Tag: Gastronomia

O livro de receitas das Dominiques

Você já está participando do nosso Grupo das Dominiques? Está super movimentado, todo dia tem uma novidade por lá. Foi no nosso grupo que surgiu a ideia de criarmos O Livro de Receitas das Dominiques. As únicas regras para enviar os cardápios foram: ser light e ser para servir no jantar. 

Muitas Dominiques aderiram ao nosso projeto em grupo e enviaram as suas sugestões de pratos com baixa caloria. Outras apoiaram a iniciativa e já querem guardar as receitinhas. Eu também adicionei algumas ideias de comidinhas que eu gosto muito. A partir de agora vamos transformar esse post no nosso livro de receitas. O que você acha? 

A opção pelos alimentos leves no jantar tem uma explicação. E se você é Dominique pode se identificar com os motivos. O primeiro deles refere-se às mudanças físicas e nutricionais que passamos após os 50 anos. Além disso, precisamos ingerir quantidades ideais de alimentos e redobrar a atenção para a qualidade nutricional.

Acho que 10 entre 10 Dominiques vão concordar. O acúmulo maior de gordura abdominal preocupa algumas mulheres e o ganho de peso geral tira muitas outras do sério. Mas não precisa perder a cabeça, o sono e nem viver só de alface! O caminho é selecionar um cardápio balanceado e muito saboroso. 

Cardápio para as Dominiques

A seguir você verá algumas receitas minhas e outras compartilhadas pelas Dominiques no nosso grupo. Tem algumas super originais, nunca tinha experimentado. Deu água na boca!!!

Omelete de Berinjela

Salada de Atum com Abacate

Frango com molho Teriyaki

Torrada de batata doce

Espaguete de Abobrinha

Salmão Mediterrâneo

Crepioca Light

Mais posts com receitas

Cardápio de praia

Receitas com bacalhau

2 Comentários

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Acompanhamentos diferentes para caprichar no fondue

Fondue um não é um prato, mas sim um momento, onde podemos compartilhar a mesma travessa, dividir, saborear, curtir e ficar bem perto das pessoas que gostamos. Todos se servem da mesma panela e para nossa surpresa além das que conhecemos os tradicionais Fondue de queijo e chocolate , podemos surpreender e aumentar o prazer desse momento com opções criativas.
Receita básica de fondue:

Fondue de queijo

  • 1 dente de alho cortado ao meio
  • 300g de queijo gruyere ralado no ralo grosso
  • 200g de queijo emmenthal ralado no ralo grosso
  • 200g de queijo estepe ralado no ralo grosso
  • 120ml de vinho branco seco
  • Sal a gosto
  • Pimenta-do-reino a gosto
  • Noz-moscada moídas a gosto

O segredo está nos acompanhamentos:

  • Linguiça fina grelhada
  • Mini batatinhas
  • Flor de brócolis cozido
  • Cogumelos paris cozidos
  • Pão cortado
  • Cubos de goiabada para sobremesa

Fondue
Fondue de Pizza

  • 1,5 kg de tomate
  • 1 cebola picadinha
  • 2 dentes de alho
  • orégano
  • 80 ml de azeite
  • manjericão
  • sal e pimenta a gosto

Em uma panela , refogar a cebola e o alho no azeite, bater o tomate no liquidificador peneirar e acrescentar no refogado, colocar orégano , sal e pimenta, deixar cozinhar até apurar e ficar levemente grosso.
Na panela de founde esfregar o alho , colocar o molho e 1 galho de manjericão.

Acompanhamentos:

  • Pão cortado
  • Focaccia
  • Mussarela de búfala cerejinha
  • Queijo coalho cortado

Fondue queijo
Fondue de queijo de cabra

  • 1 dente de alho
  • 300 grs de queijo cablanca ralado
  • 200 grs de queijo de cabra bolinha
  • 200 grs de pecorino
  • 100 grs de cream cheese culinario
  • 120 ml de vinho branco

Esfregar o dente de alho, colocar o queijo para derreter a aos poucos acrescentar o vinho, temperar com sal e pimenta do reino a gosto.

Acompanhamentos:

  • Batatinhas
  • Pães cortados
  • Tomatinho cereja
  • Uvas
  • Peras
  • Couve flor

Fondue Frutas

Sandra Vial Marchi
Sandra Vial Marchi

Chef da Grão Gastronomia (http://graogastronomia.com.br) é formada em Engenharia e Gastronomia. Sua vida gira em torno da descoberta de novos sabores e combinações, seja no seu cotidiano ou nas suas viagens mundo afora, Sandra está sempre em busca de experimentações gastronômicas.

