Faça você mesma

Eu quero menos check-ups e muito mais check-ins!

Pronto. Está decidido. Quero fazer menos check-ups e mais check-ins! É isso mesmo. Acabei de renovar o meu passaporte e estou disposta a me organizar para rodar mundo afora. E sabe que não é preciso gastar tanto dinheiro assim para se divertir numa viagem?

Te digo que o planejamento é tudo!  Tem muita Dominique viajando e conhecendo lugares incríveis e so-zi-nhas! Além disso, compartilham moradia e conhecem pessoas… Nada da frieza dos elevadores dos hotéis.

Então, por que não?

Vamos combinar que a companhia de uma amiga pode ser fantástica, mas também pode se tornar um desastre dependendo do humor de ambas. E se estiver sem namorado, melhor ainda…

As possibilidades de encontrar alguém nessa jornada são enormes!

No começo é natural ficar receosa sim! Afinal, eu sou do tempo em que mulher viajar sozinha seria inviável…Mas nada mais natural que acompanhar as mudanças do mundo.

É o caso dos Nômades Seniores, cuja aventura rendeu até livro.  

Pra ter mais tranquilidade resolvi pesquisar bem direitinho as aventuras mais em conta e como viabilizar essa viagem solitária. E achei muita coisa legal, inclusive gente que faz da diversão um projeto.

Como escrevem Debbie e Michael Campbell no site, eles são de Seatlle, Washington, uma ótima cidade pra se chamar de lar. Mas que ficou pequena demais pros sonhos desse casal quando estavam à beira da aposentadoria.

“Sentimos que tínhamos mais uma aventura em nós , então em julho de 2013 alugamos nossa casa”.

Eles também venderam o veleiro e um dos carros para reduzir as coisas e as despesas. Então deram adeus à família e partiram para explorar o mundo.  O objetivo era viver o cotidiano nos lares de outras pessoas, da mesma forma que fariam se tivessem se aposentado em Seattle. “Até agora a experiência tem sido tudo que esperávamos”.

Os números falam por si. Desde que partiram, utilizaram mais de 200 vezes os serviços do Airbnb visitaram mais de 250 cidades em 80 países, incluindo toda a Europa, Turquia, Israel, Rússia, México, África, Cuba, Oriente Médio, Ásia Central, Nova Zelândia, Austrália e Ásia. O resultado foi a venda da casa em Seattle para se tornarem verdadeiramente nômades.

Veja o que fazem os Tiozinhos Mochileiros. Julio e Rosi voltaram a viajar com a mochila nas costas depois que os filhos cresceram, como quando eram jovens sem preconceitos. E os filmes, como esse aqui embaixo, são exibidos em um canal no Canadá.

Pra não dizer que são só os gringos que têm coragem. Li outro dia a história da aposentada Josefa Feitosa, de Fortaleza (CE), que se “autocondenou à liberdade”, como ela mesmo diz.

Já visitou cerca de 40 países.

E diz que só volta ao Brasil para renovar o passaporte.  Divorciada, mãe de três filhos e avó de um neto, resolveu se desfazer de casa, móveis e roupas. Tudo o que tem agora cabe dentro de uma bagagem.

Assim como mantém um diário de viagem no Facebook , batizada Jô: minha casa é onde minha mala está, a aposentada também registra a vida em cadernos, desde os anos 1980. No roteiro, experiências em Auroville, a cidade onde se vive sem dinheiro na Índia, na noite de Amsterdã, nas praias de Zanzibar e no leito do rio Nilo, no Egito.

Ok! Tudo bem. Eu concordo que os casos acima são um pouco radicais, mas dá pra conciliar as viagens e manter a rotina do lar. Eu penso que uma temporada viajando e outra em casa pode ser uma boa alternativa.

E, olha, depois de tudo que li, cheguei a conclusão que viajar não é apenas rejuvenescedor; também pode ser intelectualmente estimulante. Eu, ao menos, sou naturalmente propensa às novas experiências e aventuras. É uma oportunidade para mudar as coisas da monótona rotina do dia-a-dia.

E você? Se aventuraria?

Seja a primeira a comentar

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

9 ideias de presentes para sua mãe.

