Beleza

Colágeno pra que te quero!

O desespero para manter uma aparência jovem faz a gente fazer cada coisa, né não? Não à toa, produtos com colágeno já abarrotam as gôndolas dos supermercados. Há opção para todos os gostos e bolsos: balas, cápsulas e bebidas que prometem rejuvenescer, hidratar, purificar e até aliviar o estresse. Só que, vamos falar a verdade, funcionam em pouquíssimos casos. Porque não há uma dosagem suficiente. Simples assim.

A verdade é que para que o colágeno seja bem aproveitado é preciso  suplementação, além de associá-lo a uma alimentação balanceada. Porque o organismo precisa de outros nutrientes combinados para que o efeito dele seja eficiente.

Na prática, é preciso uma sopa de letrinhas de vitaminas como A, B e C, entre outras, combinadas. E a medida varia de Dominique para Dominique. É sério!

O que dá pra fazer pra ajudar a natureza é se alimentar bem. Sabia que tem colágeno em alimentos de origem animal como carnes e gelatinas?

Agora estou cansada de ouvir gente anunciando aos quatro cantos que toma colágeno como se fosse o elixir mágico da beleza quando na verdade está mesmo é jogando dinheiro fora. Mas quem sou eu pra eu julgar.

Sempre fui adepta do colágeno e doidinha por qualquer novidade milagrosa. Masssss como eu disse não é tão simples uma reposição eficiente.

Vale a pena?

Sim! Só que não existe receita pronta e generalizada para repor todas as perdas que ocorrem com o passar dos anos. Amiga! Cada uma tem um estilo de vida…

Um programa alimentar precisa ser individualizado e reavaliado regularmente. Por isso, vale muito a pena procurar orientação de  especialistas. Uma nutricionista ou uma dermatologista vão dar a medida ideal.

É claro que o colágeno é de extrema importância pra gente! Ele garante força e mobilidade para diferentes partes do corpo porque é um composto de proteínas presente na estrutura humana. Mas vai deixando de ser produzido gradativamente com o passar dos anos.

Sua principal função é dar suporte e sustentar a estrutura da pele, prevenindo a flacidez e o aparecimento de rugas.

Então, além de deixar a pele mais firme e bonita, o colágeno também é importante para a função de sustentação das células, atua na cicatrização e contribui para a integridade e o funcionamento normal dos ossos, músculos e cartilagens.

Mas a derrocada começa cedo:  a partir dos 30 anos a produção pelo organismo cai, em média, 1% ao ano. E, depois dos 50 anos, a perda é mais acelerada, principalmente nas mulheres.

Sabe quando o contorno do rosto começa a mudar? Pois é! É nessa hora que dá pra perceber que o processo acelerou.  As rugas aparecem e as bochechas e pálpebras parecem cair.

Então, sabendo disso tudo, eu decidi não abrir mão do meu coquetel de cápsulas matinais.   

E vocês? Têm algum tipo de receita milagrosa para se manter bem?

Seja a primeira a comentar

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Férias? Veja minhas dicas para ficar arrumadinha na praia

Dominique - Praia
É colega. Foi-se o tempo que a gente ia pra praia com Noskote no nariz, tomava sol, depois passava um Caladril nas costas, Neutrox no cabelo e saía de cara lavada pra rua paquerar com aquela saia curtiiiinhaaaa. Lembra? Ah! Foi-se o tempo…

Não dá mais, bela! Temos sim que dar um tapa no visual na praia. Não adianta reclamar!
A não ser que você realmente não ligue, seja imortal como Bruna Lombardi (você viu a foto dela de calcinha?) ou esteja numa praia deserta de verdade, deserta meeeesmooooo, só você e seus pensamentos, sem espelho inclusive.

Tá bom, tá bom. Estou exagerando.
Mas se nossa vida está mais complicada por um lado, por outro, sei que muitas coisas foram simplificadas.
Ir para praia hoje é muito mais simples e fácil do que quando éramos adolescentes.
E vamos combinar, estamos batendo um bolão. É só uma dica. Ou duas.