2 Comentários

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Os Sabores do Palácio – Um delicioso filme na Netflix

Banner_Os Sabores do PalácioHoje comento Os Sabores do Palácio, um filme belo que é uma delícia de se ver, disponível na Netflix.

Dirigido por Christian Vincent, o longa permite passar duas horas de mágico prazer gastronômico.

A trama verídica mostra o período no qual Danièle Mazet-Delpeuch trabalhou na cozinha particular do Palais de l`Élysée, residência oficial do então presidente francês, François Miterrand.

Danièle não era somente uma interiorana que foi enviada à Paris numa missão especial.  A francesa revigorou o setor da produção de foies gras, além de ser uma pioneira na organização de estágios para estrangeiros na iniciação em french cuisine.

O início do longa se passa, anos mais tarde, no Arquipélago de Crozet, na Base Científica Alfred Faure, onde a chef cozinhou por um ano, sendo que a narrativa volta algumas vezes sem explorar muito esses momentos.

Um dos aspectos mais interessantes do filme é justamente mostrar a relação de Hortense com o regente da França que se dá pelo gosto em comum pela simplicidade em várias questões: entre elas a culinária.

Interna_Os Sabores do PalácioMuito bom em Os Sabores do Palácio (Les Saveurs du Palais) é perceber que não há maior prazer do que o de redescobrir o gosto simples das coisas. Equiparado a ele, só o deleite causado pelos pratos elaborados no filme que são de uma perfeição capaz de encher os olhos e a boca de água. O feito se dá ao trabalho de famosos chefes franceses, como Guy Legay (do Hotel Ritz de Paris) que ajudaram na parte técnica do projeto.

O maior destaque fica por conta da protagonista, Hortense Laborie e sua sempre notável intérprete que construiu uma personagem que exala vigor e personalidade forte. Por seu trabalho em Os Sabores do Palácio, Catherine Frot recebeu sua nona indicação de Melhor Atriz no César, o Oscar Francês.

Méritos não faltam já que ela incorpora a personalidade da cozinheira mesclando doçura, petulância e certa neurose sobre a realização das refeições do presidente.

O fato de ter um cargo importantíssimo no Eliseu parece ter aumentado muito seu ego. No entanto, ela jamais poderia fraquejar, pois desde o início sofreu hostilidade da cozinha central, formada unicamente por homens que a olhavam de cima para baixo com ar de deboche. Impor-se em um meio masculino não é para fracas.

Os diálogos entre Hortense e seu assistente Nicolas (Arthur Dupont, que soube aproveitar muito bem seu papel) vão encantar os amantes da gastronomia.

“Os Sabores do Palácio” pode agradar tanto a quem gosta de cozinhar quanto aqueles que apenas degustam, mas apreciam a bela e meticulosa preparação dos pratos, como também agradará aos que gostam simplesmente de uma história bem contada.

Vale a pena conferir!

Sem dúvida um ótimo entretenimento! Os Sabores do Palácio – Cozinha de Excelência.

Trailer:

Leia mais:

Perfeitos Desconhecidos – A verdade através dos celulares na Netflix 

A Amante – Autoaceitação e busca da liberdade, um drama imperdível

 

2 Comentários

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Nutrição funcional – Uma excelente arma para driblar os sintomas da Maspassa…a danada da menopausa

Dominique - maspassa

Você já ouviu falar em Nutrição Funcional? Pode ser uma excelente ferramenta para combater os sintomas da Maspassa.

A Nutrição Funcional analisa cada pessoa particularmente, pois cada indivíduo tem suas características, doenças e necessidades. Não é toda dieta que serve para todo mundo.

A anamnese inicial é acompanhada pela análise de exames que indicam se há excesso ou carência de nutrientes e os desequilíbrios nutricionais podem gerar inúmeras doenças como diabete, fibromialgia, artrite, obesidade, depressão, osteoporose entre várias outras, além de agravar sobremaneira os sintomas da menopausa.

A chef Carol Ribas é uma apaixonada pela cozinha e vem desenvolvendo receitas fantásticas em conjunto com uma nutricionista funcional. Pensando em nós, Dominiques, a Carol fez uma pesquisa para elaborar pratos fáceis e gostosos que ajudam a combater os fogachos, a insônia, a fadiga, a depressão que a tão temida menopausa traz para a maioria das mulheres.