Tem coisa mais difícil do que acertar o presente para sua mãe?

Não? Então pergunte para seu filho. Para seu filho homem.

Filha é outra história. Costuma acertar quando quer. Mas filho, ai meus sais…

Aí tem aquelas que falam : Ahhh, qualquer coisa tá bom. Pode ser uma flor!

Menitraaaaa!!!!

Presente para mãe é coisa séria, tá?

Nunca reclamamos, mas quem é que não gosta de ganhar um presente? Presente com P maiúsculo.

Pois saiba que presente bom é presente pensado.

Saber que o filho usou alguns minutos de seu precioso tempo pensando no que faria a mamãe feliz é a glória. Sabemos de longe quando um presente foi comprado no caminho em 2 minutos ou quando foi elaborado. E fica esperto, porque sabemos mais rapidamente ainda quando um presente é comprado pela nora!!

Vou dar aqui algumas ideias. Para quem? Sei lá. Ideias de presente para quem é mãe ou para quem tem uma. Ou ainda para quem é avó. Que tal ensinar desde cedo o netinho a dar um presente bacaninha para a mãe?

Ahhh, e se você gosta de colocar a mão na massa, vai adorar as dicas.

1.Super fácil fazer esse carimbo de coração! Mas atenção!! Isso aqui é para enfeitar o pacote que contém o presente, tá?

Carimbinho coração

2. E esse porta trecos? Lindinho, né? Fácil de fazer e super criativo. Darlingggggg, ainda estamos falando de embalagens, tá? Se fizer esses porta trecos há de se ter coisinhas legais dentro.

3. Olha só que ideia genial!! Amei essa caixa com um KIT de jardinagem. Estou numa fase da vida que gostaria de começar novos hobbies e passatempos. Não sei se pensaria sozinha em jardinagem mas ganhar uma caixa linda destas realmente faria com que eu me animasse muito!

Kit Jardinagem

4. Quem foi que falou que ganhar fotos suas é presente para mim? Eitaaaa, que mania que filho tem de se achar a última bolacha do pacote. Pensa que é Adonis quando na verdade não passa de Narciso. Em todo caso, veja que legal esse jeito de arrumar fotos?

Porta Retrato estilizado

5. Bom, sempre temos a famigerada cesta de café da manhã. No entanto se for pra dar uma cesta de presente para sua mãe, que seja mega diferente e bonita. Em resumo, nada de requeijão e salaminho no prato de isopor.

Cesta de café da manhã

6. Flor..Hummm, já falei que a gente só fala que só uma flor basta. Vou repetir. É mentira!! Entretanto se ainda assim insistir na flor, veja que delicadinho e fofo esse vaso feito da garrafa de whisky que vc matou ontem?

Vasinhos decorados

E quem disse que mãe não bebe?

7. E por falar em bebida, de onde vc tirou a ideia que sua mãe não bebe? Ou que só bebe socialmente? Apesar de vc achar que ela só bebe água e Coca Zero, ela bebe um monte de outras coisas. Surpreendentemente bebidas alcoólicas que até dão um certo pilequinho. Mas ai de vc se chegar com uma garrafa na mão pura e simplesmente. Cara, não trate sua mãe como mano. Ela é sua mãe!!

Kit Vinho Rosé, nuts, biscoitinho e outras coisinhas.

8. Que tal uma caixa de chá? Olha só que boa ideia! Só que em vez de saquinhos de chá coloque aqueles acompanhamentos lindos para fazer drinks com Gin. Não ouse dar chá para sua mãe a menos que ele venha acompanhado de um lindo inglês para servi-la.

Caixas de chá ganham nova utilidade


Kit Gin

9. Tá bom, tá bom..Você não consegue imaginar a mamãe tomando uma bebida forte!! Bebida de homem!! E uma bebidinha cor de rosa? Aí pode? Olha só esse Kit que meigo… Refri, garrafinha fofa com bebida rosa, velas perfumadas!! Assim pode né? Visto que estou aqui representando tooodas as mães de filhos que não sabem presentear, eu atesto que certamente este é o presente ideal. Com quem ela vai beber isso? Menino!! Deixa de sua mãe beber em paz!!