Conforto é importante. Importantíssimo. Eu, por exemplo, não consigo usar nada com cós ou zipper.
Nada que grude no meu corpo ou me aperte depois do banho.
Então abuso dos vestidinhos soltinhos de malha de enfiar pela cabeça.
Kaftans curtos e longos nos favorecem pra burro. Não marcam nada e, por vezes, até emagrecem.

Tudo roupa gostosinha, fresquinha e soltinha. Só cuidado com as roupas de linho e de algodão.
Apesar de frescas, elas armam e podem nos fazer parecer um balão de festa junina.
Eu, pelo menos, me sinto assim.

Mas aí vem o capítulo sutiã.
Afff, aperta tudo. Sem falar aqueles com aros.
Bom, nessas lojas de meia, tipo Lupo, Hope, etc, tem uns sutiãs supermacios que vestimos também pela cabeça, sem fecho, sem costura e sem aro.
Não apertam nada. Incomodam zero.
Também não sustentam lá grande coisa.

Vamos falar de cabelo?
Ah! Agora vai longe. Não sei o seu, mas o meu é só descer a serra que o danado parece que fermenta.
Cresce, se avoluma, encrespa.

Ok. Pode até ser bem bacana.
Mas e quando ele arrepia e espeta????
Parece uma vassoura de piaçava.

Solução? Claro que tem e passa longe do secador e da chapinha, né colega? Tá louca? Isso seria tortura chinesa!

Dominique - Praia

Vamos lá. Rabo de cavalo. Ou qualquer forma de cabelo preso.
Você estará queimada, linda!!!!
Passe um gel para ele não secar e ficar com a frentinha arrepiada. É tudo de bom.

Na verdade, quando faço rabo de cavalo, gosto de amarrar um lencinho, para dar volume perto do pescoço, sabe como é? (Veja ao lado).

Odeio a sensação de ter uma cabecinha lá em cima balançando. O volume do cabelo me faz muita falta.

Outra jeito de controlar a juba é com produto bom e com uma tiara ou faixa.
Com o cabelo ainda molhado, coloque uma tiara ou uma faixa esticando a maledeta da frentinha.
Aí, passe aqueles produtos caríssimos nas pontas e amasse.
Eles prometem tirar o tal do frizz e deixar os cachos bonitos.
Quando o cabelo estiver seco, tire a tiara. Vai cair bacaninha.
Mas vai continuar com cara de juba, tá?

Maquiagem é importante. Mas de noite use muito, muito, muito pouco. Vou repetir, muito pouco.

Tá bom. Eu sei…
De manhã acordamos com os cabelos completamente descontrolados, a cara amassada e eu pessoalmente evito o espelho.
Mas por que você acha que inventaram os óculos escuros?
Queridaaaaaa, é justamente para estas horas. Coloque e só tire às 20h00. Com sol ou chuva.

Sapatos. Adoooooooroooo andar descalça. Eu costumo tirar o sapato na hora que chego na praia e só volto a calçá-lo quando desço do meu carro em São Paulo. Demoro uns 3 dias para conseguir calçar algo que não não seja aberto atrás.

Mas gente, o importante mesmo é aproveitar, andar na areia, entrar no mar, tomar sol e ser feliz.

Sem neuras e sem nóias.

Não sei você, mas eu sou mais feliz na praia, de qualquer jeito. Aproveite!

Leia mais:

Natal mais divertido de toda minha vida – Graças ao Papai Noel!
Quem disse que roupa tem que ser branca no Reveillon?

Eliane Cury Nahas
Eliane Cury Nahas

Economista, trabalha com tecnologia digital desde 2001. Descobriu o gosto pela escrita quando se viu Dominique. Na verdade Dominique obrigou Eliane a escrever. Hoje ela não sabe se a economista conseguirá ter minutos de sossego sem a contadora de histórias a atormentá-la.