Agora ninguém nos segura! Prepare-se para as primeiras deliciosas receitas de muitas, receitas antimenopausa para  aliviar os sintomas da Maspassa!

Dominique - Maspassa

Granola salgada

1 xícara de chá de aveia em flocos grossos
1/2 xicara de chá de nozes
1/2 xicara de chá de amêndoas
1/2 xicara de chá de castanha do Pará
1/2 xicara de chá de castanha de caju
1/2 xicara de chá de semente de abóbora
1/2 xicara de chá de semente de girassol
1/2 xicara de chá linhaça
2 colheres de sopa de gergelim branco torrado
2 colheres de sopa de gergelim preto torrado
2 colheres de sopa de levedura de cerveja
1 colher de chá de sal
1/3 de xicara de chá de azeite
Páprica picante a gosto
Curcuma a gosto

Modo de Fazer

Misture todo os ingredientes, coloque numa assadeira e leve ao forno a 180 graus por 30 minutos, mexendo a cada 10 min para não queimar. Armazenar em potes vedados por até 30 dias. Pode ser usadas para acompanhar saladas, sopas ou como preferir.

Dominique - Maspassa

Sardinha Mediterrânea

10 sardinhas limpas
5 dentes de alho
1 limão siciliano
1 pimenta vermelha fresca
1 maço de salsinha
Azeite e sal a gosto

Modo de Fazer

Coloque as sardinhas na assadeira com a pele para baixo, tempere com sal, raspas da casca do limão, a pimenta cortada em roledas, salsinha picada bem fininha, por último esprema o limão e regue com azeite. 10 minutos de forno a 200 graus e está pronto!

A sardinha é um peixe barato e rico em Ômega 3, um ótimo substituto para variar o consumo de salmão que muitas vezes é de cativeiro, alimentado com ração colorida e não tão saudável quanto se pensa.

Dominique - Maspassa

Sorvete de banana, cacau e amêndoas crocantes

2 bananas picadas em rodelas congeladas
1 colher de sopa de cacau 100%
1 colher de sopa de mel (opcional)
1 colher de sopa amêndoas em lascas

Modo de Fazer

Coloque as amêndoas numa frigideira em fogo baixo sempre mexendo ate ficarem douradas e reserve. Elas ficam crocantes depois que esfriam.

Coloque no processador as bananas, o cacau e o mel. Bata até formar um creme bem homogêneo. Coloque num pote de plástico e volte ao freezer por 10 minutos para firmar.
Sirva com as amêndoas e nibs de cacau.

Quer forma mais gostosa para aliviar os sintomas da maspassa? Eu estou louca para fazer! e você?

Leia Mais:

Ponchos de verão são fantásticos para acabar com o drama da regata
Mil dicas para não viajar na maionese e fazer a viagem dos seus sonhos!

Carol Ribas
Carol Ribas

Sempre fui apaixonada por cozinha. Com o nascimento da minha filha, buscando unir qualidade de vida e satisfação profissional, deixei o mundo corporativo para realizar um sonho. E assim nasceu o @carolnacozinha, onde compartilho as receitas que faço para mais de 18 mil seguidores. Ao longo destes anos, com base em pesquisa, estudo e muita criatividade, desenvolvi receitas exclusivas e uma linha de produtos artesanais, sem açúcar refinado e sem conservantes. Criei um buffet com cardápio saudável e colorido para festas e eventos. Faço consultoria de cardápio em parceria com uma nutricionista. Também participo de eventos como chef convidada e ministro aulas particulares e em grupo. 

1 Comentário

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Receitas de comidas congeladas que facilitam o dia a dia

Dominique - comidas congeladas
Hoje é dia de comidas congeladas!

Vamos falar a verdade, não é fácil cozinhar todo santo dia, ainda mais para quem não domina a arte da gastronomia.

Para facilitar um pouco a vida das Dominiques, pesquisei algumas comidinhas que podem ser facilmente congeladas.

São dicas bem simples e que quebram um galho e tanto no dia a dia:

FEIJÃO
Corte bem picadinho 3 alhos e 1 cebola, juntando 4 folhas de louro. Gosto de refogar com azeite na panela de pressão. Acrescente meio pacote de feijão (500 gramas), sal e pimenta (se for do seu gosto). Coloque água até cobrir ao menos dois dedos acima do feijão e tampe a panela. Depois de levantar a pressão, deixe por aproximadamente 35 minutos.
Você pode turbinar esta receita juntando linguiça e paio em rodelas na hora do refogado. Depois siga o mesmo procedimento.
Deixe esfriar, coloque em embalagens individuais (vendidas em casas de embalagens) e pronto. Você terá feijão por um bom tempo.
Na hora de descongelar, acrescente um pouquinho de água no potinho.