Caixa com tônica, velas e Pink Gin Gordon’s,

Veja Também :

Ideias para presentes – DIY

Conhecendo a namorada de meu filho

Eliane Cury Nahas
Eliane Cury Nahas

Economista, trabalha com tecnologia digital desde 2001. Descobriu o gosto pela escrita quando se viu Dominique. Na verdade Dominique obrigou Eliane a escrever. Hoje ela não sabe se a economista conseguirá ter minutos de sossego sem a contadora de histórias a atormentá-la.

10 Comentários
  1. Kkkkkk muito bom!!
    Eu como mãe de 2 homens, sei bem o que é isso!!
    Difícil imaginá-los em grandes elaborações viu..
    Mas enfim, esperança é a última que morre..rsrs

  2. Amei o texto ! Mães de filhos homens sabem de tudo isso….mas, não temos competência para falar de forma tão clara e prosaica. Afinal, ser mãe permite privações inimagináveis… as vezes até de nossa inteligência.
    Parabéns Eliane. Vc foi demais!!!

  3. Quando percebo a falta de “tempo” ou ideia para me presentearam..sempre sugiro aos filhos um programinha.. ” Vale um jantar”…” Vale um almoco”…” vale um show”.. ” Vale um cineminha”… com Eles..é claro…

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Um lanchinho pra chamar de seu

Quem passa o dia todo fora de casa sabe que é muito fácil cair nas tentações das comidas prontas que podem ser encontradas a cada esquina. Por isso, eu decidi manter aquele lanchinho saudável sempre à mão. Guloseimas para carregar dentro da bolsa mesmo, sabe? Caso das barrinhas de cereais que, além de práticas, são nutritivas e costumam me salvar em diversas ocasiões na correria do dia a dia.

Apesar de muitos alimentos se venderem como saudáveis, a gente sabe que não é bem assim quando se trata de industrializado. Estão cheios de açúcar e outros ingredientes que fazem mal camuflados, por exemplo. Esqueça as calorias e leia o rótulo. A gente encontra um monte de coisa que nem sabe o que é.

Então, para garantir que o que estou comendo é saudável messssmo eu decidi fazer as minhas próprias barrinhas. Já testei três receitas que se tornaram minhas queridinhas. Eu achei fácil de fazer até pra quem não tem grandes dotes culinários.

E, apesar de ser tudo natural, até as mais perecíveis como as de frutas podem ser guardadas por até sete dias.  As demais têm maior durabilidade e já consegui armazenar por bem mais de 15 dias. Mas cada caso é um caso e o ideal é experimentar técnicas variadas de acondicionamento que ajudam na conservação.

Mãos na massa, meninas!

# A de fruta é pop

Essa barrinha é a mais popular e é muito bacana porque a gente pode variar as frutas. Eu já testei com morango, banana e maçã.

Ingredientes

2 bananas cortadas em pedaços

½ xícara de aveia em flocos

1 xícara de granola

2 colheres de óleo de coco

3 colheres de açúcar mascavo

½ xícara de uvas-passas pretas sem caroço

½ xícara de mel

1/3 de uma xícara de agave

Modo de preparo

Primeiro, coloque em uma panela a banana e mexa até que ela comece a derreter, mas em fogo baixo. Logo, acrescente todos os ingredientes aos poucos: mel, uva-passa, açúcar mascavo, granola, aveia, óleo de coco e agave.

O agave é uma planta  com a qual se faz um xarope que tem a mesma quantidade de calorias que o açúcar comum, mas adoça quase duas vezes mais e atua na prevenção de diversas doenças.

Misture todos os ingredientes e, por fim, espalhe-os em um refratário untado com manteiga. Em seguida, leve-o ao forno de 30 a 40 minutos. Quando pronta, corte a receita em forma de barrinhas no tamanho desejado e embale. Rende até sete barrinhas.

#Eu só quero chocolate

Não sei vocês, mas eu sou tarada por chocolate e só de comer um pedacinho me dá aquela felicidade incrível. Daí essa opção ser uma das minhas preferidas.

Ingredientes

4 colheres de sopa de manteiga de amendoim OU 2 bananas

3 colheres de sopa de mel OU melado

6 colheres de sopa de granola

5 colheres de aveia em flocos

1/2 barra de chocolate meio amargo picada

Modo de preparo

A quantidade de cada ingrediente pode variar de acordo com o seu gosto. Sinta-se à vontade para colocar mais ou menos de qualquer um deles ;-)!

Com um garfo, amasse as 2 bananas  Pré-aqueça o forno a 180ºC.

Em uma tigela, misture primeiro a granola, a aveia e o chocolate (mas deixe alguns pedaços desse último separados, você vai usá-los mais tarde).

Depois, acrescente o mel e misture mais uma vez. Por fim, coloque a banana amassada. Lembre-se é pra misturar bastante! Tanto a ponto de você quase não ver a banana, que estará camuflada com os outros ingredientes.

Despeje essa mistureba em uma fôrma untada (sugiro óleo de coco). Alise-a, com a ajuda de uma espátula para que fique bem lisinha e decore com alguns dos pedacinhos de chocolate que estavam separados por cima.

Com uma faca, faça uma marcação superficial do tamanho das barrinhas (mas você não precisa cortá-las ainda!)

Agora é só escolher: ou leve a tábua ao forno por 30 minutos para depois cortar as barrinhas ou corte agora, envolva-as com filme plástico e deixe no refrigerador pela mesma quantidade de tempo!

#Castanhas e sementes podem!

Algumas gorduras são melhores que as outras e as oleaginosas estão nessa classe do bem. Pra melhorar, as castanhas são energéticas e grandes aliadas da saúde e da boa forma.

Ingredientes

1 col. (sopa) de mel

1 col. (sopa) de óleo de coco

2 col. (sopa) de chia

2 col. (sopa) de gergelim

8 castanhas-do-pará picadas

3 col. (sopa) de aveia em flocos

1 col. (sopa) de semente de abóbora

3 col. (sopa) de coco natural ralado

3 col. (sopa) de amêndoas

15 ameixas pretas secas picadas

Modo de preparo

Aqueça o mel e o óleo de coco até ficarem líquidos. Acrescente os outros ingredientes e misture bem.

Despeje a mistura em uma assadeira retangular forrada com papel-manteiga e leve ao forno preaquecido a 180 °C por 15 minutos ou até dourar.

Tire do forno e corte enquanto ainda estiver quente. Desenforme depois de frio.

Viu, como é simples? Com a fome saciada, não vai ser qualquer salgado ou comida processada que acabará com a nossa dieta!

Seja a primeira a comentar

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

5 ideias para (se) divertir as crianças da casa no Carnaval

A brincadeira ao som das marchinhas de Carnaval das matinês é diversão garantida para quem tem criança na família. E a festa pode começar em casa, na escolha e até na confecção da própria da fantasia. Tudo vai depender da habilidade. Melhor, da criatividade!

Mas o importante mesmo é curtir esse momento gostoso de levar o filho ou o neto para curtir a folia. Afinal, eles crescem tão rápido, que logo logo vão querer sair sem a gente. Bem sei!

Gente, tem cada coisa fofa! Eu separei as minhas queridinhas, claro…

Bonequinha de luxo

Puro glamour essa “divinha” do cinema.  Praticamente uma mini Audrey Hepburn. Acho que o cinema é sempre uma inspiração pra gente buscar ideias. E dá pra improvisar em casa com uma saia de tule. Só não pode ter dó de emprestar seus acessórios pra criança, certo?!

Tal mãe, tal filha

A tendência “Tal mãe, tal filha” ficou conhecida há alguns anos depois de várias celebridades americanas e brasileiras adotarem a moda de se vestir com as mesmas cores, estampas ou modelagens que vestiam suas filhas.

E porque não adotá-la também no Carnaval? Olha essa fantasia de mexicana? Eu amei!

Dá pra gente fazer junto com a criança as tiaras com flores de plástico a la Frida Kahlo e improvisar com roupas do armário. Eu falei sobre arranjos de cabelo no Vou cair de cabeça no Carnaval.

Super poderes para todos

Talvez seja a preferida da criançada e está sempre presente nas brincadeiras, né? O que seria da nossa infância sem os poderes desses super-heróis. As capas são as opções mais fáceis e servem para meninos e meninas. Mas se quiser ousar, olha essa versão feminina de Batman e Robin!

Não há limite para a imaginação

Quase toda menina faz ou fez balé e tem aquela roupinha no armário que dá para adaptar e transformar numa linda fada. As asas podem ser feitas com diversos materiais, inclusive, reciclado.

Aí a gente aproveita a experiência para unir o útil ao agradável e dar uma boa aula de educação ambiental. Essa aqui é de sobra de tecido.


Com seu melhor amigo

Aqui até o pet entra na farra! Não ficou uma graça? Que tal pensar numa composição em que a família toda, inclusive o animal de estimação faça parte? Não é bacana?

E quem sabe não pinta um concurso de fantasia pra participar na matinê? Já pensou? Quem aí se anima!

Seja a primeira a comentar

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Como escolher as plantas perfeitas para sua primeira horta em casa

Vasos de plantas ou jardineiras com temperos são perfeitos para fazer sua primeira horta em casa, seja para decoração ou para o uso no dia a dia. Eles são ideais para quem – como eu – não tem muita intimidade com o cultivo. E o melhor: não precisa ter espaço grande.

Depois de uma série de fracassos já vou logo avisando que a forma mais fácil de começar é plantando temperos para cozinhar. Porque são ervas bem comuns, fáceis de encontrar e cujo trato é mais simples. Ou seja, não requer grandes habilidades de uma jardineira de primeira viagem.

Se você tem dúvidas sobre o que plantar na horta em casa, eu te conto os segredinhos das minhas cobaias. Eu selecionei as mais comuns para esse tipo de cultivo e que podem servir de ponto de partida para um futuro jardim repleto de plantas de todos os tipos!

Manjericão

O manjericão é uma planta muito versátil, utilizada em diversos pratos e muito comum em algumas regiões do Brasil. Ele se adapta muito bem a climas mais quentes e gosta de bastante sol. Para mantê-lo em casa, é preciso regá-lo constante e moderadamente. Uma dica importante: as flores do manjericão “roubam” a força da planta e devem ser cortadas.

Alecrim

De origem mediterrânea, o alecrim é uma planta rústica e que vive muito bem em climas quentes e terrenos mais arenosos. Na horta em casa, ele não precisa de água em abundância para viver e é bem resistente. É comumente utilizado em preparos de carnes e é um coringa na horta da cozinha.

Hortelã

Erva extremamente aromática que vive bem em áreas com um pouco menos de sol, é uma ótima opção para a horta em casa. Sua raiz, que se espalha rapidamente, e seu aroma forte podem prejudicar o crescimento de outras plantas. Sendo assim, o ideal é que a hortelã seja plantada em um vaso ou espaço separado de outras plantas.

Orégano

Orégano lembra… pizza! Mas este tempero também dá um toque especial a assados e molhos. Para a horta em casa, é bom saber que ele adapta-se muito bem a climas mais amenos, mas não abre mão do sol. Assim como o manjericão, o orégano gosta de regas moderadas e constantes.

Pimenta

A culinária brasileira é recheada de diversas preparações utilizando a pimenta. A infinidade de espécies também permite que você tenha uma horta na cozinha só de pimentas. Cá entre nós, bom para espantar o mau olhado. A pimenta também precisa de um espaço isolado na horta em casa, pois ela também pode prejudicar o desenvolvimento de espécies mais frágeis e que estejam ao seu lado.

Salsa

Outro tempero muito comum na culinária brasileira é a salsa, que gosta de climas mais amenos e suporta bem ambientes com menos sol em que haja um pouco de sombra. Então, tenha em mente que a salsa gosta de solos com boa drenagem e irrigação constante.


E então? O que achou? Pronta para botar as mãos na terra?

Seja a primeira a comentar

Comentar

Your email address will not be published.

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.
CADASTRO FEITO COM SUCESSO - OBRIGADO E ATÉ LOGO!
QUER MAIS CONTEÚDO ASSIM?
Receba nossas atualizações por email e leia quando quiser.
  Nós não fazemos spam e você pode se descadastrar quando quiser.