas entre 4°C e 28°C.

Molhe a cada dois dias, porque quanto menor a umidade do vaso em que está plantado, melhor o aroma do tomilho. É importante ficar num lugar com alta luminosidade, sendo luz solar direta por, ao menos, 5 horas diárias. Você poderá colher entre 60 e 90 dias após o plantio.

Dominique - Copa

Orégano

O plantio por semente leva tempo para o crescimento das plantas e início da colheita. A germinação das sementes costuma acontecer em duas semanas e são muito pequenas.

O orégano é bem adaptável, sobrevivendo a temperaturas mais altas ou bem mais baixas.

O solo não deve ficar seco por muito tempo nem muito úmido. O orégano precisa receber, ao menos, 4 horas diárias de luz solar direta e, quanto mais luz solar receber, mais aromáticas crescerão as folhas. Você pode colher quando a planta atingir cerca de 20 centímetros de altura.

Dominique - Copa

Pimenta

Deve ser plantada em vaso isolado já que precisa de bastante espaço para se desenvolver e em um local que não ultrapasse os 34°C.

Algumas pimentas, como a Jalapeño, precisam ser cultivadas em climas mais úmidos; outras, como a Habanero, preferem climas completamente secos. Independentemente da espécie, as pimentas se desenvolvem melhor em ambientes muito bem iluminados. A colheita da pimenta varia entre 80 e 150 dias após o plantio.

Dominique - Copa

Sálvia

Você pode usar diversos métodos de plantio. Pode plantar sementes – que podem ser um pouco mais difíceis de germinar ou comprar já a plantinha de sálvia e transplantá- um vaso.

A sálvia cresce melhor em temperaturas amenas ou mais baixas.

A planta precisa ser exposta à luz solar por, ao menos, 2 horas. O solo deve ser mantido úmido durante todo o cultivo. Se a sálvia estiver plantada em local de temperatura mais baixa, a umidade deve ser mais branda. A colheita pode ser feita entre 90 e 120 dias após o plantio.

Dominique - Copa

Manjericão

O manjericão ou basílico é uma planta anual que atinge de 30 cm a mais de 1,5 m de altura. Cultivado desde a remota antiguidade, o manjericão apresenta atualmente mais de uma centena de cultivares, e suas folhas são utilizadas como erva culinária, especialmente na cozinha italiana e na de vários países do sul da Ásia.

É uma planta que cresce melhor em temperaturas acima de 18°C e precisa de alta luminosidade, devendo receber luz solar direta ao menos por algumas horas diariamente.

Irrigue com frequência para que o solo seja mantido levemente úmido. Tanto a falta quanto o excesso de água prejudicam o manjericão.

Eliminar as flores pode favorecer o crescimento de mais folhas.

A colheita das folhas pode começar quando a planta estiver bem desenvolvida, o que geralmente ocorre de 60 a 90 dias após a semeadura. As flores também são comestíveis.

Viu quantas opções? Só assiste os jogos da copa quem quer!

Leia Mais:

A Rússia por uma Dominique! O país da Copa do Mundo – Capítulo I
Voltando para a casa dos pais… ajustes e reencontro!

Seja a primeira a comentar

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Que tal fazer uma almofada em patchwork? Terapia e Fonte de Renda

Dominique - AlmofadaVamos fazer Patchwork?

Você sabia que o artesanato tem efeitos terapêuticos comprovados para quem pratica ?Ajuda de  reduzir o stress, a controlar as emoções, estimula a concentração, preserva a memória, reduz a frequência cardíaca, combate a depressão e é um poderoso aliado para o desenvolvimento do cérebro.

Colabora inclusive para lidar com problemas e o melhor de tudo é uma excelente ferramenta para solucioná-los. Ao se dedicar à confecção de uma almofada de patchwork, por exemplo, como vamos ensinar para você neste texto, sua mente fica muito mais relaxada. E, a mente aberta facilita a análise do problema e o encontro de saídas, sem grandes sofrimentos.

Isso, sem falar, que você pode acabar descobrindo um talento adormecido que pode gerar renda. Já imaginou que demais?

A Eugenia Ghedini e professora de pathwork Angela M. F. Dias, artesãs de mão cheia, do Atelie Patchfuxique, criaram uma almofada especialmente para a Dominique e explicou, detalhadamente, cada etapa do processo para que você possa fazer a SUA almofada.

Aliás veja as coisas lindas que são produzidas no Atelie tanto no Facebook  quanto no Instagram.

Ficou o máximo! Ela ainda mostrou um ambiente antes e depois com a linda almofada. É tudo de bom.

Leia o texto, acompanhe o passo a passo e conte para a gente como foi criar e produzir sua almofada em patchwork. Mande uma foto para a gente postar, que tal?

Material:
– máquina de costura
– fita métrica, alfinetes, linha para costura, tesoura, régua 15 x 30 cm, cortador giratório, giz mágico de costura (apaga com ferro de passar)
Obs: se você não tiver os materiais de patchwork, improvise, faça um molde 15 x 15 cm em papel, risque no tecido e corte com a tesoura
– Tecido 100% algodão
– 9 quadrados de 15 x 15 cm (escolha tecidos de acordo com sua proposta de decoração e que combinem entre si)
– 45 x 45 cm de tecido de forro (algodão cru, por exemplo)
– 2 pedaços medindo 42 x 34 cm para a parte de trás da almofada (escolha um dos tecidos da frente para esse corte)
– um pedaço de manta R1, para estruturar a frente da almofada, medindo 45 x 45 cm
– 1 enchimento para almofada medindo 45 x 45 cm (pode ser comprado pronto)
– fita crepe para marcar os tecidos

Passo a passo para a frente da almofada:

1 – Corte os tecidos da frente em quadrados 15 x 15 cm.