8 Comentários
  1. Me identifiquei muito!!!! Cabelo estilo juba, domesticado com faixa, chapéu, presilha.
    Cara amassada disfarçada com mega óculos de sol – no melhor estilo celebridade – mas com um bom rímel à prova d’água pra dar uma levantada. Vestidos soltos, ok.
    Só não combino com sutiã sem fecho, sem aro e sem bojo… mas isso não me incomoda!

    Bjs

  2. Adorei suas dicas,fiquei mais tranquila de também preferir vestidos soltinho
    Ufa ..nao estou sozinha!!

  3. Meu JEITINHO de curtir uma Praia.
    Tenho a sorte de morar a uma quadra do mar.Fica tudo mais fácil.
    Menos é mais.Valeu a dica.Feliz Ano Novo.bjs.

  4. Gostei você é muito realista nos comentários sem falar que é uma pessoa extrovertida e feliz parabéns

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Desproteja-se no verão! Nem que seja só um pouquinho…

É protetor solar, protetor labial, protetor de cabelo, óculos escuro, chapéu… Para. É tanto protetor que a gente precisa se desproteger um pouco de vez em quando e simplesmente deixar o sol entrar na mente. E o essencial do verão é ser feliz!

Sabia que para conseguir repor a vitamina D, a gente precisa tomar ao menos 15 minutos de sol sem protetor solar ?  Taí um bom motivo!

Li por aí que o melhor horário pra tomar sol é quando a sombra do corpo é menor que a própria altura. Assim, a posição do sol também influencia na produção da vitamina D. Isso normalmente acontece depois das 10h da manhã e antes das 16:30h da tarde.

Agora, eu tô cansada de saber que preciso de vitamina D para garantir ossos fortes. Eu tô mesmo atrás dos raios solares que provocam bom humor, energia, alegria…

Nesta estação do ano, parece que todos ficam mais bonitos e bem-humorados, não é?

E que tal andar um pouco descalça?  É uma sensação de liberdade! E, acreditem, traz benefícios para a saúde. Descobri vários, mas só de exercitar e fortalecer os músculos do pé está de bom tamanho, porque é preciso resistência para suportar o corpo inteirinho.

É lógico que não vou sair por aí pisando em qualquer lugar e nem me expondo ao sol do meio-dia. Mas com responsabilidade é possível curtir muito mais, sem medo de ser feliz.  

Afinal, é uma época deliciosa para praticar atividades ao ar livre, aproveitando cada pedacinho da natureza e a companhia dos amigos e da família.  É época de praia, festas, férias e fugir da rotina…

Ah, o verão é tudo de bom, né?

Seja a primeira a comentar

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

A minha dieta pré-festas pra salvar o final de ano

Tem horas que dá vontade chutar o balde. Mas aí eu lembro que quem tem de emagrecer depois sou eu mesma. Então para curtir a temporada de comilança de final de ano numa boa, nada melhor que se prevenir em vez de remediar. Que tal um detox pré-festas?

Gente eu vou contar um segredo pra vocês. Eu sofro de ansiedade, como a maioria que habita este planeta, e desde que adotei esse dieta antecipada minha vida tá bem melhor.

Já chego na primeira semana de janeiro com tudo, pronta pra focar em prioridades que vão além do corpo. 

Nessa pegada ainda, olha só que bacana esse cardápio feito para praia que ajuda a gente a seguir despreocupada com os afazeres mais chatinhos da temporada. Ebook Cardápio Praia Dominique. 

Eu sei, eu sei! É difícil seguir uma dieta até no dia a dia quando estamos livres das tentações sazonais… Mas a culpa é dos especialistas! Quem manda mudarem toda hora de ideia sobre quais elementos são proibidos.

Quem é o vilão atual? 

Num dia o vilão é o ovo, noutro é o queridinho. Depois,  mandam contar calorias. Em seguida, não importam mais calorias, mais vale o jejum intermitente ou cortar carboidratos por dois dias. Não sei vocês, mas me dá um cansaaaaço!

O fato é que sempre dá pra falar sobre educação alimentar por horas a fio. Ainda mais porque tudo muda o tempo todo, plagiando Lulu Santos! Kkkk E a gente fica como?