FRANGO DESFIADO
Compre 1 quilo de filé de frango. Lave, tire a gordura, se tiver, e deixe 10 minutos com limão espremido para tirar qualquer cheiro.
Corte 2 alhos e 1 cebola e refogue com azeite na panela de pressão. Acrescente aos poucos os filés de frango e deixe dourar um pouco. Acrescente água até a boca da panela, junte sal e deixe cozinhar depois de levantar a pressão por 40 minutos.
Espere esfriar, escorra a água, coloque uma tampa comum na panela e sacuda vigorosamente. É incrível, o frango fica todo desfiado.
Depois de separar em potinhos individuais, leve ao congelador.
Em um dia você pode misturar com requeijão, no outro com molho de tomate, no outro com creme de leite ou simplesmente puro!
Ideal para rechear panquecas, tapiocas e pastéis de forno.

ARROZ INTEGRAL COM ARROZ NEGRO
Refogue 1 dente de alho e 1 cebola picadinhos no azeite em um panela. Junte 350 gramas de arroz integral e 150 gramas de arroz negro. Coloque 7 xícaras de chá de água, sal a gosto e deixe cozinhar com a tampa semiaberta.
O arroz integral e o arroz negro demoram mais para cozinhar do que o arroz branco, mas fique atenta ao ponto do cozimento, algo em torno de 35 minutos, dependendo do fogão.
Depois de esfriar, coloque em potinhos e leve ao congelador.
Quando for comer, pode acrescentar ervilha, palmito, tomate cereja picadinho, queijo ralado. Dá uma turbinada e fica supergostoso.

GRÃO DE BICO
Deixe um pacote de grão de bico de molho de noite. Na manhã seguinte, ao esfregar os grãos a pele vai soltar. Jogue fora as peles.
Faça um refogado na panela de pressão com 2 alhos e 1 cebola. Junte o grão de bico e refogue junto.
Depois acrescente água até cobrir bem o grão de bico e deixe por 15 minutos após levantar a pressão. Verifique se o grão está macio.
Deixe esfriar e acrescente cebola picada e tomate picado, fica perfeito para uma salada.
Depois de separar em potinhos individuais leve ao congelador.
Para dar uma incrementada, você pode também acrescentar lascas de bacalhau que já são vendidas prontas no supermercado.

KIBE DE FORNO
Deixe de molho, por no mínimo 1 hora, 250 gramas de trigo para kibe (bastante água). Depois escorra bem. Com o trigo seco, misture 300 gramas de carne moída, 2 colheres de sopa de manteiga, 1 cebola em cubinhos, 2 dentes de alho, hortelã, sal e pimenta (moída na hora é melhor).
Coloque a mistura em um refratário untado e leve ao forno por 40 minutos.
Espere esfriar, corte em quadrados e congele as porções.
Você pode comer com iogurte, com salada e vale a pena caprichar na mostarda, fica uma delícia!

ALMÔNDEGA LIGHT
Corte uma cebola em pedaços grandes e bata no processador ou liquidificador com uma clara. Acrescente um dente de alho, sal, salsinha e farelo de aveia ou pão integral picado. Junte esta mistura a 500 gramas de carne moída. Faça as bolinhas e leve ao forno por 20 minutos.
Depois de esfriar congele em porções individuais no freezer.
Ao descongelar você pode escolher acrescentar molho de tomate ou simplesmente comê-las com uma salada ou legumes.

BANANA E MORANGO QUANDO PASSAM DO PONTO
Quando a banana amadurece demais, você pode cortá-la em rodelas e guardar em potinhos no freezer. A mesma coisa com o morango.
Depois é só bater a banana com o morango, fica um sorvete delicioso!

Você sabia que estas coisas podem ser congeladas?
  • Manteiga pode ser congelada por 3 meses.
  • Queijo ralado pode ser congelado por até 4 meses.
  • Pães podem ser congelados e depois colocados no forno por 10min para ficarem fresquinhos.
  • Leite pode ser congelado durante 1 mês. Descongele na geladeira e agite bem antes de usar.
Essas são as minhas dicas de comida congelada. Você tem mais alguma? Compartilhe com a gente.

Leia mais:

Desmistificando o medo de fazer bolo. Veja a receita!
Comfort Food é a melhor coisa para aqueles dias tristes

3 Comentários

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.