Dominique - Almofada

2 – Com a fita crepe, marque a sequência de estampas.

Dominique - Almofada

3 – Costure de acordo com a numeração, primeiro no sentido horizontal.

Dominique - Almofada

4 – Em seguida, una as tiras, costurando na sequência desejada.

Dominique - Almofada

5 – A frente está toda costurada. Com o giz mágico, risque a 1 cm das costuras para a marcação das linhas de pesponto.

Dominique - Almofada

6 – Fixe a frente na manta R1 com o forro por baixo (algodão cru). Alinhave para prender bem as 3 camadas – frente/manta R1/algodão cru. Faça os pespontos com linha contrastante sobre os riscos marcados com o giz.

Dominique - Almofada

7 – Faça uma costura de segurança na volta toda.

8 – Alinhe o contorno, cortando o excesso de manta e forro. Sua frente da almofada deve estar com a medida de 42 x 42 cm.

9 – Pegue os 2 pedaços de tecido (42 x 34 cm) escolhido para a parte de trás da almofada. Faça uma bainha com largura de 2 cm no lado da altura, nos dois pedaços, separadamente.

Dominique - Almofada

10 – Posicione as 2 partes, sobrepostas, direito com direito, em relação com a frente da almofada. Costure a volta toda para fechar.

Dominique - Almofada

11 – Desvire pela abertura da parte de trás e encaixe o recheio por essa abertura.

Dominique - Almofada

12 – A almofada está prontinha!

Dominique - Almofada

Olha só como essa almofada pode dar uma nova vida para a sua sala de estar!

Dominique - Almofada

Gostou deste patchwork? Eu também! Estou louca para fazer a minha almofada.

Leia Mais:

Estante – Ela pode se tornar a “queridinha” do living
Todos têm direito a uma segunda chance, até mesmo os cupidos!

6 Comentários
  1. Amei! Que capricho! Vou gostar de fazer, quando sobrar um tempinho. Trabalhos manuais são uma terapia, realmente.

    1. Turna,

      A minha amiga Eugenia Guedini tem um atelier no Campo Belo. Eu acho que vocês iriam se adorar, porque as duas tem em comum o capricho, bom gosto e talento.

      beijo enorme

  2. Olá, tenho uma amiga Dominique fera nesse trabalho maravilhoso, dá uma espiadinha na página Mimos de Marli, de Marli Fernandes e babem, ela tem mãos de fada, bjs afinal somos todas Dominique!!!!

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Passo a passo para montar um maravilhoso arranjo de mesa na Páscoa

Banner - Páscoa
Chega a Páscoa e já sabemos o que nos espera no tradicional almoço de família, ai que delícia, bacalhau e muito chocolate. Mas por que não dar uma inovada e surpreender a todos com um arranjo hiperdiferente? Ninguém vai esquecer a Páscoa deste ano!

Pedi para a Manu, da Fatto Manu, elaborar um arranjo especial para essa data e ela, como sempre, surpreendeu por sua capacidade criativa e o cuidado ímpar que dedica a tudo que faz. Manu pensou em algo leve e despojado usando elementos encontrados na cozinha e no cotidiano. Você também pode abusar da sua imaginação e substituir por materiais que tiver em casa.

Materiais:

Dominique - Páscoa

Vidros de vários tamanhos
1 pacote de cenouras baby
7 varetas de churrasco
7 hastes de tulipa laranja
3 maços de lavanda
1 maço de trigo verde
Lentilha verde
Floral tape
Tesoura

Modo de Fazer:

1 – Separe os materiais. Para os arranjos com lentilha e cenoura você vai precisar de um recipiente maior e outro menor. A cenoura e a lentilha devem ficam entre os dois recipientes.

2 – Passe o floral tape nas hastes de palito de churrasco até o palito não ficar mais visível.

Dominique - Páscoa

3 – Espete a cenourinha nos palitos com cuidado para não machucar as mãos.

4 – Corte na altura compatível com o recipiente e com as flores.

Dominique - Páscoa

Arranjo com lentilha

5 – Posicione o recipiente menor dentro do maior de forma que sobre espaço nas laterais.

Dominique - Páscoa

6- Preencha com a lentilha entre os dois recipientes.

Dominique - Páscoa

7 – Encha o recipiente menor com água.

Dominique - Páscoa

8 – Coloque 2 tulipas dentro do recipiente menor com a água.

Dominique - Páscoa

Arranjo com cenourinhas

9 – Posicione o recipiente menor dentro do maior de forma que sobre espaço nas laterais.

Dominique - Páscoa

10 – Preencha com a cenoura entre os dois recipientes.

Dominique - Páscoa

11 – Encha o recipiente menor com água.

Dominique - Páscoa

12 – Coloque um pouco de trigo dentro do recipiente menor com a água.

Vaso maior

13 – Coloque um pouco de água em um vaso grande e preencha com os maços de lavanda.

Dominique - Páscoa

14 – Adicione as tulipas e as hastes com cenourinhas da forma que preferir, distribuindo-as bem em todo o arranjo.

Dominique - Páscoa

15 – Pronto! Use como um trio decorativo! Você pode replicar os arranjos em diversas variações.

Dominique - Páscoa
Gostou do arranjo? Tenho certeza que a sua Páscoa será mais renovada ainda com essa linda decoração.

Leia Mais:

Dia de São Longuinho – Quem nunca deu três pulinhos?
Tom & Jerry & Lewis – Deliciosas lembranças daqueles sábados

2 Comentários

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.