Perdidona, sem saber o que pode e o que não pode. Minha sugestão é não passar vontade. Com moderação, tudo é permitido. E dá pra comer e beber bem e manter a forma sim!


Minha receita é dar uma controlada antes do Natal e do Ano Novo. É complicado com tanta confraternização rolando, mas é possível.

A ceia é o menor dos pecados

Eu tenho cá pra mim que a ceia é o menor dos pecados. São as confraternizações as maiores culpadas pelos quilitchos a mais que ganho nessa época.

Por isso, de uns anos para cá, nas duas semanas que antecedem o Natal, evito alimentos muitos gordurosos, como bacon, frituras e maioneses, e dou preferência a comidinhas como saladas, legumes, frutas e carnes brancas e magras.

Trocar os drinks por coquetéis não alcoólicos também é uma boa pedida.  Eu tenho abusado dos chás gelados. Super refrescantes!

Isso não quer dizer que você não possa brindar com aquele espumante delícia! Mas lembre-se que são só por alguns dias que antecedem as festas e dá para aguentar! Agora, eu tenho uma amiga que não abre mão de beber, então a opção é reduzir a quantidade ingerida.  Uma tacinha está de bom tamanho.

Experimenta criar as próprias regras! E boas festas sem se privar de nada do que é bom nessa vida.

Seja a primeira a comentar

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Boné ou chapéu? Sabendo usar podem ser charmosos e estilosos

Eu até gosto de boné!  Pode ser fashion sim, quem disse que não? Fica despojado, quebra a seriedade e dá um tom moderno ao visual. Agora, nada contra os chapelões sofisticados que dão aquele charme sem deixar de proteger a gente dos verões cada vez mais escaldantes.

Sempre relaciono o calor ao inferno. Tem gente que acha um castigo essa coisa de ficar bronzeada e com marquinhas. Ok, respeito. Eu amooooo. Adorooooo. Mas não quer dizer que deva.

Tenho amigas que passam protetor solar no pé dentro de casa para não ter o biquininho do chinelo de dedo. E na praia, se pintar marca, mandam ver na base mesmo! Eu jamais faria isso. Simplesmente não é da minha índole kkkk. O sol me alimenta e me faz bem pra alma.

Mas também não sou louca, né? O rosto pelo menos eu protejo. E um boné ou um chapéu mega estilosos me dão o incentivo necessário.

Olha só algumas  dicas e modelos que podem compor aquele look bacana em diversas ocasiões e momentos do dia.  E vamos combinar que podem se tornar uma opção estilosa ou excêntrica até na cidade para proteger do sol que não dá tréguas?

Boné tipo viseira.

Eu gosto inclusive dos modelos com cara esportiva, mas existem versões sofisticadas com aplicação de pedrarias ou feitas de materiais inusitados como tressê. Mas este aqui é feito com tecido UV, ou seja, uma mega proteção contra raios ultra violetas. Existe uma loja que só  vende produtos deste material. É A UV LINE.

 

Floppy

Com formato arredondado e abas largas e moles, o chapéu floppy é feito a partir de uma única tira de tecido plano e grosso. Pode ou não ter uma faixinha ao redor da circunferência. O modelo vai bem com produções boho e também com looks monocromáticos.

 

Summer Hat

Mais comum nas praias, o chapéu de verão é feito quase que preferencialmente de palha, tem recortes que deixam a cabeça respirar e abas largas. Pode ser trazido para a cidade com um vestido estampado, por exemplo. Os coloridos estão super em alta!

Fedora

Clássico, com a aba mais curta. Prefira as cores mais neutras como cinza, cáqui, preto e branco. Só evite os de feltro, que esquentam demais. Fica super chique com looks masculinos e de salto alto.

Panamá

O clássico chapéu bege com faixinha preta: não tem erro. Para um look mais moderno, escolha modelos texturizados e combine com macaquinhos ou short jeans, camiseta e botinhas curtas.

Gostou? E aí, qual vai se tornar seu queridinho do verão?

 

Veja também:

Como ficar arrumadinha na praia

Seja a primeira a comentar

